XICO COM X, BIZERRA COM I

Cine Cassino, Cine Moderno e Cine Educadora. Cinemas de minha cidade, Crato. Tio Amarílio, o meu Alfredo, não era o projecionista: abusado, mas talentoso em seu ofício, era quem desenhava as letras nas tabuletas espalhadas na cidade, anunciando o filme do dia. No Cassino assisti Marcelino Pão e Vinho e quase toda a série de Marisol, uma espanholazinha galega, linda. Infância longínqua. Parecida com a de Totó, um personagem do filme Paradiso, cuja doçura, ingenuidade e amor traduzem como é bom amar com o coração de uma criança. Logo depois passou a não nos interessar, crianças de então, o filme que iria passar. Bastava-nos o escurinho do cinema e a namoradinha ao lado, desencabulada e safadinha, no bom sentido. Aliás, no melhor sentido. Saudades do Cassino, do Moderno e do Educadora. Saudades, também, da namoradinha sapeca.

Toda a obra de Xico Bizerra, Livros e Discos, pode ser adquirida através de seu site Forroboxote, link BODEGA. Entrega para todo o Brasil.

2 pensou em “O CINEMA PARADISO DO MEU LUGAR

  1. Na minha infância e adolescência na cidade de Lajedo/PE, a minha diversão era assistir filmes no Cine Santa Isabel. Hoje, no imponente prédio funciona uma igreja. Saudades.

  2. Lajedo não é diferente de outras cidades, inclusive de capitais. Cito o exemplo do Recife: No Centro, ART PALÁCIO, TRIANON, MODERNO. Na Boa Vista, (esqueço o nome), e os cinemas de bairro: Torre, Cordeiro, Casa Amarela etc Acabaram-se todos.

Deixe uma resposta