SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

NÃO FIQUE PUTIN, NEM PUTÃO; MORE EM PLUTÃO

«Invento-te, invento-nos. / Ponho nisso o cuidado / com que é costume observarem-se / as entranhas dos vermes e as evoluções / dos discos voadores. / Mas é preciso, amor, que compreendas / a minha e a tua solidão. / É preciso que saibas / adivinhar o tempo das lágrimas / e fugir antes que te alcance» (Sobras Completas – José Manuel Simões, Editora Abysmo, p. 51).

«El cielo está más cerca que nunca. Mirar al cielo y verlo lleno de estrellas de todos los tamaños en medio a una hermosa y bien definida Vía Láctea.» Dilda Rosbiff

A vida em um planeta tão distante pode não ser notícia que importe a quem leia estes arabescos… Nascera em Portugal; ainda criança mudara-se para o Brasil voando agarrada a uma bola, que cruzara o Atlântico em um chutaço desferido por Euzébio (o Cristiano Ronaldo de antigamente) no “golo” do título da Champions League do Sport Lisboa e Benfica.

Tão forte chute, passou pela “mão de aranha” do guarda-metas, indo cair a bola e a velha, ainda “jovencita”, na sede do “Petêlho em São Ferrado do Cano”, nas mãos de um tal Luis Vinácio. Foi amor à primeira vista (“tinha sido amor à primeira vista, à última vista, às vistas de todo o sempre.” Lolita – Vladimir Nabokov).

A velha portuguesa, professora da “Última flor do Lácio, inculta e bela”, segundo Bilac, especializara-se em aposiopese, cleuasmo, hipotipose e paralipse, agora cidadã plutoniana, que só veste vermelho e não liga grande coisa aos noticiários que vinham do Brasil.

Seu mundo restringe-se ao que acontece no pequeno apartamento, refugiada política que é, asilada está enquanto vigorar a ditadura bolsoringalística (tudo se confirmou na cabecinha dela quando Santos Cruz disse: Governo Bolsonaro virou um “PT verde-amarelo” que teria instaurado o “comunismo de direita no Brasil”).

Decidira ela que diante de um governo ditatorial, de merda e incapaz, sempre é hora de “dar uma cambalhota”, sem “fazer um bico” sequer. ♫ ♬ ♩ Roda, roda e vira, solta a roda e vem / Neste raio de suruba, já me passaram a mão na bunda / E ainda não comi ninguém! ♫ ♬ ♩ (saudade infinita, Mamonas!!!).

Sin labios los dientes pasan muy frio… Reclama de não receber notícias dos amigos petistas. Recorro aos árabes: “se tens um amigo, visita-o amiúde, pois as ervas e espinheiros crescem por caminhos onde ninguém passa”(nem o Goiano, sempre cheio de nove horas, da “malta” vermelha, telefona mais).

Reclama da solidão («Deus fez-nos à imagem da sua solidão.» Vergílio Ferreira, Até ao Fim, p. 257, Ed. Bertrand, 1987), pois só o Sancho a visita, trazendo notícias do “mundo lá fora” (assoviemos música de Elis: ♫ ♬ ♩ mande notícias do mundo de lá. Diz quem fica. Me dê um abraço, venha me apertar. Tô chegando. Coisa que gosto é poder partir. Sem ter planos…♫ ♬ ♩).

“Notícia” para ela, nesses anos de falhanço bolsonarístico, era o que se passava em Plutão e ainda mais o que ocorria na sua localidade, na sua vizinhança, na “passadeira de peão” que a leva até à padaria (o “cacete” quentinho é muito melhor).

Por isso sempre liga ao padeiro, a quem presenteara com coleção completa dos catecismos de Carlos Zéfiro, a perguntar quando sai a próxima fornada. Vai, ainda, ao mercadinho a comprar bacalhau, of course. Pense rápido e cite, caríssimo leitor, um grave erro de português, um daqueles que te incomoda, te deixa puto: Que tal “pouco bacalhau português no bolinho”…

De seus tempos em Portugal recorda-se com carinho da Feira da Foda que acontece no primeiro semestre do ano no extremo norte de Portugal, já fronteira com a Espanha, na aldeia de Pias, em Monção, onde nunca deixava de comprar para os amigos o Licor de Merda (licor criado em 1974, original de Cantanhede).

Mas (perigoso mas), o que mais recorda com saudade é da Dança dos Cus, atração anual durante o Carnaval de Cabanas de Viriato, perto da cidade de Viseu. Falando em cus…O Covid-19 atravessou mais fronteiras do que vocês imaginam e já está instalado em Plutão. Como os cientistas plutonianos são os melhores do universo, já desevolvolveram a vacina e ela irá hoje tomar “pica no cu”, pois era do grupo de risco.

Falávamos na “besta” que comanda o país. Besta pra lá, besta pra cá e Dilda Rosbiff lembrou-se do melhor livro que havia lido em sua QUASE centenária existência e “perscrutou o escuro recanto do universo” de sua mente para recordar título e autor. Não obteve êxito, pois a memória já não é a mesma. Sancho a auxilia: “Recém-acordada do sono secular, a Besta Fubana revirou os olhos numa preguiça de mulher acabada de ser comida. E, nesse revirar de olhos, perscrutou o escuro recanto do universo que tinha escolhido para dormir.” (Luiz Berto, O Romance da Besta Fubana – Belo Horizonte: Itatiaia, 1984, p. 232-233).

Quando via imagens de violência, de um desastre ou de um evento trágico, perguntava de imediato: “é cá ou é lá no Brasil?”. Quando sabia que “era lá no Brasil” fazia ar de alívio e saía-lhe um “ah é lá fora. Maldito Bolsoringa!!!. A história não absolve-lo-á!”.

Ficara muito feliz quando, em 1930, descobrira através do astrônomo Clyde Tombaugh, a existência de Plutão, na região denominada Cinturão de Kuiper, que abriga milhões de corpos celestes gelados, com distâncias do Sol que variam entre 4,5 bilhões a 7,5 bilhões de quilômetros. Essa distância para o Sol faz com que nossa amiga sinta bastante frio durante todo o ano (bendito aquecedor que sua irmã, Zilma Rosbiff mandara).

Durante décadas, Plutão foi considerado um planeta do sistema solar. Contudo, foi só ela comprar seu apartamento no simpático planeta, pelo programa “minha casa, minha vida”, que a União Astrobôlica Internacional, lotada de esbirros do parvo BolsoNERO, classificou esse corpo celeste como um dos três planetas anões: Ceres, Eris e Plutão. Essa decisão foi motivada, acredita ela, porque “pentelho seco de velha”, não a quer feliz e tomou tal decisão porque iria desvalorizar consideravelmente seu imóvel.

Em 12 de abril de 1961, o soviético (CCCP) Yuri Gagárin tornou-se o primeiro homem a viajar no espaço, no voo orbital da nave Vostok 1. A distância da Terra para Plutão é muito grande, só sendo possível nossa amiga lá chegar, porque entrou nesta coluna do “abiscoitado” Sancho.

Prometera, em 2018, que se o gajo encarnado perdesse o segundo turno para Bolsonaro nas eleições, iria embora. Muitos prometeram o mesmo (um chorrilho de baboseiras, que agora não mais interessa.), mas ela, Dilda Rosbiff era mulher de palavra. Tu não tens “lata” para isto diziam as amigas. Dissera a elas certa feita: “Não sofro de amnésia e não guardo rancor, guardo nomes, QUERIDAS”.

Está Dilda a “querer sol na eira e chuva no nabal”…Todas as agências de viagem recusaram sua milionária oferta. Entrara no “rabo de várias bichas”, em casas lotéricas pensando no prêmio da megasena para a viagem espacial, colocara anúncio no jornal e sua amiga, a Tia do Zap (porra, Berto! por onde andará a Tia do Zap, Sonia Regina e o Nikolai Hel, que sumiram de nosso jbf? Que saudade de Artemísia…), dissera que seu sobrinho favorito tinha a “manha”, apresentando-lhe nosso anti-herói, dizendo: “Sancho tem pancada na mola, só pode”.

A prudência, que é a mãe da porcelana chinesa, aconselhava não tentar a sorte (ou azar) em tão distante sítio… Palavras loucas, ouvidos moucos e mergulhou na aventura. Aí foi um pulo, um pulo dentro desta coluna e lá estava a primeira petista que saíra do mundo da lua e fora parar em Plutão (seu sonho sempre fora morar na propaganda do PT. Não se pode ter tudo, sempre repetia).

Amava ao petista Sancho com um sentimento entre maternal e agradecida; preparara uma “punheta” para o gajo na primeira visita que ele lhe fizera no novo planeta. Estava deliciosa, dissera ele se perguntando onde a velhota havia conseguido o bacalhau para providenciar tal iguaria. Não perguntara e ela não fizera menção de dar maiores detalhes da “punheta” e cá estava ela, com seu telescópio a não ter como “descalçar esta bota”.

A mim nem aquenta nem arrefenta. O “rabo é o pior de esfolar” garante nossa centenária amiga, que só retornará ao Brasil quando Lula voltar à presidência, segundo ela, em janeiro de 2027 (“Falhar outra vez. Falhar melhor.” Samuel Beckett). Antenada nas coisas da política diz que torcerá no dia 29 (segundo turno das municipais 2020) por Guilherme (Sampa), Manu (POA) e Marília (Recife). Depois da vitória lulística irá parar com a coisas da política, pois já está a meter tudo no mesmo saco, confundindo alhos com bugalhos.

Enquanto aguarda a volta ao “lar”, acompanha as coisas do Brasil através do Jornal da Besta Fubana, único veículo de comunicação que consegue chegar até Plutão. Rindo, disse a Sancho que tem fé em Deus que será no Brasil que irá dar o “peido mestre” («A mim não me faz medo o pó que hei-de ser; faz-me medo o que há-de ser o pó.» Padre António Vieira – Sermões, II, 185). “Porreiro”, não!?

PS 10: Football Legends – Edson e Jair batendo um bolão – Pelé mandou uma camisa do mítico Santos Futebol Clube para Bolsoringa. Versos de Pessoa: Senta-te ao sol. / Abdica / E sê rei de ti próprio. O melhor jogador de todos os tempos autografou, para o melhor presidente de todos os tempos, a camisa com estes dizeres: “Ao presidente Bolsonaro com abraço do Pelé”.

PS 13: ¡Todo lo que sabemos hasta el momento! O governo brasileiro informou que se reuniu com 5 laboratórios que desenvolvem vacinas contra o vírus chinês. Foram recebidos representantes de Pfizer (EUA), Janssen (Bélgica), Bharat Biotech (Índia), RDIF (Fundo Russo de Investimento Direto) e Moderna (EUA).

PS 51: Parabéns de Sancho à Rede TV. Rodrigo Constantino é o novo contratado da Rede TV. E na ponta direita do jbf… Gente que dá show em forma de texto e imagem (uma pegada mais politizada): Ana Paula Henkel, Marcelo Bertoluci, Caio Copolla, Cláudio Lessa, Políbio Braga, Luiz Berto Filho, Percival Puggina, Augusto Nunes, Adônis Oliveira, Luis Ernesto Lacombe, Alexandre Garcia, Goiano Braga Horta, Guilherme Fiuza, Rodrigo Constantino, José Roberto Guzzo, Paula Marisa e Bárbara.

PS 69: “Goza, não há outra sabedoria; faz gozar o teu semelhante, não há outra virtude.” Étienne Pivert de Senancour. Tem gente que possui problemas com esse número…69, 69, 69… Que ano, minha gente fubânica esse de 69…Vocês, por acaso desconfiam quem foi a vencedora do concurso Miss Brasil 1969? Foi a feinha Vera Lúcia (Vera Lúcia Berndt Fischer. Verinha, te amo!!!), que hoje aniversaria… ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho deseja Feliz Cumpleaños a Lee Jun-fan ou Bruce Lee (São Francisco, 27 de novembro de 1940), Johnny Allen Hendrix, ou James Marshall “Jimi” Hendrix ou Jimi Hendrix ( Seattle, 27 de novembro de 1942) e A Super Fêmea, a deusa, a talentosa atriz blumenauense Vera Lúcia Berndt Fischer ou Vera Fischer (Blumenau, “Capital da Cerveja”, 27 de novembro de 1951).

PS 171: Já estamos quase em 2021… Resoluções para o ano novo – igualdade de gênero… Unindo o útil ao agradável. Hora de as mulheres ficarem mais belas… Deixe-as mais bonitas…Coloque sua sogra e sua mulher na melhor academia de ginástica da cidade: um canteiro de obras.

PS 666: O Covid-19 matou os cinemas ou eles apenas estão agonizantes? Decretaram o fim dos cinemas ou ainda há fôlego para as grandes salas? Warner Bros anunció que Wonder Woman 1984 (dirigido por Patty Jenkins e roteirizado por Jenkins e Dave Callaham. O elenco é composto por Gal Gadot, Chris Pine, Kristen Wiig, Pedro Pascal, Ewen Bremner, Saïd Taghmaoui, Connie Nielsen, Robin Wright, Gabriella Wilde, Kristoffer Polaha, Amr Waked, Natasha Rothwell e Ravi Patel) se estrenará a la vez en cines y en la plataforma de streaming HBO Max. Esto ha hecho saltar las alarmas en Marvel Studios y podría usar lo mismo para Viuda Negra (Dirigido por Cate Shortland, com o roteiro de Eric Pearson escrito a partir de uma história de Jac Schaeffer e Ned Benson e com produção de Kevin Feige, o filme traz Scarlett Johansson, David Harbour, Rachel Weisz, Florence Pugh, O. T. Fagbenle, Ray Winstone e Oliver Richters) en Disney +.

PS 1000: É vezo antigo que perguntar não ofende… Boulos ou Covas? Paes ou Crivela, Arraes ou Campos? Você contrataria algum deles para trabalhar em sua empresa? Sancho gosta dos seis…

PS 1313: E essa é para o nosso Goy: O vinho mais esperado do ano chegou. Bolsonaro “il Mito”, um brinde ao Brasil! E, de taça na mão, ergo um brinde a Diego Armando Maradona: “A bola só foi bola quando a chutei” Diego Armando Maradona. Eu poderia passar horas escrevendo sobre Diego e não conseguiria escrever TUDO. O reverencio pela magistral perna esquerda e por sua paixão pelo futebol. Será sempre figura carimbada no top 10 dos maiores jogadores de futebol que o mundo já viu. Creio haver poucas pessoas que ao elencarem 10, o deixem de fora. Teria vaga em qualquer time do mundo que escolhesse jogar. “Futbolísticamente fue un genio”… Não o comparem a ninguém, pois os gênios são incomparáveis. Dijo Messi: “Nos deja pero no se va, porque el Diego es eterno”. Dijo Menotti: “Estoy hecho mierda por la muerte de Maradona”. Dijo Pelé: “Un día espero que podamos jugar con el balón juntos en el cielo”, ha dicho O’ Rei…

SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

VOCÊ GOSTA DE UMA PELADA RODRIGUEANA?

Hoje é sexta (“Sexta-feira é o dia em que a virtude prevarica.” Nelson Rodrigues). Querido leitor, antes que prossigas na leitura, nesta prevaricante sexta, sugiro que desças até o “PS 10”, pois lá deixei o presente de Natal que escolhi para você.

Feito? Gostou? Ah, deixa disso, foi só uma lembrancinha, não ponha reparo, assim você me deixa sem jeito. Prossigamos…

“A bola é um reles, um ínfimo, um ridículo detalhe. O que procuramos no futebol é o drama, a tragédia, o horror, a compaixão”, assim escreveu Nelson Rodrigues. Final de ano, as empresas com jogos de futebol e celebrações entre funcionários durante a segunda quinzena de novembro até véspera de “Navidad”.

Você, antenado leitor do jbf, reparou que desde que o árbitro encerrou o jogo de 2018, na confraternização da empresa “Brazil”, nenhum dos jogadores abandonou totalmente o campo de jogo? Desde então me parecem todos (e mais alguns) em ininterrupta campanha (será apenas impressão minha?).

Viajando pela genialidade rodrigueana, dei asas à fértil imaginação e fui parar em um destes eventos de final de ano, no “barrão” da várzea, onde a empresa de logística e mudanças MENOS BRASÍLIA MAIS “BRAZIL” realiza seus jogos de confratenização (este ano com convidados da terra do Tio Sam): presidentes vs aspirantes à faixa. Até a “estagiária do JB”, Myrna e a “grã-fina de nariz de cadáver” compareceram à porfia ciceroneadas por Suzana Flag.

À sombra das chuteiras imortais, o fenomenal time dos presidentes – Somos um país com muito poucas unanimidades. (“é uma equipe maravilhosa. Com uns retoques aqui e ali, converter-se-ia na própria seleção nacional”) jogou com BolsoNERO 1, BarracaObrama 2, Lulo 13, Trumpy 10 e Bolsoringa 17; o time dos aspirantes, bem mais motivado, jogou com João 1, Incrível Hulk 13, Cirro Jomes 7, Baidein 6 e Papai Noel 10.

O bom velhinho não concorre a nada, mas (natalínico mas), entrou em campo e fez os 13 gols do time aspirante. Os outros 13 , favoráveis ao time dos presidentes da empresa, foram marcados pelo jogador Bolsoringa, mas (insuspeito mas), por infeliz equívoco, foram computados para Lulo (dizem que Ronald Mc Trumpy pedirá a recontagem dos 26 golos).

No último lance da partida (“porfia”, “contenta”, “peleja”), o perna-de-pau Bolsoringa (¿Quién es este personaje? Sempre que pegava na bola dentro da área a bandeirinha Gleysy marcava impedimento) tropeçou em uma “lata velha” enterrada no campo (“Muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos.” Nelson Rodrigues).

O indimenticabile Sobrenatural de Almeida daria sua contribuição… Como o barafusto e espetacular zagueirão Cirro Jomes estava muito próximo do lance, um ex-juiz de futebol, possuidor de um lava-jato famoso, que apitava o jogo, não pensou duas vezes, assoprou o “óbvio ululante” instrumento de apitar e marcou pênalti favorável ao time presidencial na falta inexistente. («A multidão se levantou como se fora uma só pessoa. E conservou um silêncio religioso. O juiz contou:» Jorge Amado, Jubiabá, 1935).

Um engraçadinho chegou a gritar “juiz ladrão”, mas (infeliz mas), como todos os presentes possuem biografia ilibada e com o campinho repleto de agentes da gloriosa e competentíssima PF, que olharam com cara de poucos amigos para o reclamante, este engoliu em seco e recolheu-se à sombra de sua insignificância. O VAR não foi acionado.

Quem cobrou foi o cracaço Lulo. O guarda-metas fez pose, mas (chinfrim mas), o camisa 13 chutou para fora (“Sucesso ou fracasso – qual o mais destrutivo?” Lao-Tsé). Em virtude da lata velha enferrujada poder infectar algum jogador com Covid-19, o árbitro interrompeu a partida, com o placar marcando 13 a 13.

“A mais sórdida pelada é de uma complexidade shakespeariana. Às vezes, num córner mal ou bem batido, há um toque evidentíssimo do sobrenatural.” Nelson Rodrigues. Como esse jogo só termina no finalzinho de 2022 (um deles será escolhido o craque do ano de 2022 – na terra do Tio Sam ainda não decidiram o craque deste ano), e até lá muita saliva vai passar por debaixo da ponte, vamos gastar linhas com outros assuntos e “arrepiar caminho”…

Escreveu Sancho: Sinto-me um grande patriota que votou em 2018 “em você sabe quem” (não se finja de desentendido, caríssimo leitor). Sancho seria um canalha? (me socorra, Nelson Rodrigues! Ele disse: “Ninguém sai na rua e bate no peito berrando: ‘Eu sou um canalha”). Sobre isso, é famosa a frase de Samuel Johnson de que “o patriotismo é o último refúgio do canalha”.

Si te apetece seguir leyendo “o canalha Sancho” (“No Brasil, quem não é canalha na véspera é canalha no dia seguinte.” Nelson Rodrigues), ése relato es mi “felicitación de Navidad” para ti e uma homenagem sanchiana a todos os nossos maravilhosos políticos e ao fenomenal Nelson Falcão Rodrigues. Somos anualmente atingidos pelo ESPÍRITO NATALÍNICO, esse gratificante milagre.

Em meados de novembro (estamos em meados de novembro) ficamos bonzinhos (estamos bonzinhos, não é mesmo!?), minando amor por todos os poros e repletos dos mais puros e benfazejos sentimentos (estás sentindo?).

Está chegando a hora de montar a árvore…“Segundo a tradição cristã, o dia certo para montar a árvore de Natal é no primeiro domingo do Advento – tempo litúrgico com duração de quatro semanas, que marca a preparação para o nascimento de Jesus (aproveito que falo do xará para mandar um abraço ao nosso Jesus de Ritinha de Miúdo). Em 2020, essa data cai no dia dia 29 de novembro.”

As “maldades e putarias” que fizemos durante o ano todo ficam adormecidas até o sexagésimo nono (69) dia do novo ano. Para alguns tudo só voltará à normalidade (????) depois do Carnaval (“harará” Carnaval?)… Como estamos em busca do Natal perfeito, alguém sabe se o Cabaré do Tio Berto irá funcionar na quinta, 24 de dezembro?

PS 10: Super dica sanchiana: Sancho recomenda que sua coluna, às sextas, seja lida tendo como fundo musical nada mais, nada menos que Carl Orff’s Carmina Burana (Carl Orff: Carmina Burana) – https://www.youtube.com/watch?v=QEllLECo4OM&t=1082s – Qué magestuosidad, qué enormes, qué sublime concierto. !!siento como si mí corazón, anduviera volando dentro de mí..!!! No puedo evitar que se me escape unas lagrimas de emoción. O JBF? E X T R A O R D I N A I R E, FABULEUX, MERVEILLEUX, EPOUSTOUFLANT !!!!.

PS 13: Bela frase do Barrosão: “Na democracia, não existem nós e eles. Eles são aqueles que nós colocamos lá.” Hoje Sancho quer fazer felizes a Goiano, Francisco, Famigerado e Vermelhão…Jair sem partido, o probo e ínclito Luis Inácio sem um vice impactante para chamar de seu. 2022? Bolsonaro Presidente e Lula vice. 2026? Lula Presidente e Bolsonaro vice. “Se se” unirem para 2022, Sancho jura que vota pela primeira vez em seus 57 anos de idade no 13. Palavra de escoteiro!!!! O presidente e super-herói de muita gente boa (a quem alguns chamam carinhosamente de Bolsonero, Bolsoringa, Boquirroto, Bozo) disse que o Brasil precisa de sistema de apuração de votos que não deixe dúvidas. “Tem que ser confiável e rápido. Não deixar margem para suposições”. Sancho pergunta: Bolsoringa está certo ou está errado?

PS 51: Top 10 – Os mais ricos do mundo (números do dia 17, pois os ganhos desses pobretões variam diariamente, mudando a colocação na lista): Jeff Bezos, Amazon (Tecnologia/Varejo) – US$ 184 bilhões; Bill Gates, Microsoft (Tecnologia) – US$ 129 bilhões; Mark Zuckerberg, Facebook (Tecnologia) – US$ 106 bilhões; Elon Musk, Tesla (Automotivo) – US$ 102 bilhões; Bernard Arnault, LVMH (Consumo) – US$ 102 bilhões; Warren Buffett, Berkshire Hathaway (Vários setores) – US$ 88 bilhões; Larry Page, Google (Tecnologia) – US$ 83,1 bilhões; Sergey Brin, Google (Tecnologia) – US$ 80,5 bilhões; Steve Ballmer, Microsoft (Tecnologia) – US$ 78,5 bilhões; Mukesh Ambani, Reliance Industries (Energia) – US$ 76 bilhões – Por incrível que possa parecer não vi nenhum fubânico na lista…

PS 69: A gafieira do Paulo Guedes chamando o mundo inteiro para dançar: “Então toda atenção aos americanos, toda atenção aos europeus, mas o Brasil já se moveu e já está indo para o ponto futuro. O eixo de crescimento do mundo está na Ásia, se nos tratarem mal do lado de cá, nós vamos para o lado de lá. E o Brasil quer dançar com todo mundo”.

PS 171: Passion simple – Impactante tesouro arqueológico: Egipto presentó más de 100 sarcófagos de 2.000 años de antigüedad en perfecto estado de conservación. Não, não encontraram nos sarcófagos os eleitores da moça, que em 2018 foi campeã de votos em Sampa. ‘Estou fazendo a conta da tragédia’, diz a belíssima candidata após inexpressiva votação em SP neste 2020.

PS 666: Schopenhauer: “Quem espera que o diabo ande pelo mundo com chifres, será sempre sua presa”. Reflexões: “Quem vota e como vota não conta nada; quem conta os votos é que realmente importa.” (Joseph Stalin); “Se votar fizesse alguma diferença eles não nos deixariam fazer isso.” (Mark Twain); “A diferença entre uma democracia e uma ditadura consiste em que numa democracia se pode votar antes de obedecer as ordens.” (Bukowski); “Se os porcos pudessem votar, o homem com o balde de comida seria eleito sempre, não importa quantos porcos ele já tenha abatido no recinto ao lado.” (Orson Scott).

PS 1000: “Até Barack Obama, queridinho da esquerda caviar mundial, diz com todas as letras que o Lula é CORRUPTO.” Carla Zambelli. Parece que só Goy e Sancho enxergam inocência no Inocêncio. Dizem boas e más línguas que o responsável pelo hospício onde estão internados deveria providenciar, com urgência, um oftalmologista para ambos. Sancho aproveita para mandar beijão para Candace Owens e fazer pedido de casamento (pfvr, nunca te pedi nada, Candace; casa comigo?).

PS 1313: Reunião do BRICS (Brasil, China, Rússia, Índia e África do Sul) – O presidente Bolsonero, Bolsoringa, etc, etc pediu na terça, 17, mudanças em organismos internacionais de modo a “democratizar a governança internacional”. Durante fala na cúpula do Brics, ele cobrou reformas na Organização Mundial da Saúde (OMS), na Organização Mundial do Comércio (OMC) e no Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas).

PS 1.000.000.000: FIFA (soccer, fútbol, calcio, football, futebol) – Mundial de Clubes – se celebrará en Qatar del 1 al 11 de febrero de 2021…Phodda-se o goleiro, eu quero é gritar gollllllllllllllll…E Lá vai a Alemanha proporcionando alegrias – El espectáculo estaba servido: España 6-0 Alemanha (2020) e Brasil 1-7 Alemanha (2014). Que la felicidad va y viene…1-7, 2-8 (Barcelona 2×8 Bayern München 2020), 6-0… Los alemanes siempre implicados…reírse del mal ajeno nunca trae buenas cosas. Falando em Brasil…Eliminatorias Catar 2022 – Dentro do Estádio Centenário, em Montevidéu… Uruguay 0-2 Brasil: 4 victorias de 4 partidos (venceu as “poderosas” seleções de – não ria – Bolívia, Peru, Venezuela e Uruguay). A llorar en la iglesia … hace 19 años que Uruguay no gaña de Brasil.

PS 2.000.000.000: ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho deseja Feliz Cumpleaños à belíssima Ming-Na Wen – 20 de novembro de 1963 (Coloane, Macau, China) e às simpaticíssimas Vormênia e Neide Dragão, que nasceram em um 20 de novembro. Falemos de uma amiga famosa de Vormênia e de Neide Dragão – George Eliot nasceu no dia 22 de novembro de 1819. Seu verdadeiro nome era Mary Anne Evans, preferiu escolher um pseudônimo masculino para assinar suas novelas porque era muito complicado em tal época haver escritoras. Henry James escreveu sobre ela: “She is magnificently ugly – deliciously hideous…in this vast ugliness resides a most powerful beauty which, in a very few minutes steals forth and charms the mind, so that you end as I ended, in falling in love with her.”Fica a dica de leitura: Middlemarch: A Study of Provincial Life. Seu romance “Middlemarch”, é um dos maiores romances do século XIX.

SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

SEXTA-FEIRA 13? ANIVERSÁRIO DE SANCHO. QUE ZERDHA!!!!

“Sabe, Nástenka, até que ponto eu cheguei? Sabe que já me vejo obrigado a festejar os aniversários das minhas sensações, os aniversários das coisas de que eu gostava tanto dantes mas que, pura e simplesmente, não aconteceram – aniversários de sonhos, de sonhos estúpidos e imateriais – e que me vejo obrigado a fazê-lo porque nem sequer esses sonhos estúpidos já existem e porque não tenho com que os suplantar: porque também os sonhos podem ser suplantados!” Fiódor Dostoiévski, “Noites brancas”.

“I am the greatest” Muhammad Ali. Cuando Sancho (Luiz Carlos) nació, la felicidad fue plena. Sancho está relendo sua própria biografia (Sancho, L’invention d’une vie, comprado em Bruxelas, no sebo L’Évasion em julho 2010), onde lê: la bendición de la belleza… Con una belleza tan innegable como su carisma (favor não rir), el loco que aseguraba que nunca soñó con la fama porque “Crecí en Desengano y para mí no era el final del arco iris”.

“Há histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas” Manoel de Barros… Hoje, para Sancho, é um dia especial. Faço o que posso para que a prosa saia arranjadinha, esforço-me para que a parra seja menos do que a uva, cuido do vocabulário, tudo isso na esperança de que pelo menos não falem mal do bolo e da cerveja. Troncho? Eu!?

L’invention d’une vie. Be my guest… Aprume o corpo. Faça a barba, corte o cabelo e se ajeite. Feinho você, hein!? Cadê o pente? Ops, desculpa aí… Esqueci que você é careca, Sancho. Bote uma roupa maneira. Um sapato confortável; Se enfeite, que hoje você tem um encontro. Não relute, nem fantasie.

Eran diez. Las voces en mi cabeza…Esquece a outra que espreita. Silencie a que grita. Enrole a vida em film alveolar (plástico bolha) también llamado coloquialmente plástico de burbuja (criado acidentalmente pelos engenheiros, Alfred Fielding e Marc Chavannes, em 1957. Eles tentavam criar uma plano de fundo de plástico texturizado com o verso em papel que pudesse ser limpo facilmente). Deite-se, faça um rolamento, estoure uma por uma. Divirta-se. Hoje você pode.

«[…] o homem é uma solidão que aspira a realizar uma companhia e uma comunhão.» Manuel Antunes, «Porque se lêem romances» (1966). “If youth only knew: if age only could!”. Enfrente em frente. Diga que a partir de agora vai ser diferente. Que assim seja. E veja. Seja você quem manda nesta porra, caráleo! Se ame, se presenteie. Embriague-se em si. Hoje você tem um encontro. Consigo. Comigo. Com várias. Suruba? Se ergue que a vida não espera por ti, lesado. E o perfume?

“La vida ante sí”…Se abra. Caia na noite, gandaia, loucura. Se embebede com tudo que ri, esquece que hoje é 13 (13 é número de azar?). Hoje, Sancho, você tem um encontro. Com a 1, a 2, a 3, a 4, a 5, a 6, a 7, a 8, a 9 e Consigo. E com todas nós que habitamos em ti, que gritamos em sua cabeça. Feliz aniversário, doido. Quantos anos mesmo? Como diria um dos loucos que você tanto ama: “Si sigues cumpliendo años, acabarás muriéndote. Besos, Groucho”.

Recorrro a Henry Charles Bukowski: Juventude, sua filha da puta, aonde foi você? Bukowski, Hollywood (L&PM, pg. 216) ♫ ♬ ♩ Eu nasci há 10 mil anos atrás…Eu e Raulzito fomos “testemunhas do amor de Rapunzel” e vimos a arca de Noé cruzar os mares. E para aquele que provar que eu tou mentindo eu tiro o meu chapéu♫ ♬ ♩ O pessoal do jbf já tem pelinho branco na virilha e sabe piada de adulto no dédalo das recordações.

E a voz 7 resolve encerrar o assunto: “Chega desse nhem-nhem-nhem! Sexta-feira 13? 13? Olhemos a certidão de nascimento do retardado…Que merdha! Péssimo dia para comemorar aniversário, porra!!! êpa, está escrito 11”. Alexandre Garcia e Demi Moore também aniversariam no dia 11. Alexandre, Demi e Sancho (parabéns para o inteligente, para a gostosa e para o retardado).

Tapa na cara de Sancho. “Plaft!”. Sancho cai – Cataplam! – cai com as patas para cima e o sorriso idiota de sempre no rosto…

– Hã! 11? Tchantchantantan! Sancho não é PT nem na certidão de nascimento? Está lá, na certidão: nascido em Desengano, Valença, RJ, no dia 11 de novembro de mil noventos e antigamente. Ah!Ah!Ah!Ah!Ah!Ah! Ratatatá!, grita sua metralhadora em festa; a rajada fura o teto de zinco e perfura os olhos de dois urubus, que estavam já há algum tempo, lá assentados esperando que o dito cujo, o nosso Sancho se transforme em “de Cujus”.

Quando olho o passado, sorrio feliz, recordo uma vida de risos, dores, amassos e fracassos, alegrias intensas, amigos de copos, irmãos fubânicos, quintas bertianas no Cabaré do Tio Berto, amor de putas, tristezas fundas, vitórias grandes, derrotas em proporção e meu caminhão nas estradas da vida (“a sucessividade dos segundos”, como dizia Augusto dos Anjos). E não faço a mínima ideia dos anos que restam, mas partirei em paz comigo mesmo, grato pelo que me coube.

Si pudiera vivir nuevamente mi vida, en la próxima trataría de cometer más errores (se atribuye a Jorge Luis Borges). Caríssimo leitor, o que digo? Uma floresta, uma Amazônia sem chamas, peido no elevador cheio (argh, que horror!!!), uma catarata, uma trepada com Marilyn Monroe, um tsunami, uma Sibéria, um furacão são coisas grandiosas, formidáveis diria eu – mas (imensurável mas), maior que tudo isso é um fubânico aniversariando. That’s all folks!.

PS 10: ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho deseja Feliz Cumpleaños a Sancho (Desengano, Valença, RJ, no dia 11 de novembro de 1963), Alexandre Eggers Garcia (Cachoeira do Sul, 11 de novembro de 1940) e Demi Guynes Moore (Roswell, 11 de novembro de 1962). Três fofos… Tanti Auguri… ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Por Santa Deloris Van Cartier… Sancho deseja Feliz Cumpleaños a Whoopi Goldberg, nome artístico de Caryn Elaine Johnson (Nova Iorque, 13 de novembro de 1955). Disse Whoopi Goldberg.”Acima de tudo, eu não gosto dessa ideia atual de que se você é uma pessoa negra, então você deve ser chamado de afro-americano. Escuta, eu visitei a África e tenho notícias para todos: eu não sou africana.”.

PS 51: Uma ótima notícia para o Adônis, que pretende “botar o bloco na lua” e sair do Brasil… Dizem que as venuzianas (não confundir com venezuelanas) são poliorgásmicas, ninfomaníacas, possuem três vaginas e dois pares de seios…Cientistas da Nasa, seguindo o que reza a Equação de Drake (N = R* ⋅ fp ⋅ ne ⋅ fl ⋅ fi ⋅ fc ⋅ L.), estimam que pode haver até 300 milhões de planetas habitáveis na mesma galáxia que a Terra, alguns a apenas 30 anos-luz de distância do Sol. A descoberta foi anunciada depois de 9 anos de missão do Telescópio Espacial Kepler, que foi lançado ao espaço com o objetivo de identificar planetas extrassolares e observar estrelas. Para o caso de alguma extre-terrestre gostosona tentar contato: Sancho Pança – Rudge Ramos – SBC -SP – Brasil – Planeta Terra, Sistema Solar, Via Láctea, Laniakea.

PS 69: SUCESSO – Teste do Pix, novo sistema de pagamentos instantâneos brasileiro, foi bem bem-sucedido, afirmou o diretor do Banco Central João Manoel Pinho de Mello (Organização do Sistema Financeiro e de Resolução). 5 de outubro: início do processo de registro de chaves de endereçamento; 3 de novembro: início da operação restrita do Pix; 16 de novembro: lançamento do Pix para toda a população.

PS 171: Para nossa alegria… Terminaram ontem os programas eleitorais de rádio e de TV. Eleições batendo à porta (15 de novembro de 2020 – 1º turno). Insiste Sancho: Dois grandes perigos para a sociedade: bêbados com carteira de motorista e idiotas com título de eleitor. ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2020: “Estamos em ano eleitoral. Vale a pena lembrar que um povo que vota nas coxas acaba tomando na bunda.”

PS 666: Sedução infernal – Agradeço ao fubânico LouisCiffer por ter enviado para minha humilde mansão, como presente de aniversário, a bela garota de programa Lilith, com uma caixa de viagra e um contrato sobre vender a alma a troco de dois bilhões de euros; não entendi direito, mas (çábiu mas), lerei com atenção.

PS 1000: A Pfizer é “phodda bagarai” – pau duro com viagra e vacina para os simpáticos velhinhos fubânicos poderem “curtir a vida adoidado” (filmaço: Ferris Bueller’s Day Off). Pfizer anunció que su vacuna previene el covid-19 en más del 90% de los casos. En los primeros análisis de la fase de 3 de estudios, el laboratorio estadounidense y la firma BioNTech indicaron que ese nivel de protección fue alcanzado 28 días después de la primera dosis y siete días después de la segunda aplicación.

PS 1313: Dupla Moro-Huck para 2022: “É a junção da Lata Velha com a Lava Jato e o Paulo Guedes. O Brasil é bem maior”, afirmou a presidente nacional do PT, deputada federal pelo Paraná e dona do coração de Sancho (Sancho hoje está muito vermelho, não é mesmo, Famigerado, Vermelhão, Francisco e Goiano?). «Só há duas possibilidades de escaparmos ao erro: admitirmos a vulnerabilidade de toda a opinião e o direito à incoerência.» Maria Fernanda de Faria e Castro Botelho, A Gata e a Fábula (1960), p. 196, Ed. Bertrand, 1973 (4.ª edição). Eis um 2020 muito estranho… Sancho aplaude de pé (clap, clap, clap) Kamala Harris (Kamala Devi Harris – Oakland, Califórnia, 20 de outubro de 1964). Gosto de grandes enxadristas…Sem ela daria Trump. E para chegar ao cúmulo e às raias da loucura neste ano estranhíssimo, Sancho rende homengens ao comunista Modesto de Souza… (Sancho prestando homenagem a um comunista? Tô besta…) Um alagoano maravilhoso – Modesto de Souza Bittencourt, o bravo soldado Schweik, nasceu no dia 13 de novembro de 1894 em São Miguel do Campo, Alagoas. Beijão, Gleisi!!!!!!

PS 1.000.000.000: Você gosta de Sancho, Dom Quixote e Cervantes? El “Quijote”: todo sobre el festival que recorre la obra de Cervantes – XII Jornadas Cervantinas en Azul (2020) – Desde el año 2007 se vienen celebrando las Jornadas Cervantinas en Azul: Quijote en Azul. Todos los años, ya sean las Jornadas Académicas o las Jornadas Educativas inauguradas el año pasado, Azul se ha convertido en un punto de encuentro de estudiosos y estudiantes de la obra cervantina y de la lectura y enseñanza de los clásicos. Este año, a pesar de la pandemia mundial del COVID 19, no queríamos que se rompiera este hilo con nuestro pasado para poder comprender mejor el presente y proyectarnos con fuerza en el futuro. Del 9 al 19 de noviembre de 2020 – XII Jornadas Cervantinas en Azul (2020)

PS 2.000.000.000: Você conhece o sessentão e fubânico Cebolácio Menezes da Silva Júnior? – Cebolinha 60 anos – Dono da “Lua” (se notabilizou por pronunciar de forma errada – ou “elada” – as palavras com a letra “r”)…O personagem Cebolinha, uma das amadas criações de Maurício de Sousa na Turma da Mônica, completou 60 neste 2020. Surgido em 1960 como um coadjuvante nas tirinhas de Bidu e Franjinha, o filho de Seu Cebola e Dona Cebola virou protagonista ao lado da “dentuça”.

SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

FOLLOW ME

Mónica tirou o quimono e começou a dançar como se tivesse um leque nas mãos. O corpo de Mónica era tão perfeito e os seus movimentos tão naturais que ele, deslumbrado, não conseguia tirar os olhos dela. (…) Nades, nádegas, nática, natura. Vendo em que parte do seu corpo os olhos de Lima Prado se fixavam mais tempo, Mónica parou, aproximou-se e, virando de costas, perguntou:“Você quer passar a mão?”(Rubem Fonseca, A Grande Arte (1983), ed. port. Campo das Letras).

¿Quién dijo que la palabra escrita no es mágica? Escrevo aqui às sextas, pois é preciso ter sempre qualquer coisa sensacional para vocês lerem às sextas, não é mesmo, fidelíssimos leitores!? “Jeg elsker deg”. É incômodo viver depois de se descobrir que se é estúpido. Há quem leve menos tempo. Há quem descubra isso num átimo. Há quem demore toda uma vida… É o caso de Sancho? Não, Sancho sempre conheceu sua própria estultice.

E meu amigo Ronald Mc Trump voltou a ser apenas um biliardário cidadão estadunidense? Jingle bells e, coiso para todos. Haja alguém que me explique a Trump e Jair… Sancho quer fugir do calor do socialista Brasil para o calor dos corpos de belas norueguesas nas sempres geladas cidades de tal país.

E «os insignificantes flutuam ao vento contínuo de Deus» Os Insignificantes, A estrada Branca – José Tolentino Mendonça agora passou a ser meu livro de cabeceira neste estranho 2020. O melhor de 2020 (houve algo de bom em 2020?) estava no meu caderno que escrevi em norueguês, que perdi num táxi, em Madrid, anotações precisas (e agora imprecisas) da minha última estada norueguesa. Por incrível que pareça o encontrei quando desci, dois meses depois, em Amsterdam. Por culpa do corpo escultural de minha professora daquele belo idioma li de cabo a pavio e nada entendi do que escrevi. Phodda-se, então, 2020, um ano inútil como nenhum outro.

«Em 1969 deixei o álcool e as mulheres. Foram os piores vinte minutos da minha vida» George Best. Em 2020 tentei igual façanha sem sucesso algum… Ah, Aldhild, Aldhild… Minha norueguesa Audhild Wregoriusdotter Zotevatn possuía atributos físicos e intelectuais de cair o queixo. Audhild era fisicamente tão espetacular que se o comediante Bob Hope (Leslie Townes Hope) a tivesse conhecido afirmaria que os pais da moça deveriam receber o Prêmio Nobel de Arquitetura. Já conhecestes uma menina marxista, darwinista, nietzschiana e freudiana com um corpo de Valkyrja (em nórdico antigo) tudo junto e misturado em uma única fêmea humana?

«[…] o homem é uma solidão que aspira a realizar uma companhia e uma comunhão.» Manuel Antunes, «Porque se lêem romances» (1966). Pergunta-me Chupicleide se quero escrever sobre «o amor». Neste momento, recordando frase de “minha norueguesa”, preferia escrever sobre o número zero de casos de covid-19 em North Korea do que escrever sobre «o amor».

Recordo frase de Audhild que me desconcertou quando consegui traduzir: «eu gosto de ser bem phoddida». Sim, ela escreveu isto em meu caderno de anotações em sua lingua pátria. Hoje em dia uma mulher perdoa tudo a um homem, até cartão de crédito sem significativa quantia de limite, mas (broxante mas), não perdoa ser mal phoddida. Abençoadas sois vós entre as mulheres.

Sancho está, desde o início do ano, estudando norueguês com uma loirinha linda, de olhos verdes, peitões tipo melão, voz aveludada, pernas que são uma loucura, sorriso encantador. Vou ter que demití-la, pois com tantos atributos, fico desconcentrado e não aprendi porra nenhuma até agora (Natal chegando).

E o tempo urge… tic, tac, tic, tac…E o navio rumo à gélida Escandinávia apita no porto. Olho ao longe e parece-me ver, no convés, a imponente figura de Adônis Oliveira (“L’Homme Révolté”). Adônis (parte o gigante após estremecer a noite de quinta-feira no Cabaré do Tio Berto ou CAbalístico-BAlanceado-RÉcio-DOminador-aBERTO), miragem ou Papai Noel desistindo do Natal e retornando à imensidão gelada?

PS 10: Sancho não poderia deixar passar em branco este 6 de novembro… Em um dia igual ao de hoje nasceu no Porto (6 de novembro de 1919) Sophia de Mello Breyner Andresen – uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX. Foi a primeira mulher portuguesa a receber o mais importante galardão literário da língua portuguesa, o Prémio Camões, em 1999. “E no quadro sensível do poema vejo para onde vou, reconheço o meu caminho, o meu reino, a minha vida.” – Sophia de Mello Breyner Andresen.

PS 51: Povo ingrato? No raiar de novembro São Paulo teve ato CONTRA governador João Doria e obrigatoriedade da vacina. Em frente ao MASP manifestantes protestaram contra o que chamaram de “vachina”. A hashtag #ForaDoria alçou os assuntos mais comentados do Twitter no dia 1 de novembro de 2020. No dia seguinte seria “Finados”…

PS 69: O corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Luis Felipe Salomão, liberou para julgamento ação que pede a cassação da chapa de Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão nas eleições de 2018 (supostas irregularidades na contratação do serviço de disparos em massa de mensagens via WhatsApp durante a campanha presidencial). Trump ou Biden? Deu… Dúvidas pairam no ar? Eu vi e não gostei. Você veja. Eu já vi, parei de ver. Voltei a ver e a não gostar e acho que o Biden teve essa capacidade de fazer a gente olhar a esquerda em festa em todos os recantos do mundo. Ainda não deu. O assarapantado Sancho anda mais sofrido que joelho de freira em semana santa, tchê! Torce por Ronald Mc Trump e Bozo/Mourão… Roubaram o Mac Trump? Não sei… Boas e más línguas dizem isso e aquilo. Será a Suprema Corte a decidir? “Harará” recontagem dos votos? Famigerado, Goiano e Francisco possivelmente comemoraram e gritaram em uníssono:“Estoy contentísimo pero siempre se puede mejorar. Fuera, Bolsonaro!!!!!” Quem será o presidente? Bolsonaro ou Haddad? Biden ou Trump? Vai ter VAR E TAPETÃO? Por agora só temos muitas ?????????????

PS 171: Da série sanchiana “tem gente que deveria ser proibida de morrer”… Aí é muita sacanagem… No Brasil temos fulano, sicrano e beltrano (o nome dos tranqueiras é você quem coloca – dá para elencar milhares de tranqueiras)… E quem morre é o Louro José. Aí, camarada Deus, Você me deixou sem palavras. E para deixar Sancho mais triste…Lanfranco Aldo Ricardo Vaselli Cortelline Rossi, ou apenas Lan, reuniar-se-á (valeu, Michel Temer!!!) a partir de hoje com a turma do Pasquim em alguma nuvem celestial…

PS 666: PREOCUPANTE – A Fábrica de Cretinos Digitais. Este é o título do último livro do neurocientista francês Michel Desmurget. As evidências são palpáveis: já há um tempo que o testes de QI têm apontado que as novas gerações são menos inteligentes que anteriores. Vários estudos têm mostrado que quando o uso de televisão ou videogame aumenta, o QI e o desenvolvimento cognitivo diminuem. Recorro aos Titãs… ♫ ♬ ♩ A televisão me deixou burro, muito burro demais / Agora todas coisas que eu penso me parecem iguais♫ ♬ ♩. En su libro Michel Desmurget cita varios estudios científicos que han probado como el QI ha comenzado a descender en países como Francia, Holanda, Finlandia, Noruega y Dinamarca. Para fundamentar su exposición, el experto cita a Mark Bauerlein, profesor de la Universidad Emory en Atlanta (Georgia), que sostiene que esta es la generación más estúpida que haya habido nunca…

PS 1000: Tanti Auguri… ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho deseja Feliz Cumpleaños a Xabiani Ponce de León (Oaxaca de Juárez, México, 6 de novembro de 1993) – amigo de nosso Rodrigo de León; Pål Sverre Valheim Hagen (Stavanger, Noruega, 6 de novembro de 1980) e à belíssima Emily Jean Stone (Scottsdale, Estados Unidos, 6 de novembro de 1988).

PS 1313: O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, será o relator do julgamento, que seria dia 11 de novembro, da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5.688 apresentada pelo PSOL (O presidente do STF, Luiz Fux, retirou da pauta do próximo dia 11 a ação). A ADI feita pelo partido tem a finalidade de impor a obrigatoriedade do ensino da Teoria de Gênero no currículo escolar. No tempo de Sancho crianças iam à escola aprender Português, Matemática, História, Geografia, Inglês (Francês) e Música.

SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

ALGUIEN TIENE QUE MORIR

«Em todo o homem há o homem e o fantasma, e o fantasma é que é o nosso verdadeiro ser.» Raul Brandão, El-Rei Junot (1912), p. 29 Ed. Círculo de Leitores, 1991. Colecção Obras Completas de Raul Brandão, n.º 4.

Como minha coluna é publicada às sextas nesta gazeta escrota, estou preso antes do Halloween e Finados. Trick or treat! Cómo se nota es Hallowe’en. Ya han salido los fantasmas a darse el paseo.

“El principio del fin”…Tem gente que deveria ser proibida de morrer escreve sempre Sancho – Senão, vejamos: «Só sou se sendo sou sido»… Como não se apaixonar por Ana Cristina Cesar após ler tal curtíssima frase de alguém tão maravilhosa e que viveu tão pouco tempo entre nós? Pergunto, ainda, como não se apaixonar por Firmin?

Halloween y Finados – My fight is over… Vai haver eleições? Ah pois vai! E já se sabe o dia – a diária consulta nas pesquisas (terror e morte de alguns) vai ser para grande gosto de uns e certo desespero de outros. Firmin dijo: “morir mil muertes distintas” y eso le provoca la extraña sensación de que “cuando muera de verdad será un aburrimiento”.

Seu nome é Luiz Berto Filho, mas (apresentativo mas), como diria o Sancho, as apresentações se fazem totalmente desnecessárias, pois até o tal “Berto” glio, ops, Bergoglio o sabe. Todos no UNIVERSO sabem quem é o gajo, apesar de que muitos de vocês não façam a mínima ideia de quem seja Jorge Mario Bergoglio. Esqueçamos o argentino e falemos do que e de quem realmente interessa.

Recebeu Berto missiva de uma senhora lá de Desengano dizendo que um dos internos do asilo Nossa Senhora da Reza Brava queria porque queria falar com o grande Berto. Tentando uma “filer à l’anglaise”, isto é, “sair à inglesa”, alegando que seria impossível deslocar-se até o local, pois estava no Recife e Desengano fica em Deus me livre, no cu do mundo, onde Iscariotes perdeu as sandálias e que por causa do covidão ainda não era prudente um senhor de sua idade deslocar-se até tal lonjura.

A freira, sim tratava-se de uma, perguntou se professava alguma fé e que seria uma ação caritosa se fosse despedir-se de um amigo que estava no leito de morte. Gelou. Um amigo a morrer? Ela disse seu nome de batismo. Um nome que não o fazia lembrar bulhufas.

Desculpou-se e desligou o telefone. A partir daí não mais dormiu, pois a culpa (mea culpa, mea maxima culpa) começou a acompanhá-lo. E se fosse algum parente, algum amigo de infância que a memória não mais confiável apagara? Procurou na sábia Aline os conselhos que nunca lhe negara.

Dois dias depois, após arrumar as coisas fubânicas para nada atrasar, rumou no seu fusca67 para Desengano City, um brejo perdido em Valença-RJ. Viagem longa, cansativa, esburacada.

Como a cidade é menor do que a palma de sua mão e três perguntas depois, que foram respondidas por simpática gente do lugar, chegou ao asilo, que ficava na estrada para Barão de Vassouras. Procurou a freira, a irmã Caridade de Deus, que na verdade se titulara na pia batismal Catharina das Neves Azevedo, que o levou à ala psiquiátrica do asilo.

El sol puede morir y volver a nacer; pero nosotros una vez apagada nuestra breve claridad, hemos de morir una sola y eterna noche (Catulo). Foi de cortar o coração encontrar o nosso Sancho – nació bendecido por la belleza – transformado em puro trapo humano, feito um João Batista em seus últimos instantes no calabouço de Herodes Antipas (Machaerus: Beyond the Beheading of John the Baptist), jogado ao solo, olhos esbugalhados olhando nos seus.

“Só se leva da vida, a vida que se leva”…Um brilho afastou a demência final daqueles olhos verdes (coisa totalmente inútil em gente feia) e ele com voz sumida, quase inaudível, disse “Mi vida nunca me perteneció, estaba trazada desde que nací”. Las últimas palabras de Sancho, dichas a su patrón, fueron: “Diles que mi vida fue maravillosa”… Como conter as lágrimas? Foram estas as últimas palavras do nosso operário da palavra.

Sem família, sem amigos, puro abandono. Com a verba para as coisas de Polodoro, Xolinha e Chupicleide, que irão certamente entender o gesto, cuidou de entregar nosso velho Sancho a sua última morada; que a terra lhe seja leve. Em seu epitáfio colocou a frase que pediu o moribundo: “Que conste que yo no quería”. Fez Berto última oração endereçada aos céus e partiu.

Recife fica muito longe… Adeus – Esta palavrinha pequenina e com tanto significado nasceu como frase. Era proferida pelos padres para recomendar as almas dos desvalidos aos cuidados do TODO PODEROSO. “Eu te recomendo a Deus”, diziam os curas no leito terminal. Foram abreviando, abreviando e ficou ADEUS – Adeus, Sancho.

Tomamos conhecimento de que alguém «conhecido» morreu e isso é quase sempre apenas uma notícia. E depois há uns quantos cuja morte realmente lamentamos. Ninguém lamentará o fim (the end, fundi, bitiş, ende, konie, ckraj, final, lõpp, loppu, fin, diwedd,τέλος, eindigen, vége) de Sancho. É para Sancho ser lido pela sua “obra” (que obra?) ou pelas suas inclinações político-ideológicas?

O fato é que havia em torno dele muita onda, e chegou-se a inventar que possuía algum talento. Era “lento”, faltava o “ta”. Enfim, era fubânico (“Está morto, podemos elogiá-lo à vontade”. Machado de Assis). Já não era sem tempo e que a redação nunca lhe foi leve é pura verdade. Mas o que foi leve não foi a terra pesada, estímulo dos devaneios da vontade. Foi o fogo sutil, levíssimo e vigoroso, que consumiu sua roupa, sua calva, seus sapatos, sua magrelice, suas carnes insossas e seus ossos frágeis. Incineraram o retardado, para alegria do Joel, o cruel.

Una agonía innecesaria…Virando rapidamente cinza, posta a seguir num saquinho de plástico com o seu nome, a data da morte e a da cremação. Enquanto isso, havia outros seres que pensavam nele com uma tristeza de amigos mudos: os amados livros, seus companheiros de claustro. Al fin y al cabo, por encima de todo era inglés, of course!!!!

Será seu consolo o pranto mudo dos livros pelo amigo pulverizado, que os amou desde menino. Sancho, não sendo Fênix, não renascerá das cinzas a que está sendo reduzido, ao contrário deles, que de algum modo, viverão para sempre a cada nova edição… Yu gonplei odon ste (beijão, Okteivia kom Skaikru. Impossível não te amar).

PS 10: “¡que Dios nos coja confesados!” – Este texto homenageia o señor Joel, feroz crítico dos péssimos textos do falecido Sancho. Este texto homenageia, ainda, Samuel Phillips Savage, alguém muito especial que presenteou a meus olhos a maravilhosa Firmin…

PS 51: Por São Raulzito das urnas perdidas… Se as pesquisas eleitorais (alguém confia em pesquisas eleitorais?) estiverem certas… 1… 2… 3… 4…5… Onde é que vocês pensam que vão? / Plunct Plact Zum / Não vai a lugar nenhum!! Aquela senhora querendo ser prefeita em Sampa? Adversários do Greca em Curitiba? Adversários do Khalil em BH? / Plunct Plact Zum / Não vai a lugar nenhum!!! / Tem que ser selado, registrado, carimbado / Avaliado, rotulado se quiser voar! Plunct Plact Zum / Não vai a lugar nenhum… Alguém poderá dizer sobre pesquisas: diziam alguns institutos de pesquisa que Bolsonaro não seria presidente. Aguardemos, pois o jogo é jogado e o lambari é pescado.

PS 69: Chegando novembro, o novembro azul já está na moda; que cada “velhinho” fubânico procure um urologista para chamar de seu. Sancho, agora morto, não mais passará por isto…Dica sanchiana: recomendo médicos que sejam de ascendência asiática, por possuirem tais doutores mãos e “dedos” menores.

PS 171: Acabou a pandemia? El dictador venezolano dijo que encontraron una cura para la enfermedad. Disse Maduro: “Venezuela ha conseguido una medicina que anula 100 por 100 el coronavirus”.

PS 666: Três grande notícias cinematográficas… El 31 de diciembre… la cuarta y última parte de la serie de Las escalofriantes aventuras de Sabrina.”The Batman” está dirigida por Matt Reeves y tiene un reparto espectacular encabezado por Robert Pattinson, Zöe Kravitz, Paul Dano, Andy Serkis, Colin Farrell, Peter Sarsgaard, Jeffrey Wright, John Turturro, Charlie Carver, Max Carver y Con O’Neill. La película The Batman se estrenará el 4 de marzo de 2022. Black Panther 2 – Rumores… E o manto do Pantera será dado a sua irmã? (Chadwick Boseman tendrá un homenaje al principio de la película.) debe estrenarse el 22 de abril de 2022. Elenco: Lupita Nyong’o (Nakia), Danai Gurira (Okoye), Martin Freeman (Everett K. Ross), Daniel Kaluuya (W’Kabi), Letitia Wright (Black Panther) y Winston Duke (M’Baku).

PS 1000: Tanti Auguri… ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho, se vivo estivesse, desejaria Feliz Cumpleaños a Diego Armando Maradona Franco (Lanús, 30 de outubro de 1960). Messi é melhor futebolisticamente do que foi El Pibe de Oro. Mas (boleiro mas); falta ao “rosarino” uma Copa do Mundo, o tesão, o drama e a emoção encontradas na genialidade de Diego (Dieguito, El Pibe de Oro, El Diez, Pelusa, Barrilete Cósmico, El Diego, D10S).

PS 1313: “Sco Pa Tu Manaa” – Enquanto isto, em Santa Catarina, para felicidade sanchiana…“Justiça é: Moisés sai, Daniela fica!” – Eis a nova governadora de Santa Catarina. Disse Daniela Reinehr: “É uma honra, mas uma responsabilidade muito grande, e o fato de ser a primeira mulher [a governar Santa Catarina] aumenta ainda mais essa responsabilidade. Tenho que honrar essa missão”.

SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

MARIAS BONITAS

“Viu o filho à frente dos cangaceiros, de chapéu de couro, de rifle às costas, de punhal atravessado. Os cabras encheram as latadas de risadas, de pabulagens, de histórias de briga. Aparício chegou-se à latada da mãe e tomou-lhe a bênção, manso como um cordeiro.” José Lins do Rego, Cangaceiros (1953)

O Quixote Véi di Guerra deu seta, diminuiu a velocidade e parou no acostamento na conexão entre Ipueiras e Ararendá, pela CE-189 (Rodovia José Mariano Filho), onde deixou as rodadas e já um tanto quanto démodé quengas Margot e Mercedita (ótimos boquetes)… Beijo na boca não houve. Apenas a paga do combinado e um tapa carinhoso no “derrière” de ambas.

Gostaria Sancho que hoje fosse dia 28 de outubro. Como o escritor é o dono da palavra, hoje fez-se 28 de outubro. Sim, hoje é 28 de outubro (apenas porque Sancho precisa que hoje seja 28 de outubro)… Puede parecer una novela policiaca, pero no. Imaginem os senhores, desocupados leitores, era uma galinha, não a homenageada, que sempre foi uma Dama da Sociedade, mas (inocente mas), uma galinha de brinquedo que Sancho tinha nas mãos. Amarela, com bico, pés e crista de cor vermelha e, pasmem, botava ovos. Só três, mas botava!

Sancho, engalanara-se como Der Weihnachtsmann (Père Noël) naquele dia 28 de outubro do ano da graça de 2020, para presentear a filha da terra, a dona de Ipueiras (Membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, da Academia dos Cordelistas do Crato, da Academia Ipuense de Letras, Ciências e Artes, promotora do Encontro Nacional de Poetas e Cordelistas de Ipueiras, e madrinha da Cordelteca da Sociedade dos Poetas de Barbalha), com a tal galinha, que havia comprado de um mascate, seu Marcos André M. Cavalcanti, que fazia trecho nas estradas da terra de Padim Ciço.

Aproximava-se o sacolejante Quixote Véi di Guerra da cidade rodeada por morros e serrotes em perfeita forma de ferradura, onde se destacam o Morro do Açude, Morro dos Frios, Morro do Saquinho e do Cristo, onde imponente, surge o Redentor, quando, na curva da ferradura, o bando de Virgulino, uns 20 cabras de coragem e valentia a toda prova, emboscou o caminhoneiro.

‘Os homens do cangaço espalhavam fama, violência e aplicavam um conceito muito particular de justiça em sete estados do Nordeste: Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia.’ (Ângelo Osmiro Barreto in Iconografia do Cangaço, 2012).

Imaginem o perrengue. Morreria Sancho na poeira daquele “encantador e quente fim de mundo”? Mas (proseador mas), Sancho era bom de papo. Chamou Maria Bonita de lado, mostrou a galinha, contou a história e, com a nova amizade conquistada, a bênção de Padim Ciço e ordem de Lampião, seguiu em seu intento de presentear a aniversariante.

Era sexta e Sancho resolveu comprar guloseimas que a moça de Ipueiras amava, como bolo manzape de feira (um inesquecível bolo embrulhado na palha da bananeira, amassado com os pés por “Goiano de León”). Pediu dois e seguiu caminho; na esquina do Simão comprou oricuri, na esquina do Guarani, picolé de abacate de dona Joaninha.

Sancho estava nervoso. Estava quente (e quando não está quente no Ceará?) entrou na bodega do Nicacio, “point” dos estudantes do colégio Otacílio Mota. Pediu uma pinga para dar coragem (os litros transparentes cheios de cachaça com um caju que boiava magicamente em meio ao liquido deixou Sancho fascinado, e ao mesmo tempo intrigado com o feito, por não entender como a fruta entrara ali). Merendou pão recheado com doce de leite. Foi aí que “desandou a maionese”.

O bando “Los Fubânicos” do perigosíssimo Berto Lamparina e de Aline Bonita entrou no local e a segunda dama do cangaço, a primeira era a agora “amiga” de Sancho, a Maria Bonita de Virgulino, não gostou do jeito “sulista” de Pancho, que tomou cascudo, perdeu dois dentes e teve confiscado todos os mimos com que iria presentear Dalinha.

Berto Lamparina despachou Sancho com destino a São Paulo, com ameaçadora voz de trovão: “Não apareça mais por essas bandas, seu cabra frouxo”, pois da próxima irá acertar as contas com Polodoro. E diga para o Lula que ele terá nosso voto em 2022″.

Em seguida, três jagunços, uns tais Cícero, Arthur e Beni, os perigosíssimos irmãos Tavares, agarraram Sancho pelos fundilhos, colocaram o assustado cabra no Quixote, que saiu em disparada aceleração, levantando poeira. Nunca mais se ouviria falar na triste figura, que na fuga, deixara cair um papel, onde se podia ler:

És Dalinha, és da lida.
És cria do Sertão.
Devota de São Francisco
E de Padre Cícero Romão.

Em pleno calor de final de outubro, o sertão com sua paisagem já amarelada passando a um marrom acinzentado, típico dos tempos secos, aparecem, em puro contraste com a fartura de árvores ressequidas, os verdes cajueiros. A fartura das castanhas assadas em pedaços de flandres furados se via nas mãos da garotada e o cheirinho especial de caju invadindo toda a cidade fez Berto Lamparina olhar para debaixo de um cajuzeiro, onde dois filhos da família Jomes, poderosos por aquelas paragens, riam, montados em suas retroescavadeiras.

Berto Lamparina não “curtia” os Jomes. No pouco tempo disponível em suas andanças, “curtia” os fubânicos de seu Nordeste. Pero éstes fubânicos tienen algo, un “nosequéquequésey”o que los hacen increíbles.

Se Sancho se perdeu na poeira e o jogo de castanhas se perdeu no tempo, o doce de caju, o suco, a cajuína, a castanha assada, a cachaça com caju estão aí a nos dizer que sempre haverá tempo de Xico Bizerra, Jesus de Ritinha de Miúdo, Berto, Cícero Tavares, Severino Souto, Zé Ramos, Jessier, Violante Pimentel, caju e de Catunda em nosso querido Nordeste, não importa dia, mês e ano.

PS 10: Tanti Auguri… ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho deseja Feliz Cumpleaños à belíssima cearense Maria de Lourdes Aragão Catunda (Ipueiras, 28 de outubro de 19..).

PS 51: Paula Marisa está concorrendo a Vereadora em Canoas-RS. Paula Marisa – 28000 vereadora/ Canoas RS. A campanha não para de crescer! Rumo a vitória!!!!! O povo de Canoas está #FechadoComPaulaMarisa

PS 69: El reboot de Resident Evil – elenco: Kaya Scodelario (El Corredor del Laberinto), Hannah John-Kamen (Ant-Man y la Avispa) y Robbie Amell (The Flash) serán las estrellas de la nueva versión de Resident Evil. Para completar la producción, también se suman Tom Hopper (The Umbrella Academy ), Avan Jogia (Zombieland: Mata y remata) y Neal McDonough (Hermanos de sangre). ¿Cuándo? La nueva adaptación de Resident Evil llegará en principio en algún momento de 2021.

PS 171: Wonder Woman 1984 ¿Cuándo llegará a cines? Patricia Lea Jenkins agregó que tiene “muchas esperanzas” de que Wonder Woman 1984 se estrene el día de Navidad como estaba planeado y dijo: “Es increíblemente surrealista. La mayor surrealidad al respecto es que se supone que es una aventura, ¿verdad? Te registras en la película, escribes la película, diriges la película, haces la película y la película sale“En lugar de eso, pasé tres años haciendo una cosa, siete días a la semana, y luego me quedé sin nada”, concluyó Jenkins. “No hay evidencia de ese trabajo”.

PS 666: La temporada 2 de The Witcher – The Witcher de Netflix destacan Henry Cavill (Geralt de Rivia), Anya Chalotra (Yennefer), Freya Allan (Ciri), Jodhi May (Calanthe), Björn Hlynur Haraldsson (Eist), Adam Levy (Mousesack), MyAnna Buring (Tissaia), Mimi Ndiweni (Fringilla) , Therica Wilson-Read (Sabrina), Emma Appleton (Renfri), Eamon Farren (Cahir), Joey Batey (Jaskier), Lars Mikkelsen (Stregobor), Royce Pierreson (Istredd), Maciej Musiał (Sir Lazlo), Wilson Radjou-Pujalte (Dara) y Anna Shaffer como Triss.

PS 1000: Tanti Auguri… ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho deseja Feliz Cumpleaños à Emilia Isobel Euphemia Rose Clarke (Londres, 23 de outubro de 1986), mas (íntimo mas), pode chamar de Rainha Daenerys Targaryen e a um craque apelidado Gasolina ¿es el mejor de la historia? Cumple hoy, viernes, 23 de octubre, 80 años redondos. A sus 80, sigue siendo comparado con Di Stéfano, Cruyff, Maradona, Messi y Cristiano. No hubo otro como el… Edson Arantes do Nascimento (Três Corações, 23 de outubro de 1940), mas (plebeu mas), pode chamar de Gasolina ou Dico. Ah, Rei do Futebol também está de bom tamanho.

PS 1313: “Sco Pa Tu Manaa” – Enquanto isto, na Argentina de Messi, Berto glio (ops, Bergoglio) e Maradona…El dólar libre sube a un nuevo récord de $188.

SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

A MAN

“Suba o primeiro degrau com fé. Não é necessário que você veja toda a escada. Apenas dê o primeiro passo.” Martin Luther King

A realidade esmurrou-me o rosto quando, na quinta fubânica da semana passada (como são fantásticas as nossas quintas feiras), o palestrante Marcos André perguntou quem de nós tinha livro publicado…O murro levou-me à adolescência. Começa o sonho em meados de 1980, quando uma amante de meu pai da época do futebol, lhe escreveu dizendo que queria visitar a aldeia e que presente gostaria que lhe levasse.

Respondeu-lhe Nelson que trouxesse uma máquina de escrever, “o sonho do guri”, e assim me vi eu com uma portátil (não recordo a marca) em que tanto e tão furiosamente escrevi, que poucos meses depois não havia mais tinta na fita rubro-negra. Mágica era a ilusão de que aquelas letras me fariam ver impresso um livro meu, mas nem de longe imaginava que seria sonho, jamais realidade.

“Tudo é político”. Era isto que Polodoro sempre diz. Era esta visão além do alcance que sempre admirei no auxiliar de Berto. Hoje, mais que ontem, tudo é político, tudo é política. Os de extrema-esquerda chamam-me imbecil. Os que se dizem moderados de esquerda acham que estou estúpido. A ambos dou razão. Mas (raivoso mas), a caravana passa… Os de direita nada dizem, porque direita não há no Brasil. Todo dia Sancho passa as noites em claro esperando a madrugada para pegar seu caminhão, seus cocos e chegar à Baixada Santista para distribuí-los pelos quiosques nas praias ouvindo o ladrar dos cães.

A insônia o atormenta desde que saíra do maravilhoso Exército Brasileiro para ganhar as estradas da vida com seu caminhão. Toda noite em quase 30 anos de estrada teima com o sono, que jamais aparece. Pega lápis e folhas de papel e deixa ali cravadas histórias e mais histórias até o momento em que o relógio avisa que é hora de ganhar o pão.

O Alienista (1882) é uma sátira de Machado de Assis à ciência? Deixemos o “machado” fincado na porta e vamos para outro manicômio…O dr. Bertão Bertamarte, sentindo na boca um gosto de corrimão-de-cabaré, decide trancafiar no seu manicômio, o JBF, qualquer indivíduo que exiba comportamento insano de qualquer natureza. Ele constata então que ninguém é normal, e que pelo andar da carruagem todos os que acessam o viciante Jornal da Besta Fubana terão que ser internados. Um dia far-lhe-ão justiça.

Possuía Sancho uma coleção de gibis com mais de 5000 exemplares com aventuras de super-heróis. Teve uma brilhante ideia. Abriu a geladeira e furou o congelador com uma tesoura. De imediato, libertou-se um gás, que, ao que me explicou o técnico em refrigeração, possui papel importante no sistema de refrigeração, o qual, o retardado inalou durante alguns minutos. Agora é só esperar a manifestação de algum super poder.

Aguardo impacientemente, desde então, que os super-poderes, como capacidade de voar, visão raio-x para ver mulheres peladas (ops, para encontrar vilões escondidos atrás de de paredes) e o sopro gelado para congelar políticos safados e transformar o espelho de água das piscinas em ringue de patinação), se comecem a manifestar ainda esta semana, afinal, o mundo está repleto de vilões malvadões. Quem sabe eu possa impedir o tal K de assumir.

Imaginem o Super Sancho sobrevoando a Amazônia e o Pantanal em chamas apagando com sopro gelado focos de incêndio, salvando girafas amazônicas, elefantes do pantanal, pinguins do cerrado, tigres dentes de sabre, mamutes e até a fênix dourada, para aplausos da tal Greta.

Às vezes é trágico. A história a ser escrita à nossa frente, tão perto que temos dificuldade em ler, tão perto que não é história, nem está escrita e jamais será escrita. Inúmeras vezes chegou frente a editores famosos que nunca publicaram seus livros, pois Sancho possui o maior de todos os defeitos de um escritor: Sancho é de direita em um mundo editorial simpático à esquerda, em um país onde direita é ficção.

Três livros escreveu, várias mãos apertou e nenhuma lhe estendeu o tão desejado contrato para a publicação de nenhum deles. A decepção o levou aos bares da vida, onde afoga em álcool as decepções pelos livros que nunca serão publicados, pois o lixeiro levou para destino ignorado os manuscritos para sempre perdidos. Nos braços da putas também procura o consolo pelo livro que não terá seu nome nas livrarias, no sebos, nas bancas de jornais, nas resenhas de blogs de literatura.

A pior coisa que há é o insuflar das expectativas. Nunca nada está ainda contado. Que bom. Que ninguém “prigunte” que mais irá “acontecê”?! Porque vai. Ô se vai…! Tem saído Sancho todas as noites a percorrer puteiros e similares em busca do tal “ponto G”. Há de sair do prazer feminino o livro que o levará aos holofotes, às entrevistas, ao sucesso e às livrarias.

Em seus importantíssimos estudos verificou “in loco” que infelizmente o tal ponto por ele não foi detectado e nenhuma de suas solícitas companheiras de jornada souberam confirmar tal teoria. Há algum viandante letrado, alguma alma lida que por aqui se aventure e que queira pegar no desafio para me auxiliar em minha aprazível jornada? Isn’t it ironic? Don’t you think?

PS 10: Tanti Auguri… ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho deseja Feliz Cumpleaños à belíssima carioca Arlette Pinheiro Monteiro Torres (Rio de Janeiro, 16 de outubro de 1929). Dona Arlette foi galardoada com a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito, cinco vezes galardoada com o Prêmio Molière, ganhou ainda o Urso de Prata no Festival de Berlim de 1998 pela interpretação de “Dora” no filme Central do Brasil de Walter Salles, o que valeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz em 1999 e ao Globo de Ouro de melhor atriz em filme dramático. Seu único defeito, aos olhos de Sancho, é que entre Bolsonaro e Lula crê que ela não possui nenhuma dúvida, o que prova que ninguém é perfeito.

PS 51: Paula Marisa está concorrendo a Vereadora em Canoas-RS. Paula Marisa – 28000 vereadora/ Canoas RS. A campanha não para de crescer! Rumo a vitória!!!!! Crê Sancho que o povo de Canoas está #FechadoComPaulaMarisa

PS 69: Pandêmico a virar endêmico? El COVID-19 podría dejar de ser pandemia y volverse endémico – Hans Heesterbeek, Catedrático de Epidemiología Teórica de la Universidad de Utrecht, abre una posible ventana para esclarecer: “Según la experiencia con otras infecciones -explica-, hay pocas razones para creer que el SARS-CoV-2 desaparecerá pronto, incluso cuando las vacunas estén disponibles. No sabemos cuánto tiempo durará la inmunidad contra la infección por COVID-19 -explica Heesterbeek-, o qué tan buenas serán las vacunas para proteger a las personas. Pero otros coronavirus que son endémicos en la población humana, como los que causan resfriados, solo confieren inmunidad temporal de aproximadamente un año”.

PS 171: Spider-Man 3 – Tom Holland, Tobey Maguire y Andrew Garfield juntos. Isso mesmo que você leu… Loucura, loucura, loucura… Teremos 3 homens-aranha em Spider-Man 3. Los actores Tobey Maguire, Tom Holland y Andrew Garfield repetirán sus papeles de Peter Benjamin Parker en la película Spider-Man 3, que será una auténtica locura.

Van a juntar a todos los Peter Parkers del cine, ya que Tom Holland estará acompañado de Tobey Maguire y Andrew Garfield. La forma en la que harán que regresen y den el salto al Universo Cinematográfico de Marvel todavía se desconoce, pero está claro que será algo digno de verse en los cines.

PS 666: Teoria da relatividade… O presidente Jair Bolsonaro escreveu na 4ª feira (14/10/20), no Twitter, referindo-se à política econômica da Argentina, Venezuela e de Cuba. “Existe 1 modelo econômico que conseguiu o impossível: Argentina sem carne; Venezuela sem petróleo; e Cuba sem açúcar”.

PS 1000: Simples assim… O presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, anunciou, por meio do Twitter, na 3ª feira (13/10/20), que a maravilhosa Marina Silva (aquela que as más linguas dizem que aparece de 4 em 4 anos para tentar ser eleita) foi excluída da lista de personalidades negras do órgão porque “não tem contribuição relevante para a população negra do Brasil“.

PS 1313: Capitán Cueca 2 é um novo filme em cartaz? Don’t Look Up (No mires hacia arriba) – Eleições 2020… O político mentiu? Mas (eleitoreiro mas), qual é o espalhafato? Há então os que não mentem?

SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

O TRAUMA DE “PAIM” QUEM PAGOU FOI MEU “BINGOLIM”

Meu Deus! Meu Deus! Finalmente vou escrever o que me aconteceu! Conseguirei fazê-lo? Atrever-me-ei? É coisa tão estranha, tão inexplicável, tão incompreensível, tão louca! (Guy de Maupassant, “Quem sabe?”, 1890, trad. Ondina Ferreira)

Definitiva a definição de Ariano Suassuna: “Aventura é uma coisa que é muito ruim na hora que está acontecendo, mas, depois, é boa de contar que é danada!”. Nelson dormiu com anjos…Quando acordou, esta manhã, a mesa lá no céu já estava enfeitada, florida, bela. Nelson Pança comeu nuvens e bebeu vento no desjejum?

Cá estamos então, nesta sexta-feira… A história é real, pessoal, talvez por isso me embaraça o resumi-la numas poucas linhas. Vamos a ela… Nelson Pança era português e fora craque do time juvenil do Club de Regatas Vasco da Gama. Um trauma o impediu de jogar no profissional do Expresso da Vitória.

Nelson, tinha vasto bigode e belos cabelos negros, como as noites em Trás-os-Montes, onde nascera. Um belo dia o susto. Estavam as madeixas negras a cair. O que fazer? Sua irmã Carmem o socorreu, fazendo uma touca de meia fina. O apelidaram “Meinha”.

Ia aos treinos com a touca na cabeça para ocultar as fendas que a precoce careca já deixava antever. Correu entre os times adversários que o temido artilheiro detestava o apelido, sendo excluído da Liga Carioca de Aspirantes em virtude das constantes brigas, quando o zagueiro adversário encostava e murmurava: “Meinha”. Um murro depois, lá ia mais um zagueiro procurar o dentista.

Sopapos, confusão generalizada em campo. O apelido de Meinha o fez largar a promissora carreira na Cidade Maravilhosa (sim, naquela época o Rio de Janeiro fazia juz ao apelido) e refugiar-se nos grotões de Desengano (também conhecido como o Cu do Mundo), onde esqueceu a bola, perdeu os últimos fios da bela cabeleira negra como asas de graúna e foi ser agricultor, cultivar o bigode e fazer filhos. Sancho era seu xodó e o trauma paterno brevemente iria atingir o menino.

Os mesmos cabelos de asa de graúna havia herdado, mas não o vistoso futebol. Nelson proibiu o corte e deixou os cabelos do menino crescerem, o que gerou comentários maldosos sobre a masculinidade do garoto em terra de machos de cabelos curtos.

Sin tetas no hay paraiso… Vamos dar um pulinho na infância para recordar o primeiro amor? Tinha o “cabeludo” Sancho seus punheteiros 12 anos e muita paixão por Nicinha (imaginem Paolla Oliveira com 16 anos… Nicinha era idêntica. Que coxas, que tetas, Marcos André).

Certa feita, quando a visitei, pois a bela estava adoentada (uma gripe muito forte), aconteceu algo bem parecido com… «E pelos rasgões do chambre, um seio branco, rechonchudo, com mais vergonha que se o próprio Santo António lhe publicasse os segredos, mostrava o mamilo, tão rubro, tão jucundo como o morango primeiro que pinta no morangal.» Aquilino Ribeiro, Andam Faunos pelos Bosques (1926).

“Jovencitas Pasiones” incontroladas de primeros amores… O problema, e bota problema nisso é que o pequeno Sancho e sua pequena “pistolinha” nada entendiam de mulher. E Nicinha (la chica guapa) tinha fama no pequeno lugarejo de namoradeira, com as beatas chamando a bela de “putinha perdida”.

Uma bela noite, daquelas estreladas, quando fui, como de costume, buscar minha irmã no ponto de ônibus às 23 horas (ela fazia faculdade na cidade vizinha), fui emboscado por Nicinha, que de vestidinho tomara que caia, veio com um “papo atravessado” de que me faria companhia, pois lobas más podiam me devorar naquela noite de lua cheia.

Dito e feito. A bela me atacou, partindo com “boca, tetas e mãos pecaminosas” para cima do indefeso Sancho que, aterrorizado com os seus avanços desavergonhados, para os quais a única solução instintiva de presa diante da predadora foi fugir, mesmo apesar do que eu sentia por ela: como é que eu poderia admitir que eu, macho, temia viajar por curvas das quais não conhecia os mistérios, quando ela parecia saber tudo? ¿Se recuperará algún día algo de aquel encanto que tuvo?

Uma frase de Robert Conrad, extraída do livro “o coração das trevas: O horror, o horror! O pior iria acontecer: a taradinha contou para todo mundo minha fuga, virando este pequeno trupizupe alvo de piadinhas acerca da pouca macheza do filho do bravo portuga. Tais comentários, ligeiros como rastilho de pólvora, chegaram aos ouvidos de Nelson.

Solução à moda portuga: Nelson o levou ao puteiro, solicitando à cafetina, que trouxesse ao garoto uma puta com gonorreia para servir como prova de que o garoto era macho. Doença confirmada, desfilava orgulhoso pai com seu pequeno “garanhão” pelas poucas ruas do lugarejo para a diária injeção de penicilina, sendo Sancho o primeiro de sua turma a provar as “delícias da carne mijada” e as dores da picada de agulha da temida injeção na bunda.

PS 10: Tanti Auguri… Aproveito o texto para lembrar a todos os fubânicos a inigualável e maravilhosa obra de Dalinha, que tambem tratou do assunto: Carne Mijada (Cordel de Dalinha Catunda). Muito mais de Dalinha clicando aqui

PS 51: Enquanto você ao texto lê, estarei ouvindo a mais bela voz gringa. A nacional é Elis. Dedicarei esta sexta-feira à Céline. Céline Dion (Céline Marie Claudette Dion). A música de Céline me fez recordar que o portuga arrumou confusão com a família de Nicinha, proibindo-me de falar com a bela, a quem nunca esqueci, mas (luxurioso mas), amei suas sósias nos bordéis das ruas do Loreto, da Misericórdia e da Glória, principalmen¬te nesta última, onde Madame Suzette tinha conse¬guido dar ao seu esta¬belecimento plantel de belas, cuja fama se estendia por cada recanto do Rio de Janeiro, que àquela época podia ostentar, com orgulho, a alcunha de Cidade Maravilhosa.

PS 69: Ao relembrar meu primeiro amor, a bela Nicinha, recorro a Torga – Está no Diário de Miguel Torga ( Adolfo Correia da Rocha). Copio do volume XIII: “Coimbra, 12 de Outubro de 1978 – A mulher! Não me canso de a exaltar. O que o homem é a seu lado! Um Adão inocente, um Édipo perplexo, um Otelo cego. Flor emblemática da Criação, perfumada de futilidade, só ela sabe pecar sem remorsos, procriar sem vanglória, entender sem lógica. E sofrer paradigmaticamente, já que foi sempre a Antígona heróica da grande tragédia da vida. Dona do mundo e depositária do futuro, nunca o quis parecer, sequer. Gentilmente, deixou essa presunção ao pobre companheiro que, depois de tantos milénios de convívio, continua a revolucionar os tempos, sem perceber que é ela o cordão umbilical da História.”

PS 171: 22 meses sem nenhum caso de corrupção no Governo Federal… Dica culinária: Prato novo na praça: escondidinho de lulas enraivecidas. Tá feia a coisa para a extrema-esquerda. Agora é no México e brevemente na Argentina… Al grito de ¡Fuera López! Povo nas ruas do México querendo destituir o presidente Lopes Obrador. Sábado (3/10), integrantes del Frente Nacional AntiAMLO (FRENAAA) realizaron una nueva marcha en calles de la Ciudad de México, para exigir la renuncia del presidente Andrés Manuel López Obrador (AMLO).

PS 666: Teoria da relatividade… “Mas eis a hora de partir: eu para morte, vós para a vida. Quem de nós segue o melhor rumo ninguém o sabe, exceto os deuses.” Sócrates – Ceifadora a nível mundial: A tuberculose mata, anualmente, cerca de 1,5 milhão; a diarreia infecciosa, 1,4 milhão; a Aids, 950 mil; a malária, 620 mil; as gripes comuns, 650 mil. 1,35 milhão de pessoas perdem a vida todos os anos em decorrência de acidentes de trânsito, o que significa que, em média, morre uma pessoa a cada 24 segundos. A atual pandemia está na casa do milhão de mortos. É muito ou é pouco frente a uma população de mais de 7 bilhões? E a população cresce, cresce, cresce, em um interminável crescer. Até quantos habitantes o planeta suporta alimentar e suprir a sede?

PS 1000: Não tá facil pra ninguém. Primeiro ano que não vou à Düsseldorf por causa do Covid. Antes não ia por falta de grana. Então, os comunistas da República Democrática Alemã levantaram um muro. O comunismo, assim como o muro vieram abaixo na Alemanha – Alemania celebró en 3/10/2020 (sábado) el 30.º aniversario de su reunificación. “el coraje de la gente de la antigua Alemania del este, que salió a la calle y empezó la revolución pacífica” en otoño del 1989, que marcó el inicio del proceso histórico que un año después conduciría a la reunificación del país.

PS 1313: ‘Supergirl’ llega a su fin, la temporada 6 en 2021 será la última. Se você desejar ver garotas super-poderosas terá que acessar o JBF, pois temos Violante e Dalinha. E o vilão de 2020 fechou salas de cinema e modificou todo o calendário de estreias; Wonder Woman 84 se estrenará el 25 de diciembre de 2020. Mientras que, originalmente programada para el 1 de octubre de 2021, ahora The Batman llegará el 4 de marzo de 2022. The Flash, protagonizada por Ezra Miller, se trasladará del 3 de junio de 2022 al 4 de noviembre de 2022. ¡Shazam! 2, la esperada secuela originalmente programada para el 4 de noviembre de 2022 ahora cambiará al 2 de junio de 2023. Pero la mayor víctima es el spin-off de Black Adam protagonizado por The Rock originalmente programado para el 22 de diciembre de 2021, ahora no tiene fecha…

SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

PORMENORZINHO IRRITANTE, HEIN?

“Já que há mundos mais evoluídos, porquê eu tive que nascer justo neste?” Mafalda

Disse Mafalda: “Justo a mim coube ser eu!” Esta semana Mafalda e Sancho choraram (Beijão, Quino! Aí, do ladinho de Deus é bem melhor). Hoje é dia de Marx, não o Carl, mas o Groucho, que, como Sancho, corria atrás de garotas. Disse ele: “Eu corri atrás de uma garota por dois anos apenas para descobrir que os seus gostos eram exatamente como os meus: Nós dois éramos loucos por garotas.“ – Groucho Marx, livro The Groucho Letters.

Falando em livros, Sancho acabou de ler um belíssimo livro: Himnaríki og helvíti (by Jón Kalman Stefánsson) – “El infierno es tener brazos y nadie a quien abrazar”. A frase, se encaixada neste mundo coronavírico de hoje, ficaria perfeita, você não acha!? Não, o livro não é sobre epidemia, é sobre a Islândia, onde encontrei a beleza a ser medida e comparada. Lá, entre neve, gelo e geleiras, entre branco e mais do que branco, vi a mulher mais bonita do mundo.

Cleo…O Zé Broa me disse que trata-se de uma uraniana. Não, atento leitor, não há erro ao escrever; não disse meu amigo que era uma fêmea humana nascida no Irã. Trata-se de uma fêmea do planeta Urano chamada Cléo. Chegará o dia em que, inevitavelmente, o mundo terá que se dividir entre aqueles que preferem Grouxo Marx ou esta moça de Urano a quem ainda não fui apresentado.

The Walking Dead llegará a su fin con su temporada número once. Fato. Sancho entra na sede do JBF e encontra Chupicleide comendo o cérebro de Xolinha e Polodoro comendo o de Berto – eu gostava dele, mas (cerebral mas) zumbis são zumbis. Em um canto, cobertos de sangue estão Marcos André, Beni Tavares, Assuero, Mercedita e a bela uraniana Cléo. Ouve-se os gritos de Aline.

Assustado com tanto sangue, tanto grito, corre Sancho em desabalada carreira pelas ruas do Recife até encontrar o consultório da Dra. Juliana Pinheiro, uma estudiosa das doenças da mente. Saía do local uma linda menininha, de nome Mafalda. Cruzam o olhar e nada dizem; não seria necessário..

“Quanto o homem com a sua tolice deve, por vezes, fazer bocejar Deus!” José Maria de Eça de Queiroz (Os Ingleses no Egipto / Cartas de Inglaterra)… Chego à consulta mensal a faltar um quarto para as duas da tarde; o relógio avisa que faltam um quarto de hora para as 15 horas quando a doutora fechou a porta às costas do paciente, que ganhou a ensolarada tarde recifense, como acontecia religiosamente nos últimos 15 meses.

Uranianas, Zé Broa, Mercedita, Mafalda e zumbis não existem, explicara pormenorizadamente a doutora. Interessante sentimento tomava conta do “doidim” a cada consulta; entrava no consultório com a certeza que era louco e saía do local com a certeza de que naquele consultório só havia um a precisar de internação: a doutora. Se vejo é real, se vejo zumbis, a cara de broa do Zé, Mercedita, Mafalda e uranianas significam que existem, simples assim, não é mesmo, Beni?

Imaginemos o SOPRO da vida; quanto vale? Sempre que recordo a frase da doutora, penso no céu que observo, belíssimo cobertor de estrelas que me cobrem quando deito sobre o baú de meu caminhão, meu leito nos últimos tempos. Há cobertor melhor? Como pode afirmar ela a inexistência de vida em outros planetas? Em sua garagem há apenas um belíssimo Bugatti La Voiture Noire. Nem sombra de um disco voador vi por lá. Se não conhece outros planetas não deve ser levado a sério seu comentário, não é mesmo, Rodrigo de León?

PS 10: Este texto tem como objetivo destacar que todos os Sanchos de Recife possuem um lugar onde serão recebidos de braços abertos pela medicina, se forem até a Doutora Juliana Pinheiro (Responsável Técnica pela Clinica Terapêutica Crer&Ser, Psicóloga Especialista em Família e Realidade Social, Pesquisadora de Dependência Química, Violência Social e Saúde Mental. Av. Conde da Boa Vista, 121 Edf. Tabira, Sala, 1008 – Boa Vista – Recife – Fones: 9-9187-4786 e 9-9929-1297).

PS 51: Se você foi ontem ao boteco do Berto, com certeza não reclamou dos 10% do garçom, um tal Maurino, um cabra de Paulo Afonso, que embebedou a todos com pinga da boa e suas histórias, frases, poemas e filosofia de bar. Teve até lista de aniversariantes. ♫ ♬ ♩ Happy birthday to you / Happy birthday to you♫ ♬ ♩ Sancho deseja Feliz Cumpleaños à belíssima Cleo Pires Ayrosa Galvão (Rio de Janeiro, 2 de outubro de 1982). Nasceu nesta data um cara fenomenal… Groucho Marx, pseudônimo de Julius Henry Marx (Nova Iorque, 2 de outubro de 1890).

PS 69: Messi? Alfajor? Borges? Tango? Quino era melhor (tem gente que deveria ser proibida de morrer – me enteré que la muerte, la puta muerte, se llevó a ese Quino maravilloso)… Inmortales no muoren!!! “Nascido em 17 de julho de 1932 em Mendoza, na Argentina, Joaquín Salvador Lavado, mais conhecido como Quino, faleceu no dia 30. Criador da personagem de histórias em quadrinhos Mafalda – a tirinha hispano-americana mais vendida no planeta em mais de cinco décadas.” ¿Quién será el nuevo Quino?¿Quién será el nuevo James Bond? ¿Quién será el nuevo Wolverine? ¿Quién será la nueva Viuda Negra? ¿Quién será el nuevo Iron Man?

PS 171: E os “hermanos”querem abandonar o barco socialista. En julio de 2020 la consultora Taquión Research Strategy hizo un relevamiento que señaló que ocho de cada diez argentinos con posibilidades de proyección se irían del país si tuvieran las condiciones para hacerlo (búsqueda de seguridad, calidad de vida y estabilidad económica).

PS 666: El sueño ¿imposible? Hell, hell, hell. 2021 – Setembro vai ferver – Rio vs São Paulo – Rock in Rio vs Lollapalooza – Para que lado da Dutra seu coração vai? Lollapalooza Brasil e Rock in Rio 2021 acontecerão com intervalo de 12 dias… 9ª edição do Rock in Rio em terras cariocas (24, 25, 26 e 30 de setembro e 1, 2 e 3 de outubro na Cidade do Rock) vs Lollapalooza (10, 11 e 12 de setembro), em São Paulo. Nem os loucos vão perder (Sancho – que a PF não nos leia – vai superfaturar uma licitação de cocos para poder comparecer em ambas).

PS 1000: No primeiro mundo O presidente Trump fez três ótimas escolhas ao indicar Gorsuch, Kavanaugh e agora Barrett para a Suprema Corte – “Hoje tenho a honra de nomear para a Corte Suprema uma das mentes jurídicas mais brilhantes e talentosas de nossa nação. Ela é uma mulher de realização incomparável, intelecto imponente, ótimas credenciais e lealdade inflexível à Constituição”. Essas foram as palavras de Donald Trump dirigindo-se, em 26 de setembro a Amy Vivian Coney Barrett (born January 28, 1972).

PS 1313: Receita culinária bolivariana? Deu no JBF: Em Caracas, a deputada Bolivia Suárez denunciou que venezuelanos cozinham galhos de árvore para não morrer de fome. Espero que continue a todo vapor na socialista pátria do comunista Maduro o vice-ministério para a Suprema Felicidade Social. Le gusta Maduro y sus conversaciones con el pajarito? “Bolsonaro no habla con pajaritos, pero el pajarito que le sopla en la oreja es cantante; canta el Himno Nacional de Brasil.

SANCHO PANZA - LAS BIENAVENTURANZAS

ELAS GOSTAM DE APANHAR… EU SEI QUE A GENTE SE ACOSTUMA. MAS NÃO DEVIA

Saramago um dos grandes nomes da literatura universal, escreveu: As palavras têm os seus quês, os seus comos e os seus porquês. Algumas, solenes, interpelam-nos com ar pomposo, dando-se importância, como se estivessem destinadas a grandes coisas, e, vai-se ver, não eram mais que uma brisa leve que não conseguiria mover uma vela de moinho, outras, das comuns, das habituais, das de todos os dias, viriam a ter, afinal, consequências que ninguém se atreveria a prever, não tinham nascido para isso, e contudo abalaram o mundo. José Saramago, Caim (Cia das Letras, pg. 52)

“Wants to be friends on JBF” – Dava-se-lhes o nome de fubânicos. Liam o JBF, escreviam no JBF seus textos (crônicas, histórias, cordeis, enigmas, poemas, larachas, comentários, palpites). A prosa cuidada, o proveito duplo, porque o lê-los era uma aprendizagem e os seus temas levavam invariavelmente ao riso, mesmo quando escreviam querendo seriedade, pompa e circunstância. Sob a gerência, alguns dirão batuta, de Berto, desde há anos que se passou a chamar-lhes colunistas fubânicos, comentaristas fubânicos e leitores fubânicos (tudo junto e misturado).

Recorro à Clarice Lispector: “Escrever é procurar entender, é procurar reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador. Escrever é também abençoar uma vida que não foi abençoada. Procure entender, fidelíssimo leitor… “O Jornal da Besta Fubana é o mais fecundo oásis perdido em meio a este deserto de idéias que a internet sempre foi. Diariamente entro pela porta principal da redação do Jornal da Besta Fubana. O dia passa voando e chega o momento de retornar à casa. Sempre saio diferente, pois aprendo um pouco mais com cada fubânico que esbarro nas colunas e nos comentários.

Recorro agora a Wallace Stevens: “I am what is around me”… Duas datas e pouca comemoração? Vamos mudar isso? Dia 12 de outubro – Dia Nacional da Leitura; Dia 15 de outubro – Dia do Professor. O JBF convida você a comemorar conosco, escrevendo algo de sua lavra, para que nós, colunistas, sempre tão aplaudidos por vós, que brincamos de leitores e comentaristas, possamos nos deliciar neste mês de grande cultura…

Entimema (Exemplo: “Berto está escrevendo, logo é escritor”, que elide “todos os que escrevem são escritores”). Prove que você escreve tão bem ou melhor do que qualquer um de nós (escrever melhor do que Sancho não será difícil). Tente, invente, faça outubro ser diferente. O Berto irá publicar as melhores histórias (conto, crônica, cordel, poema) que chegarem durante o mês de outubro.

Em outubro somos nós que queremos ler VOCÊS. É no Jornal da Besta Fubana que o Brasil encontra, já no café da manhã, informação, esculhambação e riso. O JBF descortina-lhe seu bairro, sua cidade, seu Brasil, o mundo e alguns planetas onde marcianos, plutonianos e venusianos vencem distâncias e se aproximam de todos nós. É a lanterna a guiar bilhões de cegos na escuridão. É a força propulsora e condutora das notícias favoráveis ou contrárias ao governante de turno, para as grandes reivindicações de seus direitos ou mero mimimi.

Continue lendo