COMENTÁRIOS SELECIONADOS

Comentário sobre a postagem SENSACIONALISMO DA IMPRENSA FUNERÁRIA

Pablo Lopes:

Meritíssimo Mairton, (minha carteira da OAB não me permite tratá-lo de outra forma) sou legalista convicto, não poderia ser de outra forma.

Assim, não desrespeitei a lei que me obrigava a usar máscara, ou praticar alguma invenção dos iluminados de plantão, mas procurei manter minha rotina o mais normal possível.

Não sei se há no país precedentes para os absurdos criados aqui em São Paulo; coisa do Doria e do Covas.

Só funcionou nas áreas nobres, dominadas pela esquerda caviar. Na periferia, onde vive o verdadeiro povo, as coisas continuaram exatamente como sempre foram, e não consta que lá tenha havido mais casos.

Jamais concordei com restrições, considero minha liberdade valiosa demais para abrir mão dela sem um embasamento confiável e legítimo. Daí que usei e abusei dos meus direitos. Não contraí esse vírus, nem ninguém de meu convívio social contraiu.

A máscara dos calhordas está prestes a cair.

Só resta torcer para que a população não se esqueça disso e dê a resposta nas urnas

7 pensou em “MÁSCARA PRESTES A CAIR

  1. Pablo Lopes, caríssimo causídico!

    Essa quarentena absurda, esse distanciamento social imposto à população trabalhadeira, esse confinamento nazi-facismo-stalinista, só serviram para uma cousa: os políticos corruptos tirarem mais dinheiro da União para
    fazerem Caixa 2 e enfraquecerem o presidente.

    Mas não vão conseguir!!! O povo, hoje, sabe onde está o lado do patriotismo!

  2. O absurdo maior será a imposição de se tomar essa vachina. Que está pronta antes de haver a pandemia.

    À pedido desses partidos comunistas já está no colo togado. O desejo deles. Para obrigar a população ser inoculada com a mesma.

    Nas redes sociais. Tem diversos depoimentos de médicos, infectoligistas, cientistas…
    Informando, orientando e alertando sôbre os riscos inerentes em vacinas que não tenham pelo menos cinco a dez anos de estudos, pesquisas e testes de eficácias comprovadas.

    A pergunta óbvia. Por que essa pressa?
    Temos outros questionamentos também.
    Por que o país comunista vermelho, de onde veio o vírus, comprou vacina da Suécia?
    Os brasileiros, compulsoriamente serão os cobaias dessa vachina?

    Tudo muito estranho, pra dizer o mínimo.
    Esse véu, que os interessados no enfiar vachina goela abaixo na população, colocam, com a ajuda da mídiapodre.
    Querendo dar credibilidade.
    Com a participação, parceria ou o que for.
    Do Instituto Butantã. Da Fundação Oswaldo Cruz.
    Além da aprovação da Anvisa.
    Que inclusive já autorizou a importação das seis milhões de doses.
    Para se juntarem as outras quarenta milhões que o ditadorzinho de merda está pressionando o Presidente, através dos seus cúmplices e cupinchas das atrocidades contra o povo.

    Esses comunistas esquerdistas. Traídores da Pátria.
    Criam todo um ambiente hóstil e minado para o Governo.
    Depois ficam, juntamente com a imprensa lixo. Criticando o Presidente, querendo passar para a população, que ele não está pensando na saúde e na vida de todos (bando de FDP).
    Quando o Presidente responde à altura, essas provocações descabidas, assintosas e covardes.
    “Ai! Não podemos ter atritos com” país vermelho. “É o nosso maior parceiro comercial”. “O que será de nós”. Quer saber? Fodam-se, vocês e seu parceiro país comunista.

    Se chegou nessa condição, foi por causa dos comunistas daqui e dos partidos quadrilhas. Que escancararam as portas do nosso País para essa invasão vermelha. Nefasta, danosa e devastadora. Durante seus desgovernos.
    Afastando-se dos demais Países que não fossem comunistas.
    Chamando-os de imperialistas, para conquistarem ainda mais a população – que é a maioria -desfavorável, humilde e fácil de manipular.

    Precisa-se criar um Tribunal, urgentemente.
    Para julgar todos esses comunistas.
    Os daqui e os “pandemistas”.
    De crimes contra a Humanidade e a Economia Mundial.

  3. Não quero discordar nem do Mailton e nem do Pablo , mas vocês e os seus familiares fizeram teste para Covid para afirmar que não contraíram ?
    Eu , minha filha e meu genro contraímos , cada um com sintomas diferentes e a minha neta não (?). .

  4. Preocupante a pressa de empurrar a tal vacina na população sem atentar para parte do texto do Luiz Carlos Freitas, em que DESTACO: riscos inerentes em vacinas que não tenham pelo menos cinco a dez anos de estudos, pesquisas e testes de eficácias comprovadas.

    Peguemos o discurso dos que querem aprovar a toque de caixa a tal vacina e o comparemos com o que disseram contra a Hidroxocloroquina, por exemplo…

  5. Se for feita uma pesquisa para saber que quer ser vacinado ou não, acredito que a maioria optara por tomar a vacina, seja chinesa, europeia ou americana. A obrigatoriedade não é necessária a conscientização é o melhor caminho. Agora, é triste ver a politização de uma vacina, que ainda não existe.

Deixe uma resposta