CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

BOAVENTURA BONFIM – FORTALEZA-CE

Ao nobre Editor Berto:

Na presença de líderes mundiais, o Ministro do Turismo Gilson Machado desmentiu e desmoralizou a ministra do Meio Ambiente da França, Bárbara Pompili.

Ela fez um discurso, em reunião do G20, culpando o Brasil pelas mudanças climáticas ocorridas no mundo.

Gilson Machado tomou a palavra e detonou.

CÍCERO TAVARES - CRÔNICA E COMENTÁRIOS

PATRIMÔNIO IMATERIAL

Modelos de violão de repentistas, com três cordas

Com a manchete: Repente Torna-se Patrimônio Imaterial, mas Repentistas são Ilustres Desconhecidos nas Grandes Cidades do Nordeste, o talentoso jornalista e pesquisador musical José Teles, paraibano de nascença, mas recifense por paixão, há muito morando em Boa Viagem, que antes tinha a água mais doce do que a água dos cocos de Sancho Panza, mais deliciosa do que a água que passarinho não bebe fornecida pelo Bar do Poeta da Sete de Setembro, mais cobiçada do que o Pau do Índio dos Quatro Cantos de Olinda, questionou há dias por que a Imprensa do Nordeste não deu importância ao encantamento do sanfoneiro Bastinho Calixto.

E voltou à carga questionando por que só agora o Repente foi difundido pelo lphan e tornado público via boletim interno da Fundarpe como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.

Para que serve a Fundarpe mesmo?

O texto de José Teles está transcrito a seguir:

“Repente é registrado pelo Iphan como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil”, anuncia o boletim da Fundarpe. Confesso que me surpreendi. Pensava que o repente já havia recebido a honraria há muito tempo, pela importância e influência na cultura do país (muito na música popular brasileira). O título vai encontrar a cantoria de viola como uma manifestação quase underground. Há muito tempo não acontece festival de cantoria no Recife. As cantorias de pé de parede, bem mais interessantes, rolam pela periferia, e muito mal divulgadas, pelos próprios cantadores, e quem promove.

Houve época em que o governo do estado produzia um festival de cantadores que passava por São Paulo e Rio. Fiz a cobertura de uma dessas edições, depois foram sumindo, acho que o último a que assisti foi no Teatro de Santa Isabel, produzido pela empresa de Geraldo Freire, salvo engano.

Durante dez anos, a jornalista Roberta Clarissa apresentou o programa A Voz do Sertão, um dos mais longevos do gênero no Recife. Foi ao ar parte na Rádio Universitária AM, parte na Rádio Folha FM, mas saiu do ar tem uns oito anos, ou mais. Os repentistas Edmilson Ferreira e Antônio Lisboa, em 2019, iniciaram um programa de cantoria de viola na Rádio Folha, o Quinta do Repente, que ia ao ar, às quintas-feiras, a partir das 17h. Escrevi “ia ao ar”, porque não sei se continuam.

Quando se fala em poesia oral quase sempre é cordel. Turista compra cordel, e tira fotos no em Olinda ou na praia de Boa Viagem com dupla de repentistas de improviso decorado, achando que foi apresentado a poesia oral viva do Nordeste, enquanto os grandes cantadores vivem à margem das produções culturais oficiais, e de produtores privados.

As novas gerações, pelo menos da capital, sabem alguma coisa da poesia do Pajeú por artistas jovens, como os do grupo Em Canto e Poesia, cujo integrantes vêm de uma nobre linhagem de cantadores, Antonio Marinho, os irmãos Batista, Lourival, Dimas e Otacílio, e Jó Patriota,

Por que não cantadores em desafios nos domingos do Bairro do Recife, na pracinha do Arsenal? Por que os poucos bares freqüentáveis ali nos arredores da Malakof não ousam promover cantorias de pé de parede, ao menos, uma vez por mês?

Não sei em que o título do Iphan, na prática, vai interferir na cantoria de viola. Independente dele, o repente vai se renovando, enquanto a geração de Ivanildo Vila Nova que continua na viola aos 76 anos, envelheceu, e nos últimos anos sofreu baixas de três grandes mestres, Valdir Teles, Louro Branco e João Paraibano. Novos valores vão surgindo no repente, mesmo que alguns se bandeiem para o forró fuleiragem, que é onde se ganha dinheiro, ao contrário da embolada, que está praticamente extinta.

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

VIOLANTE PIMENTEL – NATAL-RN

Bom dia, Luiz Berto!

Segue o comprovante da doação.

Bom final de semana.

Grande abraço.

R. Minha querida amiga e colunista fubânica, sua generosa doação já está na conta desta gazeta escrota.

Gratíssimo!

Como hoje é sexta-feira, Chupicleide aproveitou pra fazer um vale e disse que vai encher o rabo de aguardente no final do expediente, junto com o Bosticler.

Segundo ela me informou, a farra será no Bar dos Cornos, no Mercado da Madalena.

Aproveito a oportunidade para também agradecer as doações feitas esta semana pelos leitores Paulo Ferreira, Maria M. Santos, Joab C.A e Jonas Valverde.

Gratíssimo a todos vocês que nos ajudam a manter esta gazeta escrota nos ares com suas generosas doações.

E atendendo a inúmeros pedidos, fecho a postagem repetindo o vídeo com uma gostosa roda de choro!

Abraços e um excelente final de semana pra toda a comunidade fubânica!!!

PEDRO MALTA - REPENTES, MOTES E GLOSAS

OITO MESTRES DO IMPROVISO E O CORDEL DO SABIDO

UM GALOPE PARA O UMBUZEIRO – Júnior Guedes

Frondoso e bonito, o velho umbuzeiro
Que brotou das fendas abertas da terra.
Cresceu num aceiro do pé de uma serra
Passando agruras o tempo inteiro.
Foi ficando forte a cada janeiro,
Mudando a paisagem que tem no lugar.
Felizes daqueles que vem contemplar,
Seu verde, a sombra e sua doçura
O doce da fruta na forma mais pura
Que o puro da brisa que sobra do mar.

* * *

Manoel Xudu

Voei célere aos campos da certeza
E com os fluidos da paz banhei a mente
Pra falar do Senhor onipotente
Criador da suprema natureza
Fez do céu reino vasto, onde a beleza
Edifica seu magno pedestal
Infinita mansão celestial
Onde Deus empunhou saber profundo
Pra sabermos nas curvas deste mundo
Que Ele impera no trono divinal.

* * *

João Paraibano

A minha mulher pediu
Pra eu deixar de beber,
Mas eu já disse pra ela
Que não vou lhe obedecer,
Se eu fizer os gostos dela,
Eu deixo os meus sem fazer.

* * *

Arnaldo Pessoa

As flores do Pajeú
Eram os improvisadores
Muitos desapareceram
Mas deixaram sucessores
Eu sou o fruto mais novo
Da árvore dos cantadores.

* * *

Miro Pereira

O meu pai não tem estudo
Mamãe é analfabeta
Eu pouco fui à escola
Somente Deus me completa
Com esse sublime dom
De repentista e poeta.

* * *

Zé Fernandes

A seca seca primeiro
Os depósitos cristalinos
Depois seca as esperanças
De milhões de peregrinos
Mas bota enchente de lágrimas
Nos olhos dos nordestinos.

* * *
Adauto Ferreira Lima

Quando o sujeito envelhece
Quase tudo lhe embaraça
Convida a mulher pra cama
Agarra, beija e abraça
Porém só faz duas coisas:
Solta peido e acha graça.

* * *

Pedro Tenório de Lima
(Poeta analfabeto do sertão do Pajeú)

Me criei abraçando a agricultura
Já tô véi, a cabeça tá cinzenta
Pra onde vou é levando a ferramenta
E uma faca de doze na cintura
Minha boca lambendo rapadura
E meu almoço, um punhado de farinha
A merenda é um ovo de galinha
Namorei abraçando as raparigas
Me deitando por cima das formigas
Que uma cama bonita eu não tinha.

* * *

O SABIDO SEM ESTUDO – Manoel Camilo dos Santos

Deus escreve em linhas tortas
Tão certo chega faz gosto
E fez tudo abaixo dele
Nada lhe será oposto
Um do outro desigual
Por isto o mundo é composto

Vejamos que diferença
Nos seres do Criador
A águia um pássaro tão grande
Tão pequeno um beija-flor
A ema tão corredeira
E o urubu tão voador

Vê-se a lua tão formosa
E o sol tão carrancudo
Vê-se um lajedo tão grande
E um seixinho tão miúdo
O muçu tão mole e liso
O jacaré tão cascudo

Vê-se um homem tão calado
Já outro tão divertido
Um mole, fraco e mofino
Outro valente e atrevido
Às vezes um rico tão tolo
E um pobre tão sabido

É o caso que me refiro
De quem pretendo contar
A vida d’um homem pobre
Que mesmo sem estudar
Ganhou o nome de sábio
E por fim veio a enricar

Esse homem nunca achou
Nada que o enrascasse
Problema por mais difícil
Nem cilada que o pegasse
Quenguista que o iludisse
Questão qu’ele não ganhasse

Era um tipo baixo e grosso
Musculoso e carrancudo
Não conhecia uma letra
Porém sabia de tudo
O povo o denominou
O Sabido Sem Estudo…

Um dia chegou-lhe um moço
Já em tempo de chorar
Dizendo que tinha dado
Cem contos para guardar
Num hotel e o hoteleiro
Não quis mais o entregar

Continue lendo

GUSTAVO GAYER

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

MAURÍCIO ASSUERO – RECIFE-PE

Nobre Editodos,

hoje o Cabaré do Berto abre espaço para o fubânico Hélio Fontes (eu ia escrever Pontes, pra ele ficar puto), resolveu falar depois de tanto tempo como frequentador desse antro de perdição.

Hélio é um fubânico querido, contribui bastante com nossas conversas e vai falar do que quiser, desde o dia que saiu de Garanhuns até o dia que fez xixi no pé por conta do frio em Santa Catarina.

Para participar basta clicar aqui a partir das 19h25.

Cheguem cedo porque a iluminação é na base do candeeiro com querosene e só dá para uma hora.

A luz negra, Maurino fez cobrindo o candeeiro com uns balões que sobraram da festa de São

Hoje, mais um encontro de malucos-doidos-sem juízo….

R. Ótimo, ilustre e competente gerente cabarezeiro.

Mais uma noite de sexta-feira pra gente levantar o astral e começar o fim de semana feliz e se rindo-se.

Toda a comunidade fubânica já está convocada pra prestigiar e participar do evento.

Vai ser ótimo ouvir a palestra do grande Hélio Fontes, um cabra talentoso e que merece mesmo ocupar a tribuna deste antro escrotífero.

Até mais tarde!!!

ALEXANDRE GARCIA

VIAGEM À EUROPA COM O NOSSO DINHEIRO

Lula

O ex-presidente Lula foi para a Europa. Vai passar por França, Bélgica, Espanha e Alemanha. Quem o acompanha é o ex-ministro de Relações Exteriores Celso Amorim, aquele que abriu a embaixada brasileira para Manuel Zelaya, ex-presidente de Honduras, transformando a embaixada num diretório político.

E também o senador Humberto Costa (PT-PE), que foi ministro da Saúde e integrou até recentemente aquele grupo dos 7 que comandava a CPI da Covid. Mas não vão só eles, não. O Diário Oficial mostra que, por conta dos nossos impostos, estão indo também três seguranças e quatro assessores. Pela lei, ele tem direito.

Se perguntar por que ele está viajando para lá, também não sei. Por que campanha presidencial se faz aqui, com os eleitores brasileiros. Certamente o ex-chanceler Celso Amorim, embora tenha sido chefe da política externa brasileira, vai para falar mal do Brasil. É bom que a gente saiba, porque nós somos os donos do país, os mandantes, os contribuintes, os que nomeiam essas pessoas pelo voto.

* * *

Provas da corrupção

O senador Eduardo Girão, do Ceará, disse que tem conversado com o presidente da CPI da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade), sobre as denúncias de corrupção no Consórcio Nordeste. O deputado diz que já viu todas as provas da propina.

Por exemplo, para comprar aqueles 300 respiradores da loja que tinha nome de maconha e que nunca foram entregues. Por R$ 48 milhões. Mais da metade desses R$ 48 milhões, disse o senador, foi propina.

* * *

Juros mais baixos

E falando em propina, o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, conta que foram desviados R$ 48 bilhões do fundo de garantia, que era para ir para o trabalhador, mas foi para grandes empresas. Mas agora não há mais corrupção na Caixa. Por exemplo, um superintendente que ganhava R$ 30 mil por mês devolveu cerca de R$ 40 milhões. É um milagre!

Além disso, o presidente da Caixa informa que há R$ 250 bilhões disponíveis para financiamento ao trabalhador, a juros baixos, que vão baixar mais ainda. Agora que a Selic está aumentando, ele vai baixar o juro, que será subsidiado pelo lucro da Caixa. Já que é um banco social e não precisaria ter lucro. Então vai baixar os juros da casa própria, por exemplo.

* * *

Boa notícia do agro

O agronegócio, que não parou com a pandemia, trabalha 24 horas por dia, vai ter mais um recorde: quase 8% a mais a última safra de grãos, em relação à safra vindoura. A última foi de 151 milhões de toneladas, agora serão 270,7 milhões de toneladas. Milho, soja, algodão, sorgo, feijão e mais. Menos arroz e trigo, por causa do clima, que foi muito desfavorável.

Mas que bom que está chovendo agora, no Centro e no Centro-Sul, para repor a água dos reservatórios. E que se barateie de novo o custo da eletricidade.

DEU NO JORNAL

ESTAMOS ÀS ORDENS DO GRANDE DEMOCRATA CHINÊS

Em ação inédita, a agência oficial do Partido Comunista Chinês, Xinhua, publicou duas páginas de propaganda paga do ditador Xi Jinping na edição de ontem do jornal O Globo.

Xi é descrito como “um homem de determinação e ação, um homem de pensamentos e sentimentos profundos, um homem que herdou um legado mas ousa inovar, e um homem que tem visão prospectiva e está comprometido a trabalhar incansavelmente”.

A peça publicitária exalta a “adaptação do Marxismo ao contexto chinês” realizada pelo ditador. Informa que “sua agenda durante as visitas ao exterior é normalmente muito apertada e pode durar até a madrugada. Ele até passou seu aniversário durante uma visita ao exterior”.

Conclui com seu juramento em frente à bandeira do Partido: “Lutarei pelo comunismo pelo resto da minha vida.

* * *

Acabei de enviar mensagem para o grande estadista chinês Xi Jinping, o homem que comanda a maior democracia do planeta, oferecendo as páginas do JBF pra que publique aqui também sua propaganda.

Falei pra ele que a nossa audiência é bem mais alta e qualificada do que a do Globo.

E tem mais: o preço é baratinho, baratinho.

Uma verdadeira merreca.

Se o chinês nos pagar apenas 1% do que pagou pro Globo, publicaremos o anúncio um mês inteiro!

Peço aos estimados leitores fubânicos que rezem e torçam, pra que o grande democrata Xi Jinping aceite a oferta deste Editor.

BERNARDO - DIRETO DO PINGO NOS Is

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

LEVI ALBERNAZ – ANÁPOLIS-GO

Caro Editor:

Apelo ao jornal mais querido e democrático do Brasil.

Por favor, publique este vídeo que estou enviando.

Uma excelente exposição do analista Fred Rodrigues.

Se for possível, agradeço de coração.

Um grande abraço.