A PALAVRA DO EDITOR

7 pensou em “SAIDINHA DE NATAL

  1. Eu gostaria de ver essa situação acontecer e prenderem também o preso que teve direito a saída de Natal e Ano Novo .
    Não caberia um pedido de Impeachment do Dória .?

  2. Realmente estamos vivenciando, diariamente, o significado de uma velha e conhecida expressão: “Agora é que a porca torce o rabo”.

  3. ” se a polícia localizar uma festa com 1 beneficiário do Saidão Covid, todos os inocentes serão presos. O único culpado continuará em liberdade”

    Não entendi a relação entre a saida de presos (que nome ruim, Garcia – Saidão Covid — é preconceituoso) e aglomerações. Acho que presos com Covid não são liberados. E nas aglomerações qualquer um dos participantes pode estar infectado. Não vi relação de causa e efeito.

    Aliás, em prol da verdade, foi apenas o Dória que autorizou? Em nenhum outro estado isso ocorreu (ou vai ocorrer)?

    E você não pode pedir impeachment de um governador por cumprir a lei

    PS: antes de ficarem com o rosto vermelho e soltar fumaça, não defendo aglomerações, não defendo a saida de Natal e não defendo o Dória. Achei apenas o argumento besta.

    • Se o preso que saiu para comemorar Natal e Ano Novo com a família for preso , o governo estadual estará descumprindo uma ordem da Justiça .
      Não , não será o único em que terá presos sendo liberados , mas é o único que o governador proibiu comemorações e disse que usará todos os meios cabíveis para que isso não aconteça .

      • Realmente essa decisão foi mesmo imbecil.
        Quem puder comemorar em família vai. Principalmente se estiverem morando na mesma casa ou apartamento. Meu caso

Deixe uma resposta para Luiz Carlos Freitas Cancelar resposta