MARCELO BERTOLUCI - DANDO PITACOS

Como a imprensa brasileira teria noticiado os grandes eventos mundiais:

Roma, 476: “Rômulus Augustus reafirma solidez do Império Romano e diz que invasões bárbaras são apenas fake news”

Espanha, 711: “Governo garante que não há risco de invasão moura.”

Europa, 1345: “Governos negam epidemia de peste negra e culpam ‘interesses políticos’ pelos boatos.”

Europa, 1346: “Governo diz que pandemia de Peste Negra pode causar o fim do mundo se a população não respeitar as regras de distanciamento social, uso de máscaras e álcool gel.”

Bizâncio, 1453: “Imperador diz que queda de Constantinopla é um boato sem fundamento: exército otomano é fraco e não representa perigo.”

Itália, 1633: “Especialistas pedem punição a Galileu por divulgar notícias falsas e afirmam que não há comprovação científica de que a terra gira em torno do sol.”

Europa, 1846: “Governos negam epidemia de cólera e culpam ‘interesses políticos’ pelos boatos.”

Europa, 1847: “Governo diz que pandemia de cólera pode causar o fim do mundo se a população não respeitar as regras de distanciamento social, uso de máscaras e álcool gel.”

EUA, 1876: “Vitória do General Custer contra os índios liderados por Touro Sentado é tida como certa.”

Europa, 1870: “Especialistas garantem que os recém-inventados automóveis a gasolina jamais substituirão os cavalos.”

Europa, 1917: “Governos negam epidemia de gripe espanhola e culpam ‘interesses políticos’ pelos boatos.”

Europa, 1918: “Governo diz que pandemia de gripe espanhola pode causar o fim do mundo se a população não respeitar as regras de distanciamento social, uso de máscaras e álcool gel.”

Alemanha, 1957: “Comercialização da Talidomida é liberada pelas autoridades. Especialistas garantem que a droga é segura e sem contra-indicações.”

Deixe uma resposta