COMENTÁRIOS SELECIONADOS

Comentário sobre a postagem A CANJICA DA VOVÓ

Philippe Gusmão:

Caro amigo José Ramos,

Embora até aqui ainda não tivesse comentado nenhuma das suas postagens, sou leitor assíduo do JBF há vários anos.

E acompanho com muito interesse, saudades e emoção, tudo o que se refere ao nosso querido Brasil e, em particular, ao nosso amado Nordeste, no qual estão todas as minhas raízes e a maior parte da minha família.

Esteja certo de que, mesmo que não comente, aprecio cada postagem, lendo e relendo-as sempre que posso.

Tenho muitos outros amigos, cronistas e colunistas do JBF, a maior e mais abrangente manifestação de opiniões de todas as correntes, credos e ideologias do nosso país!

A todos vocês e ao meu amigo Luiz Berto, as minhas mais profundas homenagens!

* * *

5 pensou em “UM LEITOR PIONEIRO

  1. Bom dia Philippe,

    Que bom se todos os leitores aparecem nós comentários sempre.
    E tão bom conhecer uns aos outros.
    Está “confraria” regida magistralmente por Berto é tudo de bom !
    Aprecie também as coisas boas aqui do sul. Somos um só povo. Um do coração.

    Abraçação

      • Bom dia,

        Sigo a relatora na íntegra, embora reconheça que nem todos os colunistas são solidários uns aos outros.

        Há colunistas que cria perfil de si próprio para elogiar a si mesmo, mas são incapazes de tecerem comentários à colunas dos colegas.

        Schirley tem direito ao troféu participação.

        Isso é lindo! A solidariedade é que move o lado do mundo do bem contra o mau!

        Abraçaço, Diva!

    • Olá Schirley, boa noite.

      Antes de mais nada, peço-lhe desculpas pela demora da resposta.

      Pode ter certeza de que eu adoraria ler e comentar todas as publicações do Jornal da Besta Fubana. Como aliás já tive oportunidade de me expressar, aqui mesmo no JBF, Mas nem sempre é possível.

      Considero essa gazeta uma das maiores, senão a maior manifestação plural e cultural da atualidade, tornada realidade por obra e graça do meu amigo Luiz Berto, por quem tenho grande admiração.

      Embora seja nordestino de nascença, sou apaixonado pelo meu país desde sempre. Trabalhei como consultor no antigo DNER por cerca de 20 anos e na Ipiranga de Petróleo por mais outros 20. E, por conta disso, tive a sorte de poder conhecer esse lindo Brasil de ponta a ponta!

      Amo o sul do país e sou testemunha de que o frio predominante no clima daí, parece que reforça ainda mais o calor e a simpatia extraordinária com que seus habitantes recebem a todos.

      Esteja certa de que estarei sempre por perto. E considere-me seu novo amigo!

      Grande abraço..

Deixe uma resposta