DEU NO JORNAL

TÁ EXPLICADA A REJEIÇÃO DA DENÚNCIA CONTRA OS IRMÃOS METRALHAS

Justiça Federal de São Paulo rejeita denúncia contra Lula e seu irmão por corrupção.

Juiz Ali Mazloum diz que não há nada que indique que Lula sabia de pagamentos a irmão e que crimes prescreveram.

* * *

Esse dotô juiz Ali Mazloum é um que foi afastado do seu cargo depois das Investigações da Operação Anaconda.

Ele trabalhou no gabinete de Gilmar Mendes e foi cotado para o STF pelo próprio Lula.

Tá explicada esta sentença, que contraria todas as provas, depoimentos e evidências.

Coisa mesmo de um país macunaímico e banânico feito o nosso.

Leiam esta notícia que está a seguir, publicada em setembro de 2012 na página lulo-petista 247, e vocês vão entender esta situação vergonhosa e absurda.

Nem só de Sérgios Moros vive a magistratura brasileira.

DEU NO JORNAL

UMA COISA EXCLUI A OUTRA

Após “aparelhar” em governos do PT os cargos de direção e assessoria da Ancine, a “agência reguladora” do cinema nacional, o PCdoB não larga o osso. ´

Alguns saíram com o ex-presidente da entidade Manoel Rangel, que se agarrou ao cargo por dez anos, caso inédito entre agências reguladoras, mas vários deles, ligados ao partido, não tiveram a dignidade de pedir demissão após a vitória do “inimigo” mais temido e odiado, Jair Bolsonaro, em 2018.

Atualmente se fingem de mortos.

Quando o PCdoB manteve controle total, os cargos na Ancine viraram prêmio para militantes que saíam da UNE ou de sindicatos.

* * *

Zisquerdóides e cumunistas banânicos trabalhando e derramando suor pra ganhar o pão de cada dia é uma coisa impossível de acontecer.

Quer ver essa turminha sair correndo, é só cair uma chuva de carteiras de trabalho.

Os parasitas vermêios que ainda aparelham a Ancine ficaram quietinhos após a eleição de Bolsonaro pra não perderem as boquinhas, as fartas tetas por onde jorra o dinheiro público.

Trabalho e militância zisquerdista são dois fatos mutuamente excludentes.

Enfie uma pajaraca de 17 polegadas no olho-do-furico desses parasitas, Capitão!!!

DEU NO JORNAL

VAI TER CEM ANOS DE PERDÃO

Uma eleição do PT em Cariacica (ES) no último domingo (8) causou confusão entre os filiados do partido.

Em uma das três urnas do município, foram contabilizados 29 votos a mais do que o total de presentes.

O episódio acarretou o adiamento dos resultados das votações gerais da legenda no Espírito Santo.

– Foi detectada uma quantidade de votos a mais do que constava na lista de presença. Tinha mais voto do que assinatura. Foram 29 a mais, quase 10% dos 320 votos da urna. A urna tem que ser impugnada. Tem indício de fraude nessa urna. Se fossem um, dois ou três, talvez a pessoa que votou esqueceu de assinar, mas 10% é no mínimo suspeito – disse José Carlos Nunes, candidato à presidência do PT em Cariacica.

Os filiados da legenda escolheram os diretórios de 52 cidades e as chapas estaduais.

* * *

Eita quadrilha da porra!

Roubam até uns dos outros.

Eu gostei mesmo foi do que o petralha enrabado pelos cumpanheros falou: “Se fossem um, dois ou três…” votos roubados, ainda dava pra aceitar a ladroagem.

Ou seja, conforme a quantidade da rapina, o petralha roubado perdoa o petralha ladrão.

Cachorrada da porra!!!

DEU NO JORNAL

INJUSTIÇA

As ONGs Imazon e TNT Brasil receberam R$ 25,7 milhões para fazer trabalhos como “monitorar o desmatamento por meio de imagens de satélite”.

Ideia boa, não fosse o fato de que nenhuma delas possui um satélite e o Brasil tem ao menos três sistemas que fazem isso.

O INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) tem dois sistemas (DETER e Prodes) e a Defesa usa o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam).

* * *

Enquanto isto, a ONG Desmatamento de Pentelhos, que cuida da raspagem profilática de pelos pubianos fêmeos, e é dirigida pelo Complexo Midiático Besta Fubana, não recebe um único tostão.

O nosso serviço é muito importante para a eliminação do piolho de púbis, o popularíssimo chato.

É muita injustiça nesta porra desta distribuição de verbas!!!

DEU NO JORNAL

UM FILME PARA O FINAL DE SEMANA

Felicity Huffman, atriz conhecida pela atuação na série “Desperate Housewives“, foi condenada a 14 dias de prisão e multa de US$ 30 mil.

Ela também terá que prestar 250 horas de serviços comunitários e mais um ano de liberdade condicional.

Ela pagou para fraudar um exame de admissão em uma faculdade para sua filha.

O caso é parte de um amplo escândalo no qual pais ricos se valeram de fraudes para conseguirem vagas para seus filhos em importantes universidades norte-americanas.

Felicity foi a primeira a ser condenado entre os 34 pais de alunos que estão sendo julgados.

“Eu só posso dizer que eu estou muito arrependida, Sophia. Eu estava com medo. Eu fui estúpida e fui tão errada”, disse a atriz, citando o nome de sua filha.

Felicity Huffman ao lado do marido, William H. Macy, em frente a tribunal em Boston nesta sexta-feira (13)

* * *

Se fosse brasileira e petista, a atriz Felicity Huffman não teria se declarado culpada de modo algum.

Nem teria afirmado que foi “estúpida e errada”.

Ela teria berrado, contra todas as provas e evidências, que era inocente e perseguida pela justiça.

Mas, como ela não é brasileira, nem petista…

Bom, deixa isso pra lá. Eu destaquei esta notícia foi por outro motivo.

É o seguinte:

O marido de Felicity Huffman, o também ator William H. Macy, é este galêgo de bigode que aparece na foto aí de cima, pegado na mão dela.

Ele é um dos protagonistas de Fargo, uma comédia de erros, filme de suspense policial com um enredo arretado.

O filme teve sete indicações para o Prêmio Oscar, das quais foi vencedor em duas categorias, Melhor Atriz e Melhor Roteiro Original.

A melhor atriz é a talentosa Frances McDormand, que contracena com Macy.

Uma sujeita que eu muito admiro como atriz.

A atuação de Frances neste filme, no papel de uma policial muito arguta, está excelente.

Ela e o galêgo William H. Macy formam uma parelha da porra nesta produção.

Essa conversa todinha é só pra dizer o seguinte:

Recomendo aos leitores fubânicos assistir Fargo, uma comédia de erros neste final de semana.

Garanto que vocês irão gostar.

Vejam e depois me digam.

Aqui vai uma pequena amostra, com algumas cenas deste excelente filme que estão disponíveis no Youtube:

DEU NO JORNAL

DEU NO JORNAL

BAITOLAGEM CORRUPCIONAL ZISQUERDÓIDE

Quando disputou vaga de vereador, em 2016, David Miranda (Psol-RJ) declarou patrimônio de R$ 74,8 mil.

Em 2018, quando disputou vaga de deputado federal, o patrimônio havia subido 372%.

Foi para R$ 353,4 mil.

“Tomara que apareça alguém com peito no meio da PF, do Ministério Público, que possa investigar isso aí”, torce o deputado José Medeiros.

* * *

Alguém “com peito” eu não sei.

Talvez o melhor fosse alguém “com pica”.

Uma pica de jumento de grosso calibre pra enfiar todinha no furico desse parceiro corrupcional do Verdevaldo.

Dois canalhas zisquerdóides de lascar.

Aliás, eu não esperava nunca viver o suficiente pra ler notícias na imprensa chamando um macho de “marido” de outro macho.

Argh!!!

Pega aí meu pinico, ligeiro!!!!

Me deu uma vontade da porra de vomitar!!!

DEU NO JORNAL

O REI DO ÓLEO DE PEROBA

Na entrevista ao jornal Le Monde, além de comparar-se a Zumbi, Tiradentes e Antônio Conselheiro, mas “como uma forma mais sofisticada”, Lula disse o seguinte, depois de indagado se o PT podia dar lições de ambientalismo, já que começou a construir a hidrelétrica de Belo Monte em plena Amazônia:

“Escute, nem mesmo Deus pode escapar das críticas!”

* * *

Preso por lavagem de dinheiro e por corrupção passiva dando entrevista pra jornal estrangeiro.

Só mesmo num país onde um petista é presidente do órgão máximo da justiça.

É phoda!!!!

Construir a Usina de Belo Monte foi fichinha.

Gigantesca mesmo foi a Usina de Propinas que Lula erigiu.

Não dá pra levar este canalha a sério.

Só mesmo Ceguinho Teimoso – que teve a visão totalmente apagada pelo fanatismo ideológico -, é que acredita em tudo que esse mentiroso caga pela boca.

DEU NO JORNAL

DEU NO JORNAL