CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Editor bestânico:

Publica essa aí na gazeta escrota.

É só para fazer raiva ao Chiquinho.

Um baita abraço desta prenda desde os pampas!!!

R. Vou publicar, cara prenda prendada.

Aqui se bota nos ares tudo que vocês mandam pra cá.

Agora, me tire uma dúvida:

Quem danado é Chiquinho?

Ceguinho eu sei quem é.

Mas Chiquinho eu desconheço.

E vamos às tuitadas que você nos mandou:

* * *

 

6 pensou em “LINDONEIA – QUARAÍ-RS

  1. Provavelmente sou eu.
    Mas o que eu defendo não é o Biden, na verdade estou me lixando para ele.
    O que eu acho nestes posts que sacaneiam o Biden e endeusam o Trump é a afobação dos post-istas muitas vezes fazendo acusações sem provas.

    Por exemplo, aqui no Brasil se você dissesse fraude nas eleiçõa, e não “supostas fraudes” poderia ser processado. Aqui a lei proibe você chamar um cara preso em flagrante por assassinato de “assassino”. Tem que falar “suposto assassino”.

    E essa bobajada toda a respeito do Trump me leva a perguntar:

    – Se o Trump fosse mesmo amigão do Jair Boquirroto, teria visitado o Brasil ao menos uma vez. Necas
    – Não teria elevado as alíquotas do aço brasileiro
    – não teria forçado o Boquirroto a engolir o etanol americano
    – teria mandado uns hambúrgueres para o 02 fritar em Brasília.

    Capisco, Lindonéia?

    Eu prefiro aguardar o resultado formal das eleições nos EUA, antes de dizer as bobagens que tenho lido.

    E quanto a me fazer raiva, Lindo, não faz nem cócegas. Apenas me divirto e aguardo

    😂😂😂😂😂😂😂😂

    • Puxa vida, Lindo, agora me dei conta de que as provas contra o Biden foram levantadas pelo Constantino, pelo Fiúza, pelo Olavo, pela Bárbara, pelo Boulos (assessorado pela Manu) pelo FBI, pelo FMI, pelo MST, pelo MTST. Cacildis, como sou burro!

      😎😎😎😎😎😎😎😎😎😎👀👀👀👀👀👀👀

  2. Eu estou com alguma dificuldade de entender uzamericano e não consegui identificar se eles estão cantando ou chorando. Deve ser choro. E ranger de dentes. Alguém perguntará: – Mas a cuma é que pode um eleitorado da maior potência do mundo, gente fina, ser capaz de eleger e querer reeleger McDonald Trump? A resposta é simples: – Trata-se do povo mais preconceituoso e racista do mundo. Quando andei por lá, há muitos, muitos anos, peguei um maço de cigarros no bolso (eu ainda fumava) e enquanto eu tirava um Chesterfield fui duramente criticado pelo velho texano ao meu lado: – Isso é cigarro de negro!

Deixe uma resposta