DEU NO JORNAL

DEU NO JORNAL

TEM CURA

A aceleração do Plano Nacional de Imunização no mês de junho gerou a expectativa de que o Brasil tenha um terço de toda a população vacinada contra Covid-19 até o próximo fim da semana.

Já são quase 68 milhões de pessoas com ao menos uma dose, segundo o portal independente vacinabrasil.org, e deve ultrapassar a marca de 70 milhões amanhã, sexta (25), 160 dias após o início da campanha de imunização.

Se esse ritmo continuar, terão sido aplicadas 100 milhões doses até o fim do mês.

* * *

Notícia boa que não sai na mídia funerária.

E que deixa babando de raiva a turma que torce pela desgraça e pelo “quanto pior, melhor”.

Pra completar:

Os estados foram informados ontem, quarta-feira, 23, pelo Ministério da Saúde, que uma nova remessa de doses de vacinas será entregue amanhã, sexta-feira.

No dia de hoje, quinta-feira, 24, o mundo ultrapassa a marca de 165 milhões de pessoas que contraíram a Covid-19 e se curaram.

É isso mesmo: essa coisa tem tratamento e cura.

Um excelente dia de São João Batista pra toda a comunidade fubânica!!!

DEU NO JORNAL

ESTUDO NO ISTRANJERO

O medicamento antiparasitário ivermectina está sendo estudado na Universidade de Oxford como um tratamento possível para a covid-19.

É o que informou a instituição acadêmica, na segunda-feira 21. Trata-se de um estudo apoiado pelo governo do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, com a finalidade de auxiliar na recuperação de pacientes com coronavírus não hospitalizados.

Segundo a Oxford, o remédio provocou redução da replicação do patógeno em estudos laboratoriais.

O levantamento batizado de “Principle” mostrou, ainda, que administrar a droga antecipadamente pode reduzir a carga viral do microrganismo, além da duração dos sintomas em alguns pacientes com quadros leves da doença.

Atualmente, a ivermectina está sendo utilizada no mundo todo como atendimento imediato.

* * *

Sou analfabeto nestes assuntos de remédios e cachetes.

Deixo o comentário a critério dos doutos leitores fubânicos.

É boa ou é ruim esta iniciativa da Universidade de Oxford?

Isso também é culpa do Bolsonaro?

Aguardo a manifestação de vocês.

DEU NO JORNAL

UM EXCELENTE LUGAR

O procurador de Justiça Marcelo Rocha Monteiro, do Rio de Janeiro, advertiu nesta terça (22) que o melhor lugar para o criminoso Lázaro Souza se esconder é qualquer uma das cerca de 1.500 favelas do Rio de Janeiro.

* * *

De fato, um excelente local pro bandido celebridade se esconder.

A polícia do Rio já identificou a presença de vários bandidos de outros estados escondidos por lá.

E com a proteção do Supremo, que proibiu a polícia de chegar perto dos cumpanheros!!!

DEU NO JORNAL

SEMPRE EM ALTA

Depois de ultrapassar a média diária de um milhão de doses nos últimos sete dias, o Brasil colhe os resultados da turbinada na campanha de vacinação neste mês de junho.

Ao aplicar mais de 22 milhões de doses nos primeiros 22 dias e em franca aceleração, o Plano Nacional de Imunização (PNI) deve superar o resultado de abril e fazer de junho o primeiro mês com mais de um milhão de vacinas aplicadas por dia.

O recorde anterior foi em abril, quando o PNI aplicou 24,6 milhões de doses, segundo o vacinabrasil.org.

* * *

Esta notícia não saiu ontem no Jornal Nacional.

Nem vai sair no resto da grande mídia funerária.

Mas sai aqui nesta gazeta escrota.

Só pra deixar putos os componentes do time dos negativistas idiotais descerebrados.

Nesse ritmo de vacinação, a CPI da babaquice terá muito em breve 100 milhões de motivos pra fracassar

DEU NO JORNAL

A TERCEIRA VIA

Alexandre Garcia

Liderados pelo ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, partidos de centro debateram um acordo para viabilizar uma terceira via nas eleições de 2022

Neste ano que antecede a eleição presidencial e a de governadores, na semana passada houve movimentos que adicionaram nomes ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), indicando que há um objetivo nisso. Marcelo Freixo deixa o Psol e vai para o PSB; o governador Flávio Dino deixa o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e vai para o PSB, e fazem o mesmo o ex-ministro e deputado federal Orlando Silva e a ex-candidata a vice-presidente na chapa de Haddad, Manuela d’Ávila. As mudanças teriam recebido a bênção de Lula. Estranhamente, não foram reforçar o PT.

Pode-se imaginar que ficou pesado carregar a sigla PT, depois do que a Lava Jato mostrou, com tesoureiros do partido presos e o próprio líder máximo passando um tempo na cadeia e agora livre mas não inocentado. Ficou pesado também carregar a fama de partido radical, como o Psol e mais ainda a denominação comunista. O partido Comunista Brasileiro já havia se transformado em PPS – Partido Popular Socialista – mas até essa denominação foi descartada e hoje é Cidadania – um nome mais aceito.

O interessante é que esses movimentos são explicados como em direção à centro-esquerda, como se o PSB ou PSDB tivessem vergonha de dizer que são esquerda – e aí se abrigam numa periferia do centro. Na verdade, é uma inversão do que acontecia em anos anteriores a Bolsonaro, com partidos de direita que se abrigavam em cima do muro do centro, tal como o PFL, hoje DEM e o PL, por exemplo. A direita, por anos encolhida e camuflada, agora é mais explícita que a esquerda, que hoje está com receio de assustar a maioria flutuante que decide eleições.

E o centro, o que é? Hoje tem sido chamado de terceira via, e busca a imagem de virtuoso, pacificador, e alternativa entre a esquerda e a direita, como se polarização fosse um mal. A maior democracia do mundo sempre teve dois polos: Republicanos e Democratas, e funciona. Além de tudo, as mudanças reais nos países foram feitas por governos de esquerda ou de direita. É raro o centro fazer mudança. O centro costuma falar em mudança, sim; mas apenas finge para acalmar a necessidade de mudar. Mudar um pouco para não precisar mudar.

DEU NO JORNAL

DEU NO JORNAL

O BRASIL VAI CRESCER 5% EM 2021

Alexandre Garcia

O Banco Central faz toda semana uma pesquisa junto ao mercado financeiro, o boletim Focus. Nesta segunda-feira (21), o boletim prevê que o PIB deste ano irá crescer 5%, seguindo a estimativa de outras pesquisas de mercado. A previsão anterior do Focus era de 4,35%.

Outro dia, Mansueto Almeida, economista-chefe do BTG Pactual, chegou a falar em um crescimento de 5,3%. Ele é do ramo, portanto, entende. A Fitch Ratings também citou uma taxa parecida.

A Confederação Nacional do Comércio registrou que os lojistas estão mais confiantes em relação ao consumo dos brasileiros. É a recuperação de uma economia que não foi zerada, grande parte devido ao desempenho do agronegócio.

* * *

Plano Safra 2021

O Plano Safra deve ser divulgado nesta terça-feira (22). O governo irá liberar crédito e subsídio de juros para os agropecuaristas que precisarem. Isso é muito importante para continuar estimulando o setor que segurou as pontas durante a campanha do “fique em casa”.

Enquanto as pessoas estavam cumprindo o isolamento social, o agronegócio continuou trabalhando 24 horas por dia. A lavoura não para de crescer e o gado não para de engordar. O que garante a comida para 1,6 bilhão de pessoas no mundo.

O agronegócio também está garantindo o equilíbrio das nossas contas externas, os pagamentos e a balança comercial.

* * *

Auxílio emergencial de R$ 250

Para manter o estímulo  até daqueles que foram jogados à margem das campanhas de isolamento social, o auxílio emergencial será continuado por mais três meses. O valor será de R$ 250.

* * *

Lula inocente na Zelotes

O ex-presidente Lula foi absolvido do crime de corrupção passiva no âmbito da Operação Zelotes. Agora, ele tem um processo a menos para se preocupar. O petista foi acusado de receber vantagem financeira para editar uma medida provisória em favor do setor automotivo.

O Ministério Público afirmou que empresários envolvidos no acordo teriam pago R$ 6 milhões em propina. O valor teria financiado campanhas do Partidos dos Trabalhadores.

Além de Lula, o ex-ministro e ex-chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho, e mais quatro réus foram absolvidos das acusações. A Justiça não encontrou provas que sustentassem o argumento do MP.

* * *

A audiência da CPI

A audiência da CPI da Covid está diminuindo. Segundo o Google Trends, as menções à comissão caíram quase 60%. Muito provavelmente porque as sessões são mais do mesmo, com aquela agressividade com algumas testemunhas e cordialidade com outras. Para mim está muito claro de que se trata de um palanque eleitoral com o objetivo de atingir o presidente Jair Bolsonaro.

Nesta terça-feira (22), o deputado Osmar Terra (MDB-RS) será ouvido pela CPI. Ele foi ministro da Cidadania e ao sair da pasta afirmou que continuaria à disposição do governo. Terra é médico, além de conselheiro e amigo de Bolsonaro.

O parlamentar tem experiência no combate a epidemias porque já atuou como secretário de saúde no Rio Grande do Sul. Como deputado, Terra tem a mesma imunidade dos senhores senadores que irão interrogá-lo. Será interessante.

DEU NO JORNAL

UMA TERÇA-FEIRA ESPECIAL

Profissionais de saúde de todo o País têm motivos para comemorar nesta terça-feira (22): o Brasil ultrapassa hoje a marca de 90 milhões de doses de vacinas aplicadas contra a Covid-19.

Até agora, mais de 65,2 milhões de brasileiros receberam ao menos uma dose de vacina, dos quais mais de 24,5 milhões estão completamente imunizados, com duas doses.

Os dados são da plataforma independente vacinabrasil.org.

* * *

Não apenas os profissionais de saúde estão comemorando, como diz a notícia aí de cima.

Todos nós da banda decente do Brasil estamos vibrando com esta excelente notícia.

Uma notícia que, ao mesmo tempo, é um fato horrível pra mídia funerário-oposicionista e pros idiotas de todas as matizes.

Pois é isto mesmo: nesta terça-feira, 22, ultrapassaremos a marca de 90 milhões de doses aplicadas.

Cabe um registro interessante:

O Rio Grande do Sul está em primeiro lugar, com 14,9% da sua população totalmente imunizada.

Já o Amapá, o estado do Gazela Saltitante Randolfe, continua em último lugar, com 7,4%.

DEU NO JORNAL

BEM PROTEGIDOS

O procurador de Justiça Marcelo Rocha Monteiro lembra que traficantes e milicianos do Rio de Janeiro somam 56 mil homens bem armados.

O Estado tem 44 mil policiais.

Todos proibidos pelo STF de combater o crime nas favelas, o que deixa todos esses bandidos à vontade.

* * *

Tem lógica.

Os urubus togados, que guardam a constituição debaixo de suas asas, dão apoio às jararacas armadas.

No reino dos irracionais, uma facção protege a outra.

Não se pode mexer no exército bandido das favelas, pois a fábrica de habeas corpus está sempre vigilante na defesa dos combativos drogueiros.