COMENTÁRIO SELECIONADO

UM EDITOR AMADO

Comentário sobre a postagem APENAS UM LADO FICA DE MI-MI-MI

Patrícia Luís

Se eu gostasse de mimimi, eu montava um gatil de gagos!

Berto, gosto demais do seu trabalho e amo você!

(Porque na minha casa só se ama gente!!!)

* * *

Este amado Editor, todo ancho, fazendo pose de agradecimento à nossa leitora: devidamente paramentado para sair hoje, sábado, no Galo da Madrugada, o maior bloco de carnaval do mundo (modestamente…)

COMENTÁRIO SELECIONADO

A BURRICE IMPEROU EM TEMPOS RECENTES

Comentário sobre a postagem VATICANO DESMENTE FAKE NEWS PETISTA

Paulo Terracota:

Realmente, a burrice tomou conta do Brasil.

Foi quando os eleitores votaram em um cachacista militante como o Lula e uma múmia paralitica como a Dilma Roscof.

* * *

COMENTÁRIO SELECIONADO

VIRA-CASACA BOIANDO NO VASO

Comentário sobre a postagem POR QUE NINGUÉM FICOU SURPRESO???

Aposentado Ferrado:

Ué, qual a novidade?

Ele já falou mal dos sarney e depois se aliou com eles.

Já xingou o Collor e depois se aliou.

Já se aliou com o Ciro e depois falou mal dele e depois falou em se aliar com ele!

Sabe aquilo que fica boiando no vaso sanitário quando você dá a descarga?

Então!

É igualzinho!

* * *

COMENTÁRIO SELECIONADO

DILMA, A JUMENTA PEIDONA DE LULA

Comentário sobre a postagem PETRA E PETRALHADA PERDEM OSCAR, MAS GARANTEM LACRAÇÃO

Gonzaga:

O consolo da Petra deve ser o discurso de Dilma sobre perdedores e vencedoras…

Aquele que quem ganhar também vai perder e todos vão perder …

Papa Berto, se puder recuperar está preciosidade de vídeo, ofereça com carinho a Petra Costa

* * *

COMENTÁRIO SELECIONADO

“DAQUI NÃO SAIO, DAQUI NINGUÉM ME TIRA”

Dois comentários sobre a postagem UMA MARAVILHA INTERNÉTICA ACESSADA NA HORA DE ACORDAR

Patriota:

Também sou um viciado fubânico.

Democracia se vê e lê aqui!!

* * *

Adail Augusto Agostini:

Quanto ao fato de ser um viciado JBêstico/JBFubânico/JBmaníaco – e outros merecidos e elogiosos adjetivos, garanto que sou mais um.

Pois, só tomo o meu café da manhã, se o meu notebook estiver sobre a mesa, e ao meu lado, ligado no JBF, para eu me inteirar da últimas e boas.

É a minha imprescindível e eficaz terapia ocupacional – para começar, o dia, de total bem com a vida.

Pois, graças a DEUS, existe o JBF – território luizbertiano, livre de qualquer censura, e acessado por milhares de internautas e outros tantos abalizados leirores-comentaristas/colaboradores – e, por isso mesmo!!!, a minha “luta” vai continuar – por aqui.

Como no refrão de uma antiga marchinha carnavalesca dos meus inícios:

“Daqui não saio, daqui ninguém me tira…”

E tem mais – parafraseando os fiéis muçulmanos com o seu “se-não-está-no-Alcorão-não-é-verdade” – podemos dizer – também:

“Se não está no JBF, é mentira”.

COMENTÁRIO SELECIONADO

UMA MARAVILHA INTERNÉTICA ACESSADA NA HORA DE ACORDAR

Comentário sobre a postagem COM A MÃO NA MASSA

Álvaro Simões:

Mestre Berto:

Vou acabar sendo bloqueado pelo Feicibuque por compartilhar coisas demais e até já fui advertido por isso.

E a culpa será sua.

É que compartilho nessa rede social quase todos os imperdíveis artigos de Percival Puggina, de Marcelo Bertoluci, de Augusto Nunes, de J. R. Guzzo e dos demais colaboradores do nosso JBF.

Primeiro, porque sou um incansável divulgador dessa maravilha internética em que Vossência é proprietário, diretor, copydesk, editor, redator, secretário, office boy, enfim, o faz-tudo.

Sinto que estaria cometendo um crime em não dar a outras pessoas a oportunidade e a felicidade de se tornarem fubânicas a ponto de já acordar digitando no computador ou no smartphone “www.luizberto.com“, como eu faço.

Segundo, pelo brilhantismo desses profissionais que acompanhamos todos os dias. Gente supimpa, inteligente, culta e moralmente honesta que pratica um jornalismo das antigas, fazendo uma coisa muito simples: falando e, principalmente, escrevendo a verdade.

* * *

COMENTÁRIO SELECIONADO

VALE A PENA VER E OUVIR DE NOVO

Comentário sobre a postagem PLAYING FOR CHANGE

D. matt:

É incrível a qualidade musical de um povo.

Todos os artistas que compõem este vídeo são de primeiríssima qualidade e comprovam o que eu já disse em um comentário anterior, que CUBA tinha a melhor música de toda latinidade, um povo que era feliz, amável, e com um padrão de vida acima das demais nações latinas.

Isto antes da nação cubana ter sido ESTUPRADA pelos Castros e seus bando de ladrões e assassinos.

O que foi feito da música cubana? e de seus grandes artistas que não conseguiram fugir dos celerados comunistas?

Certamente hoje estão lavando privadas nos hotéis para para estrangeiros, onde antes eram ovacionados por turistas do mundo inteiro.

É muito triste a situação hoje em Cuba.

O depoimento de pessoas que visitaram a Ilha, ficaram comovidos vendo a tristeza a pobreza e medo de um povo antes alegre e que produzia a melhor música, antes da tomada do poder pelos carrascos ignorantes comunistas.

E ainda tem gente, esquerdistas e petistas, que defendem tamanha obscenidade.

* * *

Uma coluna como a do Peninha, só mesmo nesta gazeta escrota!!!

COMENTÁRIO SELECIONADO

COMENTÁRIO SELECIONADO

COMEMORAÇÃO

Comentário sobre a postagem ADONDE É QUE FOI PUBLICADO?

Anita Driemeier:

Senhor,

dai-nos paciência pra aguentar a gang de esquerdistas que não se conforma com a nossa escolha de Bolsonaro para a Presidência!

Eles não se cansam de mentir e distorcer a realidade na vã esperança de abalar o Governo!

Os “especialistas” certamente fazem parte da quadrilha desesperada pelas dificuldades que agora se impõem contra as facilidades que existiam pra se roubar neste País!

E pior: as perspectivas de futuro não são nada boas pra o lado deles!

Comemoremos!

* * *

COMENTÁRIO SELECIONADO

FURO DO EDITOR

Comentário sobre a postagem ZILDA CARLONI – PALHOÇA-SC

Getulio Ferreira:

Ilustre Berto, aqui vai uma critica:

Tu sempre coloca uma foto da cidade dos seus leitores que te escrevem, e desta vez esquecestes.

Não colocou uma foto de Palhoça SC.

Na minha humilde opinião uma das cidades litorâneas mais belas deste nosso pais.

* * *

Este Editor pede desculpas.

E remedia o seu furo com uma tripla homenagem: