XICO COM X, BIZERRA COM I

EU E MEU SAPATO

Estamos confinados, eu e o único par de sapatos que me restou depois da aposentadoria. Outros pares, a exemplo de gravatas também obsoletas, foram doados. Isolados socialmente de todo e qualquer chão, acho que eles estão morrendo de saudades do meu 42 ‘bico chato’. E é porque eu vivia a pisar-lhes, sem nunca lembrar de lhes oferecer uma engraxada, quando em vez. Sem meias eu os calçava, quase sempre. Mas eles adoravam meu chulé. Educados, não reclamavam quando, distraído, pisava no cocô de cachorro deixado na calçada pela madame do 901. Há quase 100 dias não nos vemos, não trocamos intimidades. Finda a pandemia, vamos ter que fazer terapia. Eu e eles. Talvez eles me perdoem por tê-los traído, quando os troquei por um par de chinelos velhos e confortáveis. E aí, com eles faço as pazes e saio caminhando por estradas luminosas e felizes para bem distante desta Pandemia maluca.

Toda a obra de Xico Bizerra, Livros e Discos, pode ser adquirida através de seu site Forroboxote, link BODEGA. Entrega para todo o Brasil.

XICO COM X, BIZERRA COM I

CINCO HISTORINHAS RECENTES

1 – Sara:

Lutou tanto para ser presa e ter seus 5 minutos de fama. Veio Queiróz, estragou tudo.

2 – Weintraub:

Trump proibiu a entrada de brasileiros lá. Vingança: o Weintraub driblou tudo e todos e já está em Miami. Engabelaram o galego.

3 – Márcia:

Acabou o isolamento social de Queiróz. Resta saber onde está a mulher de Queiróz.

4 – Deccoteli:

A diretora da Creche falou que o ex-quase Ministro não terminou o pré-alfabetização e que seu diploma do ABC é falso. Igual ao de Lula. Mas a verdade e que sua gestão interina, de apenas 5 dias, foi mais produtiva que a do antecessor;

5 – Lula:

A mesma Universidade que desmentiu o doutorado de Doccoteli concedeu um diploma a Lula. Doutor? Em que? Ladroagem, Lavagem de dinheiro ou Maracutaias?

Toda a obra de Xico Bizerra, Livros e Discos, pode ser adquirida através de seu site Forroboxote, link BODEGA. Entrega para todo o Brasil.

XICO COM X, BIZERRA COM I

PENHASCO ALTO

Num conto de Edgar Allan Poe (Purloined Letter, A Carta Roubada, em Português) a polícia perde um mês de investigação revirando uma residência à procura de uma carta, que, o tempo todo, estava ‘escondida’ no mais óbvio lugar. Exatamente por isso, por ser tão óbvio o esconderijo, os policiais demoraram tanto tempo para lhe procurarem ali. Na vida real, vida imitando a arte, o acusado estava escondido exatamente na casa do advogado que o protege, local menos indicado para ser procurado pela Polícia. Seu isolamento social teve fim. O medo que faz é sua hipertensão, a pressão subir muito, ter uma crise de labirintite, ficar tonto e cair de um penhasco alto … ‘Saúde’, todos sabem, é algo imprevisível. E em tempos de Pandemia, a queda de um penhasco é tão provável quanto a contaminação pelo Convid-19. E se um enfarte abraçá-lo como abraçou Bebbiano? E se o câncer for mais veloz? A gente nunca sabe o preço do silêncio. Isto é o que nos mostra exemplos recentes: Herzog, Toninho do PT, Celso Daniel, dentre outros.

Toda a obra de Xico Bizerra, Livros e Discos, pode ser adquirida através de seu site Forroboxote, link BODEGA. Entrega para todo o Brasil.

XICO COM X, BIZERRA COM I

PÉROLAS AOS PORCOS

Não fico calado, nem que a porca torça o rabo. Pelejo para me conter, dizer nada, mas não dá para calar. Aproveitar-se de uma pandemia, alegar urgência ou emergência para malversar o dinheiro público em detrimento de vidas, de pessoas que precisaram e não tiveram respiradores, porque porcos não são, é, no mínimo, um procedimento recriminável. Pérolas aos porcos, atirou-se. Que se apure, que se use a Lei com seus mais rigorosos critérios e, ao final, punam-se os culpados se assim determinar sentença proferida por tribunal justo. Cidadão que não reclama, é, no mínimo, conivente e também merece a PF batendo-lhe à porta. Não calo, nem que eu tenha que enfrentar um exército de porcas de rabos torcidos.

Toda a obra de Xico Bizerra, Livros e Discos, pode ser adquirida através de seu site Forroboxote, link BODEGA. Entrega para todo o Brasil.

XICO COM X, BIZERRA COM I

SÃO JOÃO CINZENTO, SEM SANFONA, SEM FORRÓ

Junho chegou. Diferente, mas chegou. A quermesse na rua da vida hasteia o mastro de nosso cuidado com os outros, da solidariedade. Não abraçar é a ordem, é a prova de amor. A dança não é um xote, nem um baião. Mas pode ser da alegria pela proximidade da despedida de quem não nos interessa permanecer, ante a descoberta da vacina que está a caminho. Haverá tempo para o beijo. Tenhamos paciência. Que os Santos João, Pedro e Antônio olhem por nós e nos permita ornamentar a vida com quadrilhas e bandeirolas coloridas e balões com as cores da Paz, da Alegria, da Fraternidade e de todas as virtudes. Enfeitemos nossas casas, nossos corações, acendamos a fogueira de afetos. Junho está aí. Que a vida seja uma festa, um arraial de alegrias e festejos. E, ano que vem, o São João vai ter São João, com sanfona, com forró. E será bem colorido.

Toda a obra de Xico Bizerra, Livros e Discos, pode ser adquirida através de seu site Forroboxote, link BODEGA. Entrega para todo o Brasil.

XICO COM X, BIZERRA COM I

BRASILIA DE MIL SOTAQUES

Nunca gostei de Brasília, desde quando ia muito lá, por obrigação, a trabalho ou em missão de treinamento. Detestava, e continuo a detestar, o fedor insuportável de esgoto que emana das ratoeiras do poder. Não fosse pelos parentes, amigos e colegas queridos moradores da cidade, melhor seria nunca ter ido. Verdade que se encontra na cidade a genialidade da dupla Niemeyer/Lucio Costa. Vê-se, ainda, passarinhos nas ruas largas, além do verde e da floração dos ipês enfeitando os parques. Seus prédios não arranham o céu e quase não se vê sinais de trânsito, por desnecessários que são. Tudo isso atenua minha antipatia pela cidade-avião. Mas falta a decência dos homens de paletó e gravata, a honestidade dos bons de alma, poucos. E isto é fundamental e necessário para um viver bem. Lá acontecem reuniões que, pela falta de decência e postura, causam inveja à mais reles mesa de botequim. Em meio à lama e ao lodo dos lagos costumam nascer flor de lótus. Poucas. Resta a esperança. Tomara que o povo do céu não esqueça de dar uma olhadinha para a ilha solitária de mil sotaques cantada por um Poeta do Ceará.

Toda a série FORROBOXOTE, Livros e Discos, disponível para compra no site Forroboxote. – Link BODEGA. Entregas para todo o Brasil

XICO COM X, BIZERRA COM I

EITA VIRUZINHO ‘FÍ D’UA ÉGUA’ DE METIDO! SÓ SE FALA NELE!

Da prisão de Ronaldinho
Nunca mais que se falou
Não se fala do Flamengo
Desmatamento, acabou
Feminicídio, cadê?
Novela o povo não vê
Praia não mais se ‘oleou’

Da herança de Gugu
Já não se comenta mais
Onde o Queiroz se esconde
Tanto fez e tanto faz
Milícias tiveram fim
E a Mariele, enfim
Hoje descansa em paz

Toda a série FORROBOXOTE, Livros e Discos, disponível para compra no site Forroboxote. – Link BODEGA. Entregas para todo o Brasil

XICO COM X, BIZERRA COM I

CARNAVIRUS

No Carnaval, o danado do Corona já pulava atrás do Galo no Recife, subia e descia ladeiras em Olinda. Desde então autoridades sanitárias e infectologistas já alertavam para o risco alto de contaminação com as aglomerações. Ao alerta, ouvidos moucos. Multidões aglomeravam-se. Interesses eleitorais e o receio da impopularidade prevaleceram e não impediram o cancelamento da ‘festa’: dançou o povo. Evitar-se-iam contaminações e alguns óbitos. Vidas valem mais que uma festa. Saúde importa mais que votos. Só não vê quem privilegia a perspectiva política. Na próxima (tomara que não haja) esperamos parabenizar os gestores de plantão por suas ações preventivas. Hoje, apenas lamentamos a falta de providências na época devida.

Toda a série FORROBOXOTE, Livros e Discos, disponível para compra no site Forroboxote. – Link BODEGA. Entregas para todo o Brasil

XICO COM X, BIZERRA COM I

O PUM DO PALHAÇO NO CIRCO DA CULTURA

Dona Regina ‘Sem Arte’, sem palco, sem público, sem roteiro, sem chão: Na citação a Stálin e Hitler me assustou; cantar o hino da repressão, tortura e censura me amedrontou; o desrespeito à sua classe, ali representada por Maitê Proença, me aterrorizou; o desrespeito à memória de Aldir Blanc, Moraes Moreira e seu colega Flávio Migliaccio, me apavorou. Espantou-me, isto sim, ver gente tida como inteligente e esclarecida dar guarida e apoio às loucuras e devaneios dessa mulher. Fico triste. Seria o pum do palhaço de que ela falou? Senti o sub nitrato do pó do peido, diria Caetano.

Toda a série FORROBOXOTE, Livros e Discos, disponível para compra no site Forroboxote. – Link BODEGA. Entregas para todo o Brasil

XICO COM X, BIZERRA COM I

CORAÇÃO PONTO COM

Configurei meu coração, mas perdi a senha. Não mais posso acessá-lo tampouco me conectar com o mundo à minha volta. Tentei plugar o meu amor. Em vão. Sem a tal da senha nada é possível. Impossibilitado de navegar na rede, recorri ao Google, tentando reencontrar o mundo, mas, mais uma vez, tentativa frustrada. ‘Sem senha, é impossível’, disse-me abusado e em letras garrafais o Note Book. E o mundo lá fora, explodindo, informando tudo sobre tudo e eu aqui, sem senha, sem saber o que se passa. Eu querendo falar on-line e dizer minhas verdades, contar da minha vontade de viver, mas, apenas porque sou distraído e esqueci a senha, sem poder fazê-lo. Tem nada não: vou me vingar quando lembrar da danada da senha. Vou mandar um ZAP para todos os meus amigos desejando Paz e Bem e, on-line, pelo INSTAGRAN, sorrir para mostrar que ainda é possível ser feliz. E quando um dia conseguir, dançando um xote no site da felicidade, vou conversar pelo FACEBOOK com os que quero bem. E aí me vingo jogando na lixeira todos os arquivos de tristeza e dor. E vou prometer a mim mesmo nunca mais esquecer a danada da senha. A propósito, um amigo meu, meio por poesia, meio por consolo, me fez lembrar que Deus também perdeu a senha do universo e, por isso, não consegue mais acessar o coração dos homens … Tomara que ele encontre logo que a coisa ‘tá feia!

Toda a série FORROBOXOTE, Livros e Discos, disponível para compra no site Forroboxote. – Link BODEGA. Entregas para todo o Brasil