CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Berto

Provocações….

Quanto de dinheiro público é necessário para transformar o que já foi o maior jornal do estado na assessoria de imprensa do governador?

E os anunciantes que pagam caros anúncios neste Gazeta escrota?

Nem com o AI-5 se fez isto !

R. Você chamou o jornal A Gazeta daí de Vitória de “Gazeta escrota”.

Chupicleide disse que não pode: gazeta escrota é só mesmo o JBF.

Agora, vamos à ilustração que você nos mandou:

É phoda, meu amigo.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!!

Aqui em Recife, um canal de TV local botou uma câmara disfarçada dentro de um carro e saiu dedurando os bravos comerciantes que ousaram abrir suas lojas.

Comerciantes que ganham a vida ao lado dos seus empregados, assalariados que precisam levar o pão de cada dia pras suas famílias.

Estes abutres da grande mídia terrorista são uns canalhas felas-da-puta!!!

A imprensa funerária que atualmente apavora o Brasil inteiro é uma merda cujo fedor contamina os ares de modo bem mais perigoso e letal que qualquer pandemia existente no mundo.

Tomara que estes jornalisteiros babacas sejam contaminados com o vírus da caganeira eterna.

Deste modo, eles parariam de excretar em rádios, jornais e TVs e passariam o dia todo cagando suas bostas trancados nos banheiros de suas casas, sem ficar enchendo o saco da gente.

2 pensou em “LUIZ MEZETTI – VITÓRIA-ES

  1. Quando a população de bem começar a tratar esses dedos-duros como se faz nas favelas (quem assistiu “Tropa de Elite 2” sabe muito bem do que falo), vão repensar suas atitudes de cães sabujos do Progressismo mundial.

Deixe uma resposta