DEU NO JORNAL

No relatório onde elogia desempenho da economia brasileira, que está “melhor que o esperado”, o FMI destacou a função crítica do governo no “fortalecimento da eficácia e previsibilidade das estruturas anticorrupção”.

* * *

Pronto: tá tudo dito.

Vamos repetir:

Fortalecimento da eficácia e previsibilidade das estruturas anticorrupção”.

E não foi dito por nenhum componente da boiada.

Foi escrito e assinado embaixo por um órgão insuspeito e lá de fora.

A frase começa com “fortalecimento” e termina com “estruturas anticorrupção”

Tá explicado porque tem neguinho completamente emputiferado e querendo meter o dedo no furico pra rasgar.

Babando pelos cantos dos beiços e entupindo os bofes com gás raivoso.

A elite da gatunagem corruptífera não perdoa de modo algum essa virada histórica na ladroagem banânica.

Daqui a pouco o comentarista fubânico C Teimoso vai tentar provar o contrário, que a corrupção aumentou 171% no atual governo.

Chega faz pena…

“Porra!!! Puta que pariu!!! Não é possível!!! Não acredito!!!!”

1 pensou em “PROVOCANDO ATAQUES DE FÚRIA

  1. Enquanto isso nos Estados Unidos: Se você estava planejando estocar papel higiênico, toalhas de papel ou água engarrafada à medida que avançamos para os meses mais sombrios, você perdeu a oportunidade. A Costco (grande rede de supermercados) anunciou que vai começar a limitar a quantidade desses itens que cada cliente pode comprar. A empresa explicou que está lidando com interrupções significativas na cadeia de suprimentos e que simplesmente não há o suficiente para continuar sem racionamento.

    O retorno da escassez de papel higiênico é um claro sinal de que a economia simplesmente não está se recuperando tão bem quanto muitos esperavam. As interrupções na cadeia de suprimentos deveriam ser dores temporárias de crescimento, já que a economia reabriu após as vacinações. Mas, em vez de desaparecer, eles parecem estar piorando.

Deixe uma resposta