DEU NO JORNAL

TEM MUITO REACIONÁRIO FASCISTA NO FEISSIBUQUI

Na maior rede social do planeta, o Facebook, Lula tem 3,9 milhões de seguidores.

Dilma tem outros 3 milhões.

E Haddad tem 1,8 milhão.

Somados os três, ainda perdem pra Bolsonaro.

O presidente tem 9,6 milhões de seguidores.

* * *

Isto é uma coisa muito injusta:

Somando os números de Lula e Dilma, que ficaram mais de duas décadas no poder, não chega nem perto de Bolsonaro, que não completou nem sete meses ainda com a bunda na cadeira do Palácio do Planalto.

É muito injustiça mesmo.

Mas minha conversa a propósito deste tema é outra.

É o seguinte:

Confesso a vocês que não entendo porra nenhuma de feissibuqui..

Este departamento aqui no JBF quem administra é Chupicleide.

Mas, lendo essa notícia aí de cima, que está na página do bem informado jornalista Cláudio Humberto, fiquei com uma dúvida.

No feissibuqui de Bolsonaro constam 11 milhões de seguidores, e não 9,6 como informa a notícia aí de cima.

Os 9,6 estão catalogados como “curtiram isso“.

E eu se embananei-se-me todinho.

Afinal, são 9,6 ou são 11 milhões?

Peço ajuda ao fubânico Ceguinho Teimoso, pesquisador e futucador que entende de tudo nesta tal de Internet.

Fico no aguardo da explicação do nosso estimado confrade.

DEU NO JORNAL

COMO ESSA COISA FOI PARAR LÁ?

Ex-coordenador da Interpol no Brasil, o delegado federal Jorge Pontes diz que a decisão de Dias Toffoli que suspendeu todas as investigações baseadas em dados do Coaf, Receita e Banco Central, sem prévia autorização judicial, beneficia diretamente aqueles bandidos com “enorme poder de destruição”.

Traficantes, membros de organizações criminosas, políticos corruptos e lavadores de dinheiro.

* * *

O delegado Jorge Pontes, especialista no assunto, está corretíssimo.

A canetada do militante petista Dias Toffoli beneficia e fortalece bandidos.

Bandidos armados com metralhadoras e fuzis e bandidos armados com mandatos e cargos.

Dias Toffoli é ministro do órgão supremo da nossa justiça, pra lá indicado por um sujeito que atualmente cumpre pena por corrupção e lavagem de dinheiro.

Fora os outros processos aguardando sentença.

Coisas mesmo de uma republiqueta banânica.

Quando li esta notícia lá de cima, me lembrei de uma montagem que vi ontem, encabeçada por uma pergunta:

COMO ESTAS COISAS FORAM PARAR AÍ?

DEU NO JORNAL

PUTARIA SUBVENCIONADA

Ao transferir o Conselho Superior de Cinema para a Casa Civil, presidente Bolsonaro critica o financiamento de filmes de longa metragem, como o de 2011, sobre uma prostituta.

“Não posso admitir filmes como Bruna Surfistinha com dinheiro público”, declarou Bolsonaro.

* * *

Me disseram que Bruna Surfistinha ficou puta com Bolsonaro.

Ficou puta mesmo.

Aproveito o tema para dar uma dica pros tarados fubânicos:

É só ir no Google e digitar a expressão “bruna surfistinha nua“.

Em seguida, clicar em “Imagens

Tirem as crianças de perto!

Aí vocês verão cenas artísticas extraordinárias, de um filme patrocinado por um órgão público com dinheiro do contribuinte.

Depois de ver as cenas, eu fiquei revoltado com Bolsonaro: num tem nada que cortar verba pra filmar putaria.

Tem é que aumentar a cota!

DEU NO JORNAL

TRILHA DESCOBERTA

É de assustar!

Esta foi a expressão usada pela Ministra Damares Alves para classificar este assunto.

Quem quiser ficar assustado também, basta clicar na manchete abaixo para ler a matéria completa, publicada na página Agora Paraná.

DEU NO JORNAL

DEU NO JORNAL

MISTURANDO HUMORISMO COM TERROR

Fernando Haddad vai comandar um programa de entrevistas na All TV.

O primeiro entrevistado pelo poste de Lula será Guilherme Boulos.

A conversa será exibida na segunda-feira, dia 22, a partir das 20 horas.

* * *

All TV, ao invés de Tudo TV, um nome americanizado, bem ao gosto dos zisquerdóides banânicos.

A notícia diz o nome do canal, mas não diz o nome do programa que será apresentado por Fernando Babaca Haddad.

Acabei de enviar pro inútil poste de Lula uma sugestão.

Botar no programa o nome de TER-RIR.

Uma mistura de terror com humorismo.

Um nome que casa magnificamente bem com o primeiro idiota a ser entrevistado, o terrorista desocupado Boulos.

Tá dada a sugestão.

Esta parelha lulo-zisquerdóide vai liderar a audiência do horário nobre de amanhã, segunda-feira; Globo, Band, SBT e Record estão em polvorosa

DEU NO JORNAL

JUSTIÇA BANÂNICA

Bandido não atirou para matar o policial?

Então não pode ser julgado por tentativa de homicídio, decide Justiça do Rio Grande do Sul.

Pela decisão, os suspeitos podem ser acusados apenas de crime de resistência ou de disparo de arma de fogo.

Esta é a mais recente decisão da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul que confirmou uma decisão de primeira instância, excluindo dois acusados de tentativa de homicídio de julgamento pelo tribunal do júri.

Seguindo a jurisprudência da câmara, os desembargadores entenderam que, durante uma perseguição, suspeitos que atiram contra policiais não necessariamente desejam matá-los ou assumem esse risco.

Eis resumo da decisão do relator do TJRS, mais trecho da sentença do juiz de primeiro grau:

– Não há elementos a evidenciar que o réu teria feito mira, direcionando os disparos contra os policiais militares, mas sim efetuaram os disparos como forma de evitar ou dificultar a aproximação. Não se pode presumir que quando alguém efetua um disparo de arma de fogo em fuga de policiais, está atirando para matar os agentes

* * *

A Comissão de Direito dos Manos do Diretório Nacional do PT emitiu nota dando efusivos parabéns à 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do RS.

A nota é subscrita por todos os partidos zisquerdistas de Banânia, entre eles o PSOL e o PCdoB.

Maria do Rosário, Gleisi Hoffmann, Jandira Feghali, Paulo Pimenta e Manuela d’Ávila, com o aval do prisioneiro Lula, são alguns dos ilustres  nomes que bateram palmas pra justiça gaúcha.

DEU NO JORNAL

MILITANTES DOS DIREITOS DOS MANOS ESTÃO HORRORIZADOS

O brasileiro Ricardo Godinho, 41, teve a sentença de prisão perpétua confirmada nesta sexta-feira, 19, após ter sido declarado culpado por um júri na quarta-feira 17.

Ele é acusado de matar com golpes de faca sua ex-esposa Aliny Godinho, também brasileira, na frente da filha do casal, que tem apenas 3 anos de idade, em Surrey, Inglaterra. Ricardo cumprirá, no mínimo, 27 anos de prisão antes que sua pena possa ser revista.

O crime ocorreu no dia 8 de fevereiro deste ano, quando Ricardo perseguiu a ex-esposa enquanto ela buscava a filha na escola. Ao confrontar Aliny, o brasileiro a esfaqueou diversas vezes enquanto a criança olhava para a cena.

O ataque foi motivado pela separação do casal. 

Ele fugiu da cena do crime, mas foi preso horas depois, ao ter o carro abordado por policiais.

O assassino e a vítima, sua esposa

* * *

O crime foi cometido em fevereiro deste ano.

Seis meses depois, o assassino é condenado.

Condenado à prisão perpétua.

E com um detalhe: ele só poderá recorrer desta sentença após cumprir 27 anos de cana.

Isto mesmo: só poderá recorrer após 27 anos.

Recurso que, provavelmente, será negado.

Que absurdo! Que selvageria!

Como são atrasados e bárbaros estes países de quinto mundo, como é o caso da Inglaterra da Rainha Elizabeth

A petista Maria do Rosário, em nome da Comissão de Direitos dos Manos e de todos os militantes zisquerdistas brasileiros, já enviou uma nota de protesto contra esta decisão absurda da justiça inglesa.

Segundo Rosário, a Inglaterra tem que seguir o exemplo do Brasil, onde o ex-goleiro Bruno, preso por assassinar a mãe de seu filho, voltará ao semiaberto, conforme sentença assinada na quinta-feira passada, dia 18.

É muito provável que a justiça inglesa, depois de receber a nota da brava militante petista, venha a rever a condenação do pobre marido assassino.

DEU NO JORNAL

LADROAGEM DE PROPORÇÕES AMAZÔNICAS

Nejmi Aziz, esposa do senador e ex-governador do Amazonas Omar Aziz, foi presa pela Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (19).

Foram presos temporariamente, além da ex-primeira dama, três irmãos de Omar.

Todos são alvos da operação Vertex, que investiga a prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e organização criminosa.

* * *

Presos a ex-primeira dama do estado e mais seus três cunhados.

A família que rouba unida, permanece unida.

Inclusive na cadeia.

Vejam só como é lindo o fucinho maquiado da ladrona engaiolada ontem:

Detalhe importante:

Não custa nada informar que a quadrilha familiar não é petista.

Dona Nejmi (quase que eu lia Mij-n’eu..) é do PSD.

Outro detalhe importante: o marido dela, que foi governador do Amazonas, exerce atualmente um mandato de Senador da República.

Da República Federativa de Banânia.

Uma roubalheira de proporções amazônicas.

DEU NO JORNAL