CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Meu patrício Editor Berto.

Publique, se possível, essa pérola de fado: “No cume da serra”

Para homenagear aqueles sinistros que praticamente moram lá nas terrinhas portuguesas. Não é verdade?

Devem estar aproveitando o friozinho de lá, no mês de janeiro.

Fugindo do calor insuportável, daqui das “terras de além mar”.

Até mais ver, nosso Camoniano, Berto!

Deixe uma resposta