DEU NO JORNAL

A verdade dói nos negativistas, mas é preciso ser dita,

Afora os quatro grandes produtores (China, EUA, Reino Unido e Índia), nenhum país aplicou quantidade de vacinas maior que o Brasil, que atualmente está em 5º lugar entre as nações que mais vacinam sua população.

* * *

Esta notícia é horrível.

Horrível pra uma turminha que eu conheço.

Aquela patota que sintoniza a Globo e fica ligada nos números da mídia funerária.

Eles vão ficar tão putos ao saber desta excelente colocação do Brasil que  terão ímpetos de enfiar o dedo no furico e rasgar.

É por isso que estou publicando aqui no JBF.

Levanta meu astral fazer raiva pra torcida fúnebre.

É de fazer a gente se mijar-se todinho de tanto se rir-se.

15 pensou em “NOTÍCIA HORRÍVEL

  1. Vou colocar aqui o que eu vejo sempre no canal Paródia Gospel, o qual eu recomendo para os esquerdistas e “Isentões” de plantão que façam entre prantos:

    “- Ele não, meu Deus, ele não!”

  2. É verdade, em quantidade de doses de vacinas o Brasil está em 5º lugar, ou em 6º, segundo outras fontes. Mas em relação ao número de habitantes, estamos em 40º lugar (por cem mil habitantes). Até o momento, foram vacinados 3,75% de toda a população brasileira. (quase 8 milhões de vacinados com a primeira dose).
    As duas doses já foram aplicadas em mais de dois milhões e quinhentas mil pessoas, o que corresponde a 1,23% da população.
    Noticia-se que até o fim deste mês de março 2021 chegarão mais 23 milhões de doses da vacina, podendo ser vacinadas mais onze milhões e meio de pessoas com a primeira e a segunda doses.
    A esperança é que estejamos todos vacinados com as duas doses até o fim de 2021.

    • Goiano, logo abaixo aqui no JBF tem outra coluna “Deu no Jornal”, onde diz que do total de doses disponibilizadas para governos estaduais de oposição ao Bolsonaro, somente entre 50 e 60% foram aplicadas, isso diminui a eficiência do bR em relação aos outros países no quesito aplicação.

      Seria isso coincidência ou está havendo uma má vontade na aplicação para deixar o BR mal na fita?

      • João Francisco, raciocinar com dados enganosos leva ao abismo informativo.
        Você procurou ver se os Estados que não são governador por petistas ou oposicionistas ao governo atual também estão boicotando a vacinação só para sacanear o Jair Messias Bolsonaro?
        Vamos ver algum exemplo:
        O PP é opocisionista ao governo?
        Pois o governador do Acre é do PP.
        Quanto o Acre recebeu e quanto vacinouy?
        Sabes?
        Pesquise e depois me fale.
        Veja se confere:
        O Acre recebeu 79.360 doses da vacina contra o Covid 19 e aplicou 24.652, até 6 de março de 2021 (ontem).
        Isso dá o quê em porcentagem?
        Sei lá, sou fraquíssimo em números.
        Se os próprios partidos da base do governo estão sacaneando desse jeito realmente o governo está lascado.
        Sem brincadeira, eu acreditdo que o problema não é de picuinha. Não conheço o funcionamento da logística da aplicação, mas deve ser algo por aí.

        • Sigo o relator e irmão “B”ascaíno Goyabano: eu acredito que o problema não é de picuinha, nem de má vontade com a lenda bolsozero,nero,ringa (conforme atestou certa revista). Não conheço o funcionamento da logística da aplicação, mas deve ser algo por aí.

          • A mídia, excetuando-se o JBF, nos leva ao abismo informativo? Eis algo a pensar.

            Informação de qualidade? Cronistas maravilhosos (excetuando-se o Sancho)? Comentaristas que são um espetáculo? VOCÊ só encontra no bertiano JBF.

  3. João Francisco, vou facilitar a pesquisa:

    ESSE TIPO DE NOTÍCIA SOBRE O ÍNDICE DE VACINAÇÃO
    EM RELAÇÃO ÁS DOSES DE VACINA COVID 19 RECEBIDAS
    POR CADA ESTADO, PARA DIZER QUE OS GOVERNADORES
    OPOSICIONISTAS ESTÃO SACANEANDO, É UMA DETURPAÇÃO,
    POIS É POSSÍVEL VERIFICAR QUE OUTROS ESTADOS GOVERNADOS
    POR APOIADORES OU NÃO OPOSICIONISTAS ESTÃO NA MESMA
    SITUAÇÃO, OU PIOR. BASTA VERIFICAR PELOS DADOS A SEGUIR :

    VACINAÇÕES POR ESTADO ATÉ46/MARÇO/2021

    AC: 1ª dose – 24.652 (2,76%); 2ª dose – 4.938 (0,55%)
    AL: 1ª dose – 121.706 (3,63%); 2ª dose – 35.376 (1,06%)
    AM: 1ª dose – 291.734 (6,93%); 2ª dose – 79.387 (1,89%)
    AP: 1ª dose – 25.633 (2,97%); 2ª dose – 3.295 (0,38%)
    BA: 1ª dose – 540.532 (3,62%); 2ª dose – 162.561 (1,09%)
    CE: 1ª dose – 334.916 (3,65%); 2ª dose – 112.869 (1,23%)
    DF: 1ª dose – 155.481 (5,09%); 2ª dose – 57.947 (1,9%)
    ES: 1ª dose – 139.159 (3,42%); 2ª dose – 34.398 (0,85%)
    GO: 1ª dose – 242.473 (3,41%); 2ª dose – 58.222 (0,82%)
    MA: 1º dose – 183.906 (2,58%); 2ª dose – 61.072 (0,86%)
    MG: 1ª dose – 633.032 (2,97%); 2ª dose – 306.981 (1,44%)
    MS: 1ª dose – 129.445 (4,61%); 2ª dose – 59.048 (2,10%)
    MT: 1ª dose – 94.187 (2,67%); 2ª dose – 41.285 (1,17%)
    PA: 1ª dose – 171.881 (1,98%); 2ª dose – 64.928 (0,75%)
    PB: 1ª dose – 140.697 (3,48%); 2ª dose – 49.783 (1,23%)
    PE: 1ª dose – 364.212 (3,79%); 2ª dose – 134.400 (1,4%)
    PI: 1ª dose – 90.309 (2,75%) ; 2ª dose – 25.468 (0,78%)
    PR: 1ª dose – 376.309 (3,27%); 2ª dose – 118.545 (1,03%)
    RJ: 1ª dose – 607.077 (3,50%); 2ª dose – 155.949 (0,9%)
    RN: 1ª dose – 111.805 (3,16%); 2ª dose – 39.325 (1,11%)
    RO: 1ª dose – 49.261 (2,74%); 2ª dose – 12.397 (0,69%)
    RR: 1ª dose – 23.913 (3,79%); 2ª dose – 11.047 (1,75%)
    RS: 1ª dose – 540.474 (4,73%); 2ª dose – 133.287 (1,17%)
    SC: 1ª dose – 221.391 (3,05%); 2ª dose – 68.929 (0,95%)
    SE: 1ª dose – 67.793 (2,92%); 2ª dose – 28.353 (1,22%)
    SP: 1ª dose – 2.402.457 (5,19%); 2ª dose – 813.772 (1,76%)
    TO: 1ª dose – 50.968 (3,21%); 2ª dose – 13.023 (0,82%)

    QUANTAS DOSES CADA ESTADO RECEBEU ATÉ 6/MARÇO/2021

    AC: 79.360
    AL: 228.860
    AM: 674.404
    AP: 62.000
    BA: 1.111.200
    CE: 695.200
    DF: 266.760
    ES: 316.620
    GO: 438.480
    MA: 448.040
    MG: 1.528.580
    MS: 258.644
    MT: 191.760
    PA: 481.040
    PB: 343.980
    PE: 743.560
    PI: 206.680
    PR: 853.000
    RJ: 1.354.320
    RN: 209.640
    RO: 112.408
    RR: 110.860
    RS: 923.600
    SC: 497.040
    SE: 100.480
    SP: 3.700.000
    TO: 125.600

  4. O Brasil tem 38000 postos de vacinação, isto há mais de 40 anos. Temos mais de 120000 técnicos treinados em vacinação e temos ainda a ANVISA que está dentre as cinco melhores agências de saúde do mundo.

  5. João Francisco, acho que existem algumas incorreções no seu post, “….ATÉ46/MARÇO/2021”, os percemtuais que foram colocados referem-se a que? Por exemplo se o estado Acre recebeu 79360 doses de vacina e aplicou 24.652 (1ª dose) isso representa 31,06% das doses recebidas e se aplicou 4.938 (2ª dose) isso representa 6,22% das doses recebidas.

    • Camilo, exatamente. Isso, isso, isso, isso, isso. Vamos analisar.
      Veja só: A “Notícia Horrível” do Deu no Jornal, sugere, na lata, que os governadores petistas e oposicionistas ao governo de Jair Messias Bolsonaro, que venceria folgadamente as eleições de 2022, se elas se dessem hoje, até mesmo se o opositor principal fosse Donald Trump, sugere que, eu dizia, os governadores contrários ao O Mito são, ou incompetentes, porque vacinaram entre 50 e 60% da população dos seus Estados, ou estão sabotando o governo.
      Mas, trazes as porcentagens exatas: o Acre, de um governador do PP, apoiador do grotesco, vacinou 31,6% na primeira dose e 6,22% na segunda.
      O que se conclui?
      Que o governador do Acre é ou incompetente, também, ou vira-casaca e resolveu sacanear seu parceiro. Ele foi mais fundo e em vez de vacinar só 60% ele vacinou muito menos do que isso, apenas 31,6% – vai ser sacana assim lá no Acre!
      Grato pelo reforço, Camilo.

      • Meu caro, não estou dizendo nada do que você acha que eu dizze! O que eu escrevi é que os percentuais que você divulgou não estão corretos na relação doses fornecidas e doses aplicadas. Só para você saber, acho que TODOS os governadores devem explicar o porque da diferença entre as doses fornecidas e as doses aplicadas. Será que estão guardando para uma eventual falta de doses de vacina? Ou não contrataram o número necessário de pessoas aptas à aplicar a vacina?

        • Hahaha, Camilo, eu errei, é claro, ao falar em 46 de março, que só tem 31 dias, e ao escrever “percemtuais”. Os percentuais é fácil de conferir, encontraste disparidades? Onde?
          Já sobre a logística, nada sei.

          • Kkkkkkk Goiano. Precisas aprender a calcular a porcentagem. NENHUM percentual das doses aplicadas em relação as doses recebidas que apresentastes está correto! O modo mais fácil de voce calcular esse percentual é dividir o número de doses aplicadas pelo número de doses recebidas e .ultiplicar o resultado por 100. Boa noite.

            • Camilo, acho que houve um descompasso entre os nossos comentários: Os dados que eu trouxe foram copiados e colados e eles não apresentam a relação entre doses recebidas e doses aplicadas, essa relação fica evidente pela simples comparação dos dois títulos “vacinação por Estados” e “quantas doses cada Estado recebeu”.
              Um simples lançar de olhos entre os dois títulos dá para notar onde aplicaram mais ou menos trinta, quarenta, cinquanta por cento.
              Os percentuais indicados no título “vacinação por Estados” se refere à porcentagem da população daquele Estado que foi vacinada.
              Bem, quanto ao cálculo recebidas e aplicadas. basta somar, por exemplo, no caso do Acre, as aplicadas na 1ª com a 2ª dose e compor a regra de três que indicaste com a quantidade de doses recebidas, o que dá 79.360 recebidas e 30.580 aplicadas, correspondendo a 38,53%.
              Isso quer dizer, enfim, que o Acre vacinou menos, em relação ao recebido, do que Piauí, Bahia, Ceará. Maranhão etc.
              Esse comentário tem a ver com outra postagem, na qual se trata de assunto parecido com o desta, o que pode embolar um pouco a conversa.
              A outra postagem é aquela que diz que os comunistas e os opositores de Jair Messias Bolsonaro estão aplicando “apenas” 60, ou 50%, das vacinas recebidas, e que eles seriaqm incompetentes ou sacanas querendo sabotar o presidente, mas os números e porcentagens gerais mostram que isso foi uma falácia dos diabos.

Deixe uma resposta para DECO Cancelar resposta