CARLITO LIMA - HISTÓRIAS DO VELHO CAPITA

Peço a permissão de meus queridos leitores para falar de um novo projeto a ser realizado a partir do próximo fim de semana, abertura dia 12 de novembro, SEXTAS CLÁSSICAS EM JARAGUÁ, até o dia 4 dezembro.

O Problema da educação no Brasil se estende à educação musical. Nas escolas pouco existe de estimulo e atividades extras classes para compor o aprendizado do aluno às letras e às artes. Para melhorar a educação no Brasil é necessário que as artes clássicas sejam conhecidas do grande público. A maioria das pessoas é estimulada a ouvir música de baixo nível. O projeto SEXTAS CLÁSSICAS EM JARAGUÁ oferecerá ao povo de Maceió música de qualidade, seja clássica, popular ou afro. Serão momentos de diversão, prazer e encantamento.

O evento deixará, sobretudo, um legado gigantesco e variado para toda população envolvida. E tem como objetivo maior contribuir efetivamente para uma melhor qualidade de vida do povo. Todos têm direito à cultura, à arte, ao lazer, a uma boa música. O projeto será realizado nas sextas e nos sábados na Praça Dois Leões no bairro histórico de Jaraguá. Prestigiando esse bairro de arquitetura barroca, belos prédios antigos, um patrimônio do povo de Maceió. A Primeira “Sexta Clássicas em Jaraguá” tem como homenageado o penedense RICARDO CRAVO ALDIN, o maior pesquisador e conhecedor da Música Popular Brasileira.

A seguir a programação:

Dia 12 Novembro (Sexta)

17:00 – Lançamento de livro e palestra do homenageado RICARDO CRAVO ALBIN, penedense, radicado no Rio, maior pesquisador e conhecedor da música brasileira: “A importância das Bandas Filarmônicas dos municípios na musicalidade do brasileiro” no Museu de Imagem e do Som – MISA – Jaraguá

18:00 – Escola de Samba Gaviões da Pajuçara.
19.00 – Abertura: Afro Caeté e Sax Elizaubo – Bolero de Ravel.
19:30 – Abertura solene do projeto com as autoridades presentes.
19:45 – Entrega do 17º Prêmio Notáveis da Cultura Alagoana 2020..
20:00 – Concerto Orquestra Filarmônica Aconchego.
21.30 – Cantata Tenor Dydha Lyra

Dia 13 Novembro (Sábado)

18:30 – Banda Pestalozi
19.30 – Banda Flor da Pescaria
20:30 – Samba da Periferia (Selma Brito)

Dia 19 Novembro (Sexta)

18:00 – Lançamento de livros da Editora Aletria no MISA
19.30 – Abertura: Afro Caeté e Sax Elizaubo – Bolero de Ravel.
20:00 – Concerto Quarteto Manguaba
21.30 – Cantata Os Três Tenores Alagoanos com Selma Brito

Dia 20 de Novembro (Sábado) – (Dia Nacional da Consciência Negra)

19.30 – Grupo Afro Dendê
20:30 – Grupo Afro Afoxé
21.30 – Grupo Afro Zumbi

Dia 26 Novembro (Sexta)

19.30 – Abertura: Afro Caeté e Sax Elizaubo – Bolero de Ravel.
20:00 – Concerto Banda da Guarda Municipal
21.30 – Concerto Orquestra Filarmônica Santa Cecília

Dia 27 Novembro (Sábado)

19.30 – Batuque Mundaú
20:30 –Grupo Coração de Mainha.

Dia 3 Dezembro (Sexta)

19.30 – Abertura: Afro Caeté e Sax Elizaubo – Bolero de Ravel.
20:00 – Concerto Camerata Ero Dictus
21.30 – Cantata – Soprano Elvira Rebelo

Dia 4 Dezembro (Sábado)

19.30 – Chorinho da Manguaba
21.00 – Bloco Pinto da Madrugada

Deixe uma resposta