CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Domingo … Almanaque “FF”

– 1º DE MAIO DE 2022

– BOLSONARO

– TODO SENTIMENTO

– LIBERDADE

– 1º DE MAI DE 2022

Nesta mesma data, em 1994, perdíamos Airton Senna em Imola. Todos lembram onde estavam e o que faziam no momento do acidente. O mundo parou e chorou copiosamente.

E até hoje ele permanece vivo em nossos corações. “Existem pessoas que deveriam ser proibidas de morrer” nenão Sancho?

Senna não era deste mundo. Não mesmo. Dizem que já existem “ET’S vivendo entre nós. E se for verdade ? Senna certamente era um. Pensando bem, em termos de sentimentos, a imortalidade existe. Ele foi admirado e amado na mesma proporção de sua grandeza naquilo que escolheu fazer. Deixou exemplos. Inúmeros. E assim permanecerá para sempre. Então, “o para sempre” é real, quase palpável.

Mas (assustado) o que tudo isso tem a ver com 1º de maio de 2022?

Tudo e, espero, nada (morte) ao mesmo tempo e isso leva ao próximo tópico “Bolsonaro”.

– BOLSONARO

Um homem que nos surpreende. Que passamos a admirar cada vez mais. Muitas vezes ficamos na dúvida (como após o 7 de setembro) Ultrapassa seus limites todos os dias. Para nossa “sorte” não nos deixou após a covarde facada.

A determinação e a grandeza, similares as de Senna, com que conduz nosso país sendo dele o Presidente não é deste mundo. Seria também um ET ? E se for verdade?

Este dia de hoje também ficará para a história, para sempre. Milhares nas ruas em apoio ao homem que está disposto a dar sua vida por LIBERDADE! Brasil e brasileiros LIVRES! Simples assim e assim será. O pulso firme e uma canetada que aguardávamos ansiosos veio com o Indulto da Graça para Daniel Silveira.

Disse Paulo Figueiredo:

“Eu diria, eu vou além tá, eu diria que é o momento mais feliz de todo governo Bolsonaro quando ele toma uma atitude concreta, corajosa e é importante que ele mantenha essa atitude para preservação de um direito constitucional de liberdade. Essa é a situação mais importante que está acontecendo aqui. O que só não pode acontecer agora -esse é um momento de encruzilhada, de bifurcação da democracia brasileira. O que não pode acontecer é o Presidente voltar atrás (e não vai) e ceder nesse momento. A Lei é clara, a prerrogativa é presidencial. Neste momento ele está fazendo cumprir a constituição defendendo as liberdades individuais do povo brasileiro contra um tribunal tirano, um tribunal de exceção.”

2022 é o ano. Ou Jair ou já era. (E Lula É ladrão).

Mudando a letra:

“Abre as asas sobre mim oh senhora liberdade/Abre as asas sobre “nós” oh senhora liberdade
Eu fui condenado sem merecimento / Daniel (e outros) foi condenado sem merecimento
Por um sentimento, por uma paixão / Por um sentimento PATROTISMO por uma paixão BRASIL
Violenta emoção pois amar foi meu delito / Violenta emoção pois FALAR foi meu delito
Mas foi um sonho tão bonito / Mas É um sonho tão bonito
Hoje estou no fim senhora Liberdade / Hoje estou feliz senhora liberdade
Abre as asas sobre mim / Abre as asas sobre NÓS
Não vou passar por inocente / Não vou passar por negligente
Mas já sofri terrivelmente / Já aprendi e vou em frente
Por caridade oh liberdade / Por nosso Brasil oh liberdade
Abre as asas sobre mim / Abre as asas sobre NÓS

TODO SENTIMENTO

(Emprestando e sugerindo canções)

“Oi, só queria te dizer, foi tão bom te conhecer
eu não sei como explicar.
É como se eu pudesse ver
o que há dentro de você
chegou pra me completar … “
– Talismã sem par – Jorge Vercillo

Não seria eu se não falasse de amor, de novo, de novo e de novo … sempre, pra sempre. Como traduzir amores de alma. Que se conhecem desde sempre. Que já têm encontro marcado para daqui a dois dias ou dois mil anos? Almas de tantas vidas que se reencontram sem ter conhecimento disso. Só conseguimos perceber e sentir se deixarmos falar o coração. Pode ser um filho, um amigo, um parceiro. Estas almas são abençoadas… e devem ser sempre “agradecidas” pela graça do reencontro. Isso é espiritual … são os mistérios mais que misteriosos da vida…

“É o meu ponto de vista, não aceito “turistas”, meu mundo está fechado pra visitação”.
“Como areia movediça, quanto mais me mexo mais afundo em mim”
“Eu moro num cenário do lado imaginário…”
– Coisas que eu sei – Dudu Falcão –

Vivemos, hoje, num mundo inundado de escuridão. Bebericar uma dose de amor diariamente pode e vai fazer a diferença. Encontre-o dentro de você e distribua-o com abundância. Acredite.

“Sem amor eu nada seria “
– Monte castelo – Renato Russo

“Deus nunca coloca no coração da gente um sonho impossível de se realizar”

Agora é com vocês. Tirem um tempo. Façam uma serenata. Agradeçam seus amores, seus reencontros (mágicos) de almas (SS-agradecida), a vida!!! (Adônis e Violante, tem o dedinho do compositor Chico Buarque (longe de mim as escolhas políticas dele) na linda composição logo abaixo)

Um excelente domingo a todos.

PS – Jair Messias Bolsonaro É ele ou já era. Que não aconteça aqui o mesmo que aconteceu nas eleições dos EUA. E o que dizer da França ?

34 pensou em “SCHIRLEY – CURITIBA-PR

  1. Schirley, “A Inspiradora”: moça, você amanheceu hoje inspirada com toda a linda imaginação do mundo. Que bonitas suas palavras. Para mim, faz jús ao seu título.
    E, no final, concordo totalmente com você: ou Jair ou já era.
    E, pelo jeito, o arrependimento por votar na esquerda já toma conta da parcela idiota da gente que nela votou: Estados Unidos, Chile, Perú e, agora, a França. Quem viver, verá.
    Desejo-lhe um lindo primeiro de maio, cheio de alegria, junto aos seus queridos.
    Beijão estraloso,
    Magnovaldo

    • Bom dia Big Smile,

      Vamos fazer a nossa parte para no Brasil imperar a “Liberdade”.

      Agradecida por suas palavras.

      Um beijão estralosaço pra você também e aguardando sua vinda para o “nosso” país.
      Bom domingo.

  2. A religião bolsonarista é incurável assim como a religião lulista. os adeptos das duas são capazes até de matar por seus deuses. E pensar que os dois são aliados. Senão vejam: em quem bolsonaro votava quando era congressista? E não foi a união dos dois que acabou com a lava jato?

    • Obrigada por passar por aqui Flávio.
      Se João Francisco passar por aqui gostaria que ele respondesse sua pergunta.

      Bom dia

    • Caro Flávio, eu estive na maior manifestação popular que este país já teve. Foi no dia 7/09/2021 na Paulista em SP. Estava cheio, cara, muito cheio. Não era só a Avenida que estava lotada, eram suas transversais também. A Alameda Santos (paralela) estava interditada e tinha muita gente. Falar em 1 mi de pessoas é ser conservador.

      Todos ali eram apoiadores do Bolsonaro, mas não eram bolsonaristas no sentido de fanatismo religioso. Posso lhe dizer que a maioria nem ouviu o que Ele falou (não era possível para a maioria). Não houve uma lata de lixo tombada. Nos vários carros de som, havia anúncio de carteiras e celulares que eram achados. Idosos, crianças e deficientes estavam no meio da multidão.

      Ninguém que estava na manifestação pediu revolução, fim do STF, intervenção militar. Basicamente todos queriam só uma coisa: LIBERDADE.

      Com a graça concedida ao Deputado Silveira, Bolsonaro mostrou que está a favor da liberdade. Não concordo com nada do que Silveira falou, mas como cidadão e principalmente como Deputado ele tem o direito de dizê-lo. É o que está na nossa CF.

      Bolsonaro já confessou que era estatizante e que votava neste sentido com o PT até 2014. Ele mudou, evoluiu. Até 2017 eu tinha sérias dúvidas sobre Ele ser o melhor para o país, hoje não mais. Eu mudei, eu evolui. E você?

      Um abraço. Espero que v. abra sua mente para o que realmente está acontecendo no nosso país.

      • Saca essa, João Francisco,

        Para concorrer à FRASE DO ANO: “O Capitalismo é o sistema mais escludente que o ser humano já criou. ele exclui o fraco, o preguiçoso, o esperto, o molenga, o puxa-saco, e toda corja que busca enriquecer ou sobreviver sem trabalhar. Ele só permite a inclusão de um tipo de pessoa: o trabalhador. Por isso ele é demonizado por tantos.” Lucio Stuani.

        • Sancho,

          A frase é perfeita.

          Nada do d. Matt ainda. Certa vez ele comentou que Cícero ligava pra ele vez ou outra. Quem sabe Ciço não pode nos dar alguma notícia.

          Estou um tanto apreensiva sem notícias das manifestações programadas pra hoje.

          Aqui nublando agora.

        • Caro Sancho, entendo que o Capitalismo é apenas uma parte do que defendo para o país.

          Junto com a democracia ele tenta excluir o fraco, o preguiçoso, o esperto, o molenga, o puxa-saco, e toda corja que busca enriquecer ou sobreviver sem trabalhar.

          Porém sozinho ele é fraco, pois também privilegia a ganância e os tais pecados capitais.

          Para ser justo, precisa juntar o capitalismo com a sistema de crenças judaico – cristão, a filosofia grega e o sistema de justiça romano, Aí a riqueza, mesmo que de uma minoria servirá para o bem de todos.

          Abraço, caro amigo

  3. Uma pena, depois que CHICO afirmou com todas as letras que comprava e comprou várias musicas que cantamos e e enaltecemos como se dele fossem, hoje as ouço com aquela dúvida, será que é dele ou de algum músico e poeta que não tem o seu nome e credito nas gravaçoes do ex ilustre.

    • Pois é. De qualquer maneira é um excelente compositor.
      A dúvida vai permanecer
      Nesta canção ele “participou” da composição apenas.

      Abração e bom domingo

  4. Divina inspiração, Schirley! Músicas lindas, principalmente a do compositor Chico Buarque de Holanda, o gênio que aos 22 anos já encantava o Brasil com A Banda! Um verdadeiro fenômeno!!!

    Bom domingo!

  5. “Existem pessoas que deveriam ser proibidas de morrer” nenão Schirley?

    Alguém sabe algo do DMatt?

    Estava Sancho em Salvador, mais precisamente em Amaralina. Não foi tristeza, foi angústia… Era maravilhoso ver o pequeno imenso Senna fazer um carro correr…

    Prova inconteste de que o JBF é um espaço repleto de democracia…Em texto schirleyano, bolsonarista como poucas, há espaço até para lulistas e também ara o comunista Chico Buraco (nunca li seus livros, nunca gostei de suas músicas – aversão ao cabra ou a ideologia? Não sei e não perdi tempo pensando).

    Está o leitor/eleitor que vota na esquerda prontinho e doidinho para “gozar”, como venezuelanos, cubanos, argentinos, bolivianos, peruanos e chilenos do comunismo (irmão siamês do socialismo) na veia, a partir de 2023?

    É jair ou já Era – #fechadocomBolsonaro.

    Mera coincidência ou teria a moça transformado o domingo? Nuvens, chuvisco e frio cobriam o ABC na sábado e o domingo amanheceu iluminado; brilha o sol lá fora, brilha Schirley cá dentro deste crônica fubânica.

  6. Bom dia ensolarado pra você lindão.

    Nesta música o tal Chico apenas participou da composição.
    Tenho tanta aversão quanto você.
    A intenção era você gostar desta.
    “Seguir encantada ao lado seu”.
    Estou estranhando a ausência do nosso d.Matt tbm. A última vez foi na coluna do Cícero. Penúltima acho eu.
    Quanto ao Senna dizem por aqui que sou viúva dele. Entre milhares.

    Bom domingo e a luz, repito, vem de você, sempre, pra sempre.

    Besos

  7. Mais outro pitaco antes de escrever a resenha:

    Passei no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem no carro de um colega.

    Perguntei para ele se Dona Lundu fosse viva ela aconselharia o povo brasileiro a votar no seu filho novamente.

    Sério, ele me respondeu:

    – Não vote nesse anti-Cristo não, se ele teve a coragem de torar um dedo da mão para ficar enganando o povo, será capaz de engabelar a nação novamente com as suas promessas maldosas satânicas, anti-Nação!

    Meu filho é a reincarnação de satanás!

    • Caro Ciço, passei uma vez uma vez apenas pela avenida da orla de Boa Viagem em Recife. Vi duas grandes caixas d’água brancas, perguntei então a quem nos guiava o que faziam aqueles depósitos de água bem naquele lugar privilegiado, ao que ele me respondeu que eram obras de Niemayer em homenagem à mãe do Cachaça, D. Lindu.

      Eu, que já não gostava das obras do Arquiteto que copiou Le Corbusieur (seu inspirador), passei a não gostar mais ainda.

      Abraço

      • Que absurdo. Cada vez aparecem mais “desvios” do larápio.

        Quanto ao arquiteto, temos aqui o “museu do olho” que não aprecio de forma alguma. Não representa nossa cidade em nada.

  8. Que bom ! Um domingo com cara e gosto de domingo ! Schirley voltou !

    Senna , um Mito ! Como muitos , estava assistindo à corrida e torcendo por uma reabilitação do Ayrton naquele campeonato já que não tinha iniciado bem a temporada enquanto fazia ajustes na sua Williams . Me lembro que quando o corpo chegou ao Brasil , saí para trabalhar pela manhã mas deixei , como forma de homenagem ,sobre minha cama um boné azul do extinto banco Nacional e uma camiseta com o rosto dele . Ele era quase como um ente de todas as famílias brasileiras .

    “ O destino decide quem entra em nossas vidas ; as atitudes decidem quem permanece “

    As atitudes e palavras Schirleianas permanecem em mim !

    Abraçação !

    • Caríssimo di Domizio,

      Que coisas lindas de se dizer.
      O astral vai às alturas !!!

      Só estou apreensiva porque não recebi nada ainda sobre as manifestações de hoje.

      Um abraçação pra você também.

    • Schirley, não fique triste.

      O PT fez uma única manifestação, na praça C. Miller no Pacaembu em SP. Com a presença do Alcoólatra, D. Mercury, muito dinheiro das C. Sindicais (todas). Ainda sim não é que deu pouca gente. Não foi ninguém.

      Vá agora no Globo.com. A primeira foto mostra em ângulo fechado quem foi à manifestação do PT, parece muito, mas não dá mais que 500 pessoas.

      As manifestações em favor da Liberdade foram em Copa-RJ, Brasília, SP, BH. Nós ficamos mal acostumados, pois ano passado lotou. Mas não dá para comparar com o PT. Somos maioria.

  9. Schirleyinha, querida. Esqueça o perigo e deixe o barco atravessar o rio, mesmo com a correnteza braba.

    Dizia minha avó materna, a lendária Dona Dinda, preta veia do rabão: “Meu bloco já está na rua frevando com o povo. Quem tem de se preocupar com o dele e ele e não eu!”

    Sábias palavras de uma ex escrava, que reflete no meu ouvido até hoje para tais ocasiões.

    Obrigado, queridíssima, pelo eclético e maravilhoso texto. O JBF sem a Diva fica cotó!

    Abraçaço,

      • Conversei com ele semana passada.

        Ele demonstrava está bem de saúde, e assistindo aos seus filmes prediletos.

        Tenho certeza como ele vai aparecer depois de eu publicar “MARIA CAETANA VISITA O CABARÉ DE MARIA BAGO MOLE.” Crônica dedicada a você, (a Diva), à Violante Pimentel (Vivi – a Dama das crônicas do JBF, a Sancho, a D.Matt., a Adônis Oliveira e a todos da Confraria da Gazeta Escrota.

        Abraçaço e xeráço

  10. Obrigado, gente maravilhosa.

    Vocês são demais.

    Acontece que me aposentei novamente, desta vez, ao chegar aos 87 anos
    resolvi que vou aproveitar todos os minutos que me serão doados pelo bom Deus
    para utiliza-lo nas leituras, pois para mim, depois do bom Deus, a coisa que mais gosto é de ler um bom livro.
    Mas podem todos estar certos que não me esqueci desta magnifica confraria
    de amizade e gente da melhor qualidade, que certamente não encontraria
    nada semelhante em toda internet.
    Nunca imaginei que um dia poderia encontrar pessoas tão qualificadas e de
    bom coração que se preocupam com os seus colegas , que fazem parte de
    um grupo tão selecionado e que orgulha, tenho certeza, o nosso editor
    Berto por ter criado essa confraria de amigos com tanta exuberância de
    talento e excepcional qualidade.
    Fico orgulhoso de um dia ter participado, como comentarista voluntário
    desse grupo de talentosos amigos.
    É claro que vou sentir saudades, mas com alguma relutância, deixarei da lado
    ( por alguns instantes ) meus queridos livros para apreciar seus magníficos
    comentários de gente especializada no assunto.

    Onde eu encontraria gente da qualidade de um Sancho, Schirley, Ciço, Berto, Brito
    João Francisco, Di Domizio, Violante etc…

    Peço a Deus que abençõe a todos vocês.
    Um grande abraços à todos.

Deixe uma resposta