COMENTÁRIOS SELECIONADOS

Dois comentários sobre a postagem PODEM CONFIAR, GENTE: ELES DISPÕEM DE ELEVADO SABER JURÍDICO

H. Romeu Pinto:

Nessa capela de babuínos, outrora denominado país do futuro, tudo o que convém à esquerda, mesmo que infrinja a constituição, a lógica e tudo mais, recebe amor, carinho, requer um amplo conhecimento, é preciso analisar o contexto e por aí vai.

Os votos de alguns “nobres” partícipes do Pretório excelso, contrariando um artigo da Constituição Federal, é de um banditismo sem limites!

Mas, e sempre há um mas, encontra nas sumidades esquerdiotas, alguém que relativize, diga que o óbvio nem sempre é tão óbvio assim…

É muita cafajestagem!

Só não afirmo que seja falta de caráter, pois, muitas vezes há excesso dele (caráter)…só que mau!!!

* * *

Goiano:

H. Romeu Pinto Eba Lança, em Direito, muitas vezes o que parece óbvio não é tão óbvio assim.

Para conhecer o Direito, saber das coisas do Direito, falar de Direito… é preciso o quê?

Ora, como em qualquer ciência, é preciso estudar!

Estudar o Direito!

Quanto ao “caso concreto”, ou seja, o parecer do Gilmar Mendes e os votos que o acompanharam, não basta a panfletagem, é preciso que críticas sejam feitas em termos científicos, ou fica-se no ramo da pura bobajada.

* * *

17 pensou em “LEITOR IGNORANTE EM DIREITO LEVA UMA RESPOSTA EXEMPLAR

  1. Parabéns papa Berto.
    Pela primeira vez a reprodução das merdas do Goiano com o contraponto gabaritado de um fubanico lúcido. Só espero que o Goiano nao volte a comentar o próprio comentário .

  2. Temos o direito, como sendo a ciência das regras OBRIGATÓRIAS que presidem às relações dos homens em sociedade. O direito provém da Justiça.

    No caso do parágrafo 4º do art. 57 da CF, o constituinte quis que em uma mesma legislatura houvesse alteração da mesa diretora da Câmara dos Deputados e do Senado Federal a cada 2 anos. Simples assim. Para que não houvesse perpetuação no poder de uma só corrente de pensamento.

    Isso nada tem a ver com o direito à reeleição de presidente, governador ou prefeito, que são cargos executivos.

    Interpretar diferentemente disso é trair o pensamento que foi colocado na CF, ou seja, um golpe contra o país.

    Especialmente quando se é para atender interesses casuísticos.

  3. Gentem, eu também, assim como as redes sociais, tenho a impressão, e apenas a impressão (já que não li atentamente o relatório, nem tive acesso aos votos), de que o Ministro Gilmar Mendes viu um coelho no beco escuro, achou que era um cachorro e saiu correndo. As pessoas viram ele correndo e acharam que era um coelho, mas ele ficou com vergonha de fugir de um coelho e provou, por A + B, que se tratava de um cachorro, pois tinha pata, rabo, focinho, orelha e pelos, como os cachorros costumam ter, só não latia… talvez porque se tratasse de um cachorro mudo.
    E acontece que a descrição do cachorro foi tão boa que teve quem acreditou que era cachorro mesmo e até testemunhou.
    Quando umas pessoas alegaram que o bicho não latiu, Gilmar Mendes conseguiu trazer dos Estados Unidos, da França e da Itália alguns cachorros mudos, que serviram para mostrar que nem todo cachorro late.
    Ele também provou com antigos recortes de jornais que no Brasil já houve casos de coelhos atacando pessoas.
    O problema é que gente que não tem conhecimento de veterinária quer dizer que era coelho mesmo, e não cachorro, sem terem nunca visto nem dissecado um coelho na vida.
    Eu já tive coelho e já tive cachorro, mas nesse caso eu não estava no beco e por isso não posso garantir nada – podia ser até ser um gato, ou ser uma lebre, cujos os quais são tão confundidos que chineses costumam fazer pastel de um e dizer que é outro, nada a ver com vacina, talquei?
    Assim, dou por encerrado o assuntdo, perguntando: – O que nasceu primeiro: o torto ou a injustiça? A resposta a isso pode até não esclarecer nada, mas levará as pessoas a pensamentos profundos.

    • Eu fico impressionado com esta capacidade do Goiano de escrever um monte de coisa e não dizer absolutamente nada. A NASA precisa estudar este caso.

      • Você fica apenas impressionado.

        Eu fico besta, perplexo, atônito, tonto, leso, espantado, assombrado, aturdido, pasmado…

        Tem horas que eu penso que é brincadeira dele.

        Mas não é.

        Ele fala sério. E isso é de deixar a gente sem acreditar.

        • É, caro Berto, eu não encontrei estas outras palavras. kkkkkk

          Eu levo o Goiano muito a sério, pois ele me ajuda a compreender determinas psicopatias.

    • Rômulo, eu não costumo fazer críticas a livros que eu não tenha lido, para não ser criticado por criticar coisas para as quais eu não dispunha de competência para fazer críticas, por não ter tido conhecimento do teor do livro. Dito isso, que acho estar bem explicado, vou, pela primeira (talvez segunda, ou terceira) vez na vida, abrir uma nova exceção porque o autor é Psiquiatdra e, como todos estamos carecas de saber, todo psiquiatra é doido de pedra, com a exceção dos que são doidos varridos, para garantir que o livro todo é uma extremada bobajada. Vosu repetir: Bobajada. E para quem não entendeu, posso repetir, sublinhando, bo-ba-ja-da, e até mesmo gritar: BOBAJAAADAAAA!
      Digamos que, por exemplo, o autor do factóide, Doutor Rossiter, dissesse que a Política dos governos esquerdistas coloca produtores contra não-produtores, saudáveis contra doentes, jovens contra idosos, e uma raça contra a outra, pois os programas federais da agenda esquerdista usurpam a autoridade da comunidade e impedem que seus recursos para a assistência caridosa sejam usados em seus próprios pobres, doentes e idosos através de esforços voluntários. O que é promovido como “compaixão” nesses programas pode ser visto na realidade como algo divisivo e destrutivo, já que os políticos incitam o conflito com a propaganda do vitimismo, ao mesmo tempo em que alienam os cidadãos de seus próprios recursos comunitários e os desencorajam a cooperar voluntariamente.
      Ao terminar de ler isso o que dirias?
      Que esse cara é meio burro, é lógico.
      Mas seria pior se o cabra sugerisse que nos dois governos do presidente Lula você, o cidadão comum, não precisou fazer escolhas racionais que protejessem seu sustento ou sua segurança, não precisou garantir sua saúde com um piano médico, e não precisou pagar pela educação de seus filhos ou guardar dinheiro para quando for idoso, porque o governo fez tudo para você à custa de algudém, porque você, ou tu, como preferires, tendo vivido entre 2003 e 2010, dirás, porra, esse cara é biruta, porque isso absoslutamente não aconteceu e o Lula é o cara de esquerda mais sangue bom que todo o mundo sabe.
      Aí, Rômulo, é foda, porque eu não li, não quero ler, mas achei que esse psiquiatra é písico! e o livro dele é ruim demais.

  4. Esta Constitiuição custou ao Brasil mais de 5 bilhões de reais, em valores atualizados, para ser promulgada em 88, e agora vem um pessoal e diz que pode afastar o que está escrito lá. Cada letra, cada ponto custou muito caro para ser colocado na constituição, não dá para jogar na lata do lixo a cada julgamento. No caso da Constituição não para julgar “mais com a testa do que com o texto”, nela só vale o que está escrito.

  5. Caro Goiano,

    Considerei deveras criativos seus devaneios a respeito dos cachorros e dos coelhos de Gilmar. A maconha que fumastes era da boa! Seria “Manga Rosa”, lá do sertão do meu Pernambuco? Esta é reconhecida mundialmente por ter um excelente teor de THC.

    A minha explicação para todo o casa da votação do STF é bem mais prosaica: Simplesmente, seu Gilmar Mendes é um grandessíssimo patife filho da puta!

    Não chamá-lo-ei de canalha pois bem sei que o marginal se compraz em ser reconhecido como tal. Chega a ter orgulho disso.

    Quanto à maneira que proponho para que apaguemos este lamentável STF da história de nosso país, aguardem pela minha coluna de domingo. Lá, detalharei em bem mais detalhes a solução que aspiro. Com hermenêutica e tudo!

  6. Alguns comentários aqui, parecem com a frase da presidAnta : “Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder.” Talvez o escrito que alguns leem na constituição não esteja escrito e sim falado, portanto o que não está escrito na constituição e sim falado não é o que está falado na constituição e sim escrito. Aí eu fiquei um pouco perdido e não sei se a Constituçião está escrita ou está falada!

  7. E muita imbecilidade um estúpido que se diz advogado entrar na seara zoológica pra comparar animais apenas pelo som que emite. O que faria este indivíduo acreditar que morcego poderia ser um papagaio mudo.
    Pouco entende de denticao animal pra saber que mesmo cachorro mudo tem caninos desenvolvidos e que coelhos que atacam tem incisivos desenvolvidos…fora outras características que diferenciam os carnívoros dos lagomorfos.
    Já Gilmar Mendes e Goiano são indiferenciados por serem espécies exóticas columbideos caracterizados por fazerem merda na cabeca dos humsnos

Deixe uma resposta