CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Meus amigos do coração!!!

Aqui no nosso querido estado a pesca é muito praticada.

Eu mesmo entendo demais de peixes.

Sou doutora no assunto. kkkkk

Vejam alguns tipos de peixes:

9 pensou em “NACINHA – CUIABÁ-MT

  1. Dessa última foto . Desde de quando Rodrigo Maia apoiou o governo Bolsonaro ou o Jair Bolsonaro ?
    E para o Moro , é só procurar a data de quando ele saiu de ” superministro ” ( palavras do Bolsonaro , com carta branca ) para virar um mero ministro .
    E se não quiser procurar deixo final de março, começo de abril/2019 .

    • Airton, Moro deixou de ser super ministro quando tentou colocar Ilona Szabó (progressista, abortista e contra armas) como sua assessora especial. Também tentou tomar conta do COAF para poder chantagear políticos e empresários.

      Se v. visse o vídeo do Paim sobre o Moro, caro Airton, iria entender o que eu estou falando. Mas v. se recusa a ver e não gosta.

      Moro era um infiltrado e Bolsonaro percebeu depois de já tê-lo nomeado. O defendeu da vaza-jato, porém foi traído. Moro vendeu o furo de sua demissão para O Antagonista / Empíricus ganharem dinheiro (anúncio foi feito numa sexta com a bolsa funcionando; teve muita alteração no dólar e mercado) .

      Esta é a verdade. Só cego não quer ver.

      • E lá vamos nós .
        O que significa carta branca pra vc ?
        Ilona Szabó seria uma num conselho que reunia ou reuniria mais de 20 integrantes . Seria simplesmente mais uma voz num conselho .
        Quanto ao Kim Paim , não vi , não verei e deixei de ver vídeos feitos por ele , a partir de um , que também não vi , cuja manchete era Moro se aproxima de Lula .Qual seria essa aproximação não sei , só que a manchete dava a entender que eles se aproximavam politicamente .

        • Carta branca não é porteira fechada e liberdade para fazer o que quisesse. Bolsonaro sempre deixou claro que tinha uma linha de governo, a conservadora. Quem fizesse parte de sua equipe teria que seguir esta linha que foi outorgada por 57,8 mi de eleitores.

          A Szabó era o oposto disso. Bolsonaro teve que se explicar com seus eleitores, que cobraram esta incoerência. Moro teve que se ajustar, mas não pediu o boné nesta ocasião.

          Deixou para outro momento mais delicado, quando teve oportunidade de lucrar (possibilidade de vender informações para O Antagonista) com sua saída.

          O Povo não perdoou Moro, que hoje não é mais o mesmo cara de antes. Ele não pode mais sair às ruas.

        • Ah, existe uma aproximação política entre Moro e Lulla sim, há muito mais afinidades ideológicas entre os dois do que de Moro com JB.

          Moro já admitiu ter votado no Lulla. Bolsonaro também já votou, só que se arrependeu, mudou (JB era estatizante). Moro hoje diz que Lulla cometei ilícitos e compara Lulla com Bolsonaro por causa das supostas rachadinhas onde não há nem sequer inquérito contra este.

    • Bolsonaro apoiou a eleição do Maia em fev/2019, pois este dizia que ajudaria nas reformas. A da previdência só saiu porque houve uma passeata gigante em 29/05/2019 exigindo isso. Maia sentou em cima de todas as medidas indicadas por Bolsonaro. Hoje não é mais ninguém.

      • Ai , eu te pergunto :- por que um presidente com mais de 20 anos de parlamentar , só na Câmara , acredita num corrupto ( ah , como Moro é um corrupto , segundo o Kim Paim , o Botafogo da Odebretch deve ser um time de futebol ) ?
        Segunda pergunta : por que os filhos do Bolsonaro não se candidataram a presidência da casas e todo os problemas com o congresso estaria resolvido ?
        Por que ao contrario disso , o presidente resolveu investir num cargo ( embaixador nos USA ) , que JAMAIS um filho dele seria aprovado ?

        • Tai algo que concordamos, caro Airton. A insistência do Bolsonaro em nomear o 03 para a embaixada dos EUA foi um erro que só o desgastou. Não seria aprovado no senado, assim seus filhos como não seriam eleitos para presidentes das casas legislativas, apesar da expressiva soma de votos que tiveram.

          O Rodrigo Maia tinha apelido na lista da Odebrecht assim como A. Dias (Alicate). Bolsonaro não o investigou. Moro sim. Moro teve até um depoimento do Yussef indicando que dava dinheiro para o Alicate e escondeu a informação.

          As denúncias do Paim são todas baseadas em informações obtidas na grande imprensa à época, portanto merecem destaque, pois Bolsonaro foi beneficiado.

          Eu posso dizer uma coisa, Bolsonaro pode cometido erros, este da embaixada foi um. No entanto não estava em lista alguma de propinas.

          E não me venha com história de rachadinha do Queirós, pois não há julgamento disso. A rachadinha do Podemos é oficial.

Deixe uma resposta