DEU NO JORNAL

Hoje, dia 20 de outubro, se completam dez anos da morte do ditador da Líbia, Muammar Gaddafi.

Aquele que era muito elogiado pelo petista Lula.

Ele foi capturado e morto, na rua, dois meses após a queda do seu regime.

* * *

Quando li esta notícia aí de cima, meu peito se encheu de pena com a maldade que seus conterrâneos fizeram contra este grande estadista.

Foi executado pelo povão impiedosamente, no meio da rua.

Levou tabefes que só a porra no pé do ouvido, até exalar o último suspiro.

Seu querido amigo e admirador, o também grande estadista Lula, certamente está cheio de lembranças do parceiro,  e vai chorar de saudades o dia todo hoje.

Confesso a vocês que fiquei com o olhos marejando…

Xiuf, xiuf, snif, snif…

“Vamo batê palma que o cumpanhero Kadafo merece”

Gaddafi era simples, recatado e humilde, como todo bom democrata

1 pensou em “SAUDADES

  1. Fiquei puto com o Muamar Kadaver , porque não deixou um testamento legando-me seu harém . Só não queria a parte de bichas que dizem que ele comia . Será que ele não jantou lula ?.

Deixe uma resposta