AIRTON BELNUOVO – SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP

Caro Berto

Lendo esta manchete no Estadão:

 

me veio uma pergunta :

A mesma procuradoria vai investigar por exemplo, porque a prefeitura de São Bernardo do Campo tem (?) estas informações sobre o Covid-19, ou seja nenhuma, e as que coloca não são as mesmas da Secretaria da Saúde do Estado de SP

2 pensou em “AIRTON BELNUOVO – SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP

  1. Caro Airton,

    Em março, por decisão do STF, o gerenciamento das ações de enfrentamento dos casos de coronavírus saiu do governo federal e passou para as mãos dos Governadores Estaduais e prefeituras, quando estas são mais restritivas que os governadores.

    Isso foi a senha para que alguns torrassem dinheiro de forma desenfreada. O número de casos implica em restrições às liberdades, na compra de equipamentos hospitalares e hospitais de campanha sem licitação pública

    Dória, desde o primeiro dia de governo se afastou de JB, responsável direto pela sua vitória e se pôs como candidato à Presidência da República. Com a entrada do vírus viu uma oportunidade de tocar o terror na população.

    Outros estados, RJ, AM, PA, CE, BA também partiram para este caminho, e inflaram os números.

    Estão aí os casos de pessoas que morreram por acidentes de trânsito, baleadas, câncer, paradas cardíacas, gripes comuns; todas com causa morte de Covid-19.

    Na hora que o ministério da saúde resolve verificar estes óbitos uma gritaria do MP, dos secretários estaduais, da imprensa e demais órgãos que faturaram com a doença.

    Tem que fazer esta recontagem. Quem está morto não vai voltar, porém saber a real causa é importante para as famílias que não puderam nem fazer um enterro apropriado para seus entes.

    Olha que eu nem falei do não uso precoce da Hidroxicloroquina, que é outro escândalo pior que o Covidão.

Deixe uma resposta