7 pensou em “NOS TEMPOS DO COSTINHA

  1. Rodrigo, o Presidente não é humorista. É o presidente e deveria guardar a “liturgia do cargo” e não ofender os maranhenses nem nenhum outro brasileiro. Não foi eleito para isso..

    O povo sabe distinguir humoristas e não costuma lacrar nenhum.

    O presedente é um cargo muito mais importante do que humorista; ele deve cuidar bem do que fala, e nãoadianta depois pedir desculpas com a cara compungida que quer dizer “me desculpem, mas era isso mesmo que eu pensava”.

    Qual nordestino ele vai ofender agora?

    Te manca, Constantino, te manca JBF ( jornalista bolsonariano fanático)

  2. Vixe! Como este blog piorou! Fiquei uns tempos sem entrar e, quando entro, só vejo bolsonarista. Cruz credo! Ficou impossível ler alguma coisa. O que os fez ficar cegos?
    Eu gostava de ver, antigamente, o Goiano tirando de letra os comentários do pessoal.
    Rodrigo Constantino, Alexandre Garcia… A Besta também está a soldo do governo?
    Meu Deus!

    • Eu acho o seguinte: existe plena democracia no JBF. Goiano continua lulista, o ceguinho teimoso também, Artemísia, que nunca mais apareceu, agora, o pessoal fala muito de Bolsanaro, no meu entender, porque ele é o presidente. Se o presidente fosse você, já tinha falado também.

  3. Pingback: O EDITOR É REBAIXADO DE POSIÇÃO | JORNAL DA BESTA FUBANA

Deixe uma resposta