DEU NO JORNAL

O Brasil passou vergonha: enquanto anula sentenças e viabiliza candidaturas de corruptos em 2022, os Estados Unidos condenaram à prisão o ex-executivo José Carlos Grubisich, réu confesso no esquema de suborno a partidos e membros dos governos do PT, de 2002 a 2014.

* * *

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou nesta terça-feira (12) que o ex-presidente da Braskem José Carlos Grubisich foi condenado a 20 meses de prisão naquele país, pela constituição de um fundo secreto milionário para subornar servidores públicos e partidos políticos brasileiros, principalmente o PT, durante o governo Lula.

Além de Grubisich, foram também condenados pela Justiça dos EUA funcionários da Braskem e da Odebrecht (rebatizada de Novonor).

O esquema ocorreu entre os anos de 2002 e 2014, quando o Brasil foi governado pelos petistas Lula e Dilma Rousseff.

* * *

Eu fico pensando, sonhando e imaginando:

E se Lula e outros bandidos brasileiros fossem julgado pela justiça dos Zistados Zunidos?

E se o Supremo daqui se parecesse só um tiquinho com o Supremo de lá?

Meu peito fica cheio de assupiração…

Deixe uma resposta