DEU NO TWITTER

PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

PARTICULARIDADES – Gilka Machado

Muitas vezes, a sós, eu me analiso e estudo,
os meus gostos crimino e busco, em vão torcê-los;
é incrível a paixão que me absorve por tudo
quanto é sedoso, suave ao tato: a coma… Os pêlos…

Amo as noites de luar porque são de veludo,
delicio-me quando, acaso, sinto, pelos
meus frágeis membros, sobre o meu corpo desnudo
em carícias sutis, rolarem-me os cabelos.

Pela fria estação, que aos mais seres eriça,
andam-me pelo corpo espasmos repetidos,
às luvas de camurça, às boas, à pelica…

O meu tato se estende a todos os sentidos;
sou toda languidez, sonolência, preguiça,
se me quedo a fitar tapetes estendidos.

Gilka da Costa de Melo Machado, Rio de Janeiro-RJ (1893-1980)

DEU NO JORNAL

E LÁ NOS ZISTADOS ZUNIDOS…

Inflação nos EUA atinge maior nível em 30 anos.

Nos últimos, 12 meses o índice aumentou 6,2%

* * *

Eu tenho quase certeza que isto que está acontecendo lá nos Zistados Zunidos é culpa de um sujeito daqui do Brasil.

Na verdade, tudo de ruim que acontece nesse mundo é culpa dele.

É só ler o noticiário da grande mídia banânica pra comprovar isto que estou dizendo.

Esse sujeito é mesmo um desastrado.

GUSTAVO GAYER

DEU NO TWITTER

JESSIER QUIRINO - DE CUMPADE PRA CUMPADE

DEU NO TWITTER

DEU NO JORNAL

A FACE VERDADEIRA DE UM CRÁPULA

O ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro fez nesta quarta (10) um discurso permeado de obviedades e lugares comuns, no evento de sua filiação ao Podemos com a clara intenção de disputar a presidência da República.

No partido, o Podemos, o sonho é que Moro se credencie a disputar o segundo turno contra o ex-presidente petista Lula, que ele meteu na cadeia por corrupção e lavagem de dinheiro.

Filiados ilustres até brincam com o enredo de um “filme” que teria título óbvio: “O juiz e o ladrão”.

O ex-juiz defendeu a liberdade de imprensa, mas silenciou sobre decisões judiciais que submetem brasileiros a censura e mordaça.

Moro atacou a corrupção, mas não criticou decisões que esvaziaram as cadeias dos ladrões presos pela Lava Jato.

Moro prometeu recolocar o governo federal “nos trilhos”, mas não explicou o efetivo significado da expressão e nem como isso ocorreria.

* * *

Que decepção pra quem acreditava nesse sujeito e o levava a sério.

Que decepção da porra.

Agora ele se revelou por inteiro.

Ontem, quando ouvi o seu discurso com a vozinha aveludada e a cara mais cínica deste mundo, tive que sair às pressas atrás do pinico.

Foi grande a ânsia de vômito.

Cabra safado!!!

GUSTAVO GAYER

SEVERINO SOUTO - SE SOU SERTÃO