CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro Luiz Berto,

Caso a investigar.

Temos um fato para ser investigado aí no seu Estado de Pernambuco.

Segundo atestado médico, anexo, o Senhor Reginaldo Jacinto da Silva, morreu em função do ataque do Corona Vírus.

No entanto, o áudio, também anexo, produzido por uma testemunha do fato, contradiz o tal atestado médico.

O ataque foi de um pneu. O pneu estourou.

E ele era borracheiro.

Será que todos que morrerem, neste país, morrerão de Corona Vírus?

R. Meu caro leitor: você já percebeu que, depois que chegou o coronavírus, ninguém mais morreu de outra coisa???

É só olhar o noticiário da grande imprensa.

Acabaram-se totalmente as mortes por quaisquer outras causas: só se morre atualmente de coronavírus.

Ontem, sábado, teve um acidente de moto aqui perto de onde moro e o motoqueiro morreu de coronavírus!!!

O corona é um surto que mata mais do que H1N1, sarampo, dengue, tuberculose, fome canina, gôta serena e as febres amarela e vermêia. Somados.

A propósito, meu caro leitor, veja só que título interessante é o desta matéria, publicada na página Tribuna Online:

Médicos do Samu de São Paulo terão que atestar mortes por coronavírus

Para ler a reportagem na íntegra, clique aqui

E isso tudo é culpa de quem??? Adivinha!!!

Se não fosse o atual governo, o coronavírus não mataria ninguém aqui no Brasil.

Esse Capitão é um assassino cruel que precisa ser afastado do cargo com urgência.

A Rede Globosta está promovendo uma campanha saudável e patriótica nos últimos dias, pedindo a destituição dos 57.796.986 idiotas (segundo classifica Ceguinho Teimoso) que votaram em Bolsonaro.

Manchete de hoje, domingo, da página da Globo G1:

Clique aqui e veja o tanto de manchetes do G1 sobre o assunto no dia de hoje, domingo, 29.

Mais felizes do que pinto no lixo.

A grande mídia oposicionista está deitando e rolando com esse assunto.

E não publicam nada, nenhuma notícia, sobra os estudos que estão sendo desenvolvidos com a cloroquina para um possível tratamento desse vírus.

10 pensou em “VANDERLEI ZANETTI – SÃO PAULO-SP

  1. A imprensa e os que fazem da tragédia um meio de ganhar dinheiro , estão afundando a medicina no Brasil. Mas o bom disto tudo é que ninguém morre por outro motivo , segundo esta gente. Quando acabar o surto ( a gripe espanhola foi pior e acabou ), ninguém mais morrerá neste país a contar pela movimentação da imprensa.

  2. Aqui em SC a questão é tratada de outro modo. Depois de 32 dias de pandemia temos 1 (uma) morte pelo vírus. Por enquanto a pandemia é umdemia(sic). Que continue assim.

  3. A grande mídia só menciona casos confirmados e suspeitos, não relatam os casos recuperados como o da Preta Gil e muitos outros.

  4. O borracheiro morreu dia 23 e tinha 57 anos. O Estado de Pernambuco reconheceu a primeira morte dia 25, e entre as 5 mortes não há nenhum homem de 57 anos.
    Tem mais gente mentindo do que se imagina…

  5. Bom mesmo é ver o Sikera Junior, na Rede TV a partir das 18 horas. Um cabra safado dos bons. Acompanho ele desde que apresentava um programa aqui em Maceió e só tinha um terno surrado e apertado. kkkkkk.

Deixe uma resposta