JOSÉ NÊUMANNE - DIRETO AO ASSUNTO

DEU NO JORNAL

VAGABUNDOS ZISQUERDÓIDES ASSASSINOS

DEU NO JORNAL

COMO É QUE É, SEU CABRA SAFADO???

Davi Alcolumbre foi ao Twitter defender o projeto de abuso de autoridade.

Ele argumenta que a proposta é parte das 10 medidas contra a corrupção, projeto que, escreve ele, “conta com apoio da Lava Jato”.

Como é, Alcolumbre?

O projeto das 10 medidas contra a corrupção foi completamente desfigurado na Câmara.

E a proposta que trata do abuso de autoridade não conta com o apoio da Lava Jato.

Muito pelo contrário.

* * *

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

Essa cabra safado pensa que a gente é idiota feito os petistas.

Quem quiser baixar a ripa, entre no Twitter dele clicando aqui.

DEU NO JORNAL

A FIGURA MAIS AMADA DO PAÍS

Sergio Moro já não é a quase unanimidade de outrora, mas ainda é a figura mais amada do governo para não dizer do país.

Portanto, conviria aos senadores que amanhã questionarão o ministro na Comissão de Constituição e Justiça a ingestão de boas doses de prudência, senso de estratégia e inteligência.

Refiro-me, óbvio, aos parlamentares de oposição que porventura possam enxergar aí uma oportunidade de se vingar tentando anarquizar com o ex-juiz.

Há um aviso implícito a esses navegantes: quanto mais forem agressivos com Moro, mais a favor dele jogarão os senadores, pois darão força à transformação do caso das conversas entre o então juiz e procuradores num plebiscito sobre a Lava Jato.

E nesse tipo de certame o resultado é um estrondoso “sim” à operação.

* * *

Sabem quem escreveu isto aí em cima?

Uma senhora por nome de Dora Kramer.

Na revista Veja.

E mais não disse e nem eu vou perguntar.

DEU NO JORNAL

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

A HORA DA POESIA

MOTIVO – Cecília Meireles

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.

Colaboração de Pedro Malta

A PALAVRA DO EDITOR

INSTITUTO DATA BESTA INFORMA

Estes são os números da última enquete promovida por esta gazeta escrota, através do Instituto Data Besta.

O Data Besta é o instituto de pesquisas mais confiável da praça e que deixa morrendo de inveja o Data Folha.

Informo aos nossos leitores que uma nova pesquisa já está no ar.

Vá aí do lado direito e cumpra seu dever cívico-fubânico.

Não deixe de dar o seu pitaco.

A PALAVRA DO EDITOR

DEU NO JORNAL

UM PASSEIO IDEOLÓGICO

Dilma Rousseff e Gleisi Hoffmann estiveram em Moscou na primeira semana do mês, numa missão não divulgada no Brasil.

No site da Câmara, a deputada apenas publicou justificativa de ausência por “missão autorizada”, mas não deu detalhes. Até hoje não apresentou o relatório da viagem.

Quem registrou a presença das petistas lá foi a Duma, a Câmara dos Deputados russa.

A dupla também foi flagrada por brasileiros passeando pela cidade.

* * *

A gloriosa Rússia, pátria dos trabalhadores, do operariado e do campesinato.

Berço do glorioso Comunismo e das históricas figuras de Lênin e de Stalin, dois grandes revolucionários humanistas.

Nação, coisas e símbolos que tem tudo a ver com as turistas Gleisi e Dilma.

Duas histórias vitoriosas em dois países diferentes foram celebradas nesta viagem:

A vitoria do Petismo no Brasil e o triunfo do Comunismo na Rússia!!!

Quanto ao motivo deste passeio secreto, podem ficar tranquilos os nossos leitores: o fubânico lulo-comunista Ceguinho Teimoso vai explicar tudinho pra vocês.

As razões da viagem e todos os detalhes que vocês estão ansiosos pra saber.