FERNANDO ANTÔNIO GONÇALVES - SEM OXENTES NEM MAIS OU MENOS

1. Retornam com ares didaticamente renovados, sem os chiliques verborrágicos dos que ainda se imaginam nos anos 30, livros e revistas que proporcionam prazer e ampliam a criticidade. Esta última, retirada propositadamente dos estabelecimentos de ensino pelo regime militar, favorecendo a ampliação dos níveis alienatórios da juventude brasileira, exceções à parte. Urge voltar a conhecer nossa casa mental, para melhor organizá-la. Recomendo o livro de um notável Juiz de Direito de Minas Gerais: MIND, Haroldo Dutra Dias, SP, Intelítera, 2021. Páginas que possibilitam resgatar, de forma consistente, nossa autonomia, nosso equilíbrio emocional e nossa serenidade, raciocinando sempre e nunca despojado de múltiplas esperanças. Sem cientificiquês nem malabarismos tecnocráticos. E sem negativismos incultos.

2. Numa sala de aula de escola de periferia, professora dedicada pergunta ao aluno o que acontece com um pedaço de ferro deixado ao relento. A resposta “enferruja, fessôra”, merece aplausos entusiasmados, proporcionando nova pergunta: – E com um pedaço de ouro, o que acontece? A resposta veio de bate-pronto: – Desaparece rapidinho, professora! Mais aplausos.

3. Desabafo sincero de uma personalidade nordestina de médio saldo bancário: “Homens gostariam mais da palavra monogamia se ela se parecesse menos com a palavra monotonia”. É chegada a hora das duplas se reinventarem…

4. Para os adolescentes que desejam pensar, sem perder a ternura jamais, uma leitura altamente recomendável é o livro Fundamentos da Filosofia, de Gilberto Cotrim, já na enésima edição, um fenômeno brasileiro. Aborda a filosofia sob os aspectos históricos e temáticos, ensinando sabedoria sob um contínuo quero-mais.

5. Solteirona já nas últimas, entrou numa farmácia e desabafou para o pobre do balconista: – Vim trazer esta porcaria de camisinha, que tá com defeito!! Diante do espanto do pobre rapaz, a resposta esclarecedora: – Tava vazia, menino!!

6. Simpatia para perder barriga rapidamente: Coloque uma vela branca num copo d’água e uma imagem de Santo Antônio enrolada numa fita métrica aos seus pés e se deite. Toque as pontas dos seus dedos nas ponta dos pés, dizendo “Santo Antônio, me tira essa barriga!” Faça isso 50 vezes por dia, todos os dias. É tiro e queda…

7. Muito oportuno relembrar a frase de J. A. Wheeler: “A era que virá há de nos mostrar o caos por detrás da lei”. Profecia ou intuição científica?

8. Bastante comentado o acelerado envelhecimento do ministro Paulo Guedes nos últimos tempos. Uma senhora da Capital Federal, assessora parlamentar, comentou para uma interlocutora de nível: – Pudera, é desgastante ser assessor de um incompetente mandatário que multiplica asneiras somente para aparecer nas mídias.

9. Excelente o artigo do Paulo Nogueira Batista intitulado Beato Salu, vítima da hipocrisia, publicado na Cata Capital 1179, de 20 de outubro último. No mesmo número, outro excelente texto, desta vez de Luiz Gonzaga Belluzzo, Os patronos de Guedes. Liberalismo é uma coisa, porralouqiosmo liberal é outra coisa, posto que a bolsonarização liberaloide do Brasil nos deixará de calças curtas e sem cuecas, descalços e cada vez mais famintos e deseducados..

10. A CPI da COVID comprovou como os “mérdicos” que defenderam a cloroquina puseram na lata do lixo os princípios básicos da profissão, escondendo-se sob um perfil de caridade e gentileza, mal passando de lobos ansiosos por ganhos financeiros.

11. Realidade triste: no Brasil, uma em cada quatro jovens de 12 a 19 anos deixa de ir à escola por não ter acesso ao absorvente.

12. De um competente analista político brasileiro, residente na capital federal: “A submissão da Petrobras ao ‘mercado’ resultou em tragédia para o povo brasileiro. O mesmo ocorrerá se venderem os Correios.”

7 pensou em “PETELECOS CUCAIS

  1. Prezado mestre,

    Mesmo com todo o respeito que a sua avançada idade merece, assim como a sua longa trajetória de vida como professor, está me parecendo que as besteiras que o senhor expressa estão cada vez mais alinhadas com a seita de um certo sapo barbudo de 9 dedos.

    Se a Petrobrás não estiver “submissa” ao mercado, vai estar submissa a quem? Aos governadores dos estados, ladrões contumazes e que cobram mais de ICMS nos combustíveis que toda a cadeia produtiva dos mesmos, desde o fundo do mar até o posto de gasolina? E quem é esse “Competente Analista Político” que excretou verbalmente semelhante imbecilidade?

    De onde o senhor tirou a monumental asneira excretada a respeito dos médicos que defendem a cloroquina, e saindo em defesa dos vorazes laboratórios farmacêuticos que nos impingiram a “vacina” que nos faz uma mudança genética que só Deus sabe onde vai dar?

    Quer dizer que, agora, as jovens funkeiras, que emprenham sucessivamente a partir dos 14 anos, de pais diferentes a cada vez e de quem mal se lembram, estão deixando de ir à escola por causa da falta de absorventes? Deve ser por isso que procuram tanto engravidar precocemente: simplesmente para não menstruarem.

    Quanto aos críticos de Paulo Guedes de língua viperina, que o senhor foi buscar no baú dos fracassados e rancorosos ex-gestores da economia brasileira, seriam muito mais honestos se enfiassem a língua nos respectivos rabos. Tiveram a sua chance e fracassaram fragorosamente. Agora, ficam detonando com os esforços de quem está simplesmente tentando acertar.

    Vou parar por aqui pois, se for detalhar cada uma das besteiras que o senhor escreveu, vai ser um outro artigo. Só lhe dou um conselho, e de graça. Coisa que, como consultor, não costumo fazer muito:

    VÁ CURTIR A SUA CADEIRA DE BALANÇO! Pare de se preocupar com essas coisas.

    A sua turma teve 16 anos no comando e a desgraça que fizeram está aí, bem diante dos nossos olhos. Já tiveram a sua chance. CHEGA!!!! De novo nunca mais!

    • Magnífica e antológica cacetada, Professor Adonis!!!

      Já copiei para repassar pros meus amigos.

      Este velho esquerdinha e desmiolado, com toda certeza não lê os textos e artigos dos demais colunistas deste magnífico jornal. Tenho quase certeza que ele não sabe que o senhor também é colunista do nosso jornal.

      Se ele lesse os outros colunistas, teria vergonha de publicar estas croniquetas imbecis. Aliás, não entendo a razão pela qual o Jornal da Besta, com um time de colaboradores de primeira linha, tem um colunista tão desmiolado como este.

      Pode ter certeza que ele só acessa mesmo a coluna dele, para ficar olhando essa sua cara de abestalhado e senil no cabeçalho. Não me lembro de ter visto qualquer comentário dele em outras colunas.

      Parabéns, Professor Adonis!!!

        • Este calunista , eterno aprendiz de qualquer coisa que não seja a sujeira da qual é mestre deve ter sido atacado pelo mais feroz covid , a ponto de estar menstruando tata baboseira. Sabendo da nojeira que aqui despeja por sua senil mente que mente prá caramba , leio apenas os comentários .

          • É extremamente lamentável fazer este tipo de comentário .
            Existem pessoas que com mente doentia vivem a criticar qualquer coisa de bom que se faça , apesar de não saberem fazer nada de útil , a não ser para si .
            Para estas pessoas estaria bom o “tirar o meu ” e não importa o teu . Mesmo tentando manipular opinião de outrem , tornam se úteis como exemplo do que não se deve seguir.
            Apesar de nos chamarem de gado , usam antolhos , viseiras colocados por seus proprietários .
            Não enxergam nos criminosos o crime. Mas pressupõem ver crime em quem combate ações criminosas. Que vergonha (ou falta ) !.

Deixe uma resposta