A PALAVRA DO EDITOR

Recebi do Pedro Berto, meu amado neto, um vídeo onde ele aparece tocando seu bandolim, o instrumento que é a paixão de sua vida.

Ele executa a imortal composição de Jacob do Bandolim, intitulada “Doce de Coco”, um chorinho que é marca registrada da música popular brasileira.

Vamos começar docemente a semana ouvindo esta joia preciosa.

E, de quebra, acrescentei à postagem a interpretação da saudosa Elizeth Cardoso para a mesma música.

Uma excelente e doce semana para toda a comunidade fubânica!!!

O

5 pensou em “UM DOCE PRA COMEÇAR A SEMANA

    • (Envidia, envidia, envidia!) Vengan todos contra nosotros (¡vamo’a allá!).
      Endoidou, Sancho!?
      Não, é que na família Berto todos são artistas; na família Braga Hortaliça também; na família Pança idem, pois de cara temos até o Cervantes. Vasculhei a família de todos os colunistas fubânicos e só encontrei artista.
      Aí não resta aos demais meios de comunicação nada além do choro, ranger de dentes e a inveja.
      O destino do JBF é ser reportagem de capa do New York Times.

  1. Maravilhoso!! Parabéns!! Ele é lindo e talentoso!
    Sei o quanto amamos, e quanto temos orgulho deles!!
    Aquele abraço!

  2. Caro Berto,

    Que coisa maravilhosa é ver a descendência desse nosso querido guru e líder dar continuidade a essa explosão de genialidade, pernambucanidade e brasilidade.

    Quando eu vejo um “menino” como seu neto, começo a ter alguma esperança que essa merda de país ainda tem alguma chance de vir a dar certo.

    Parabéns!!!! Mil vezes parabéns!!!

Deixe uma resposta