ESPINHEIRA DANADA

Comentário sobre a postagem O PROJETO DE UM BRASIL VITORIANO

Beradero:

Não temais nobre Goiano.

A furunfência, o deboche, o êxtase orgástico e a gaiatice estão garantidas.

Nada de épocas vitorianas!

Nada para mais o desbunde, o esculacho, o hedonismo.

Respiramos!

Graças ao nosso presidente que não renega o avanço da tecnologia.

Elegeu-se com as redes sociais.

Para espanto e desespero da grande mídia.

O que ocorre é o desmame da bezerrada de gravata de quem falava Duduca e Dalvan. (Espinheira, já ouviu?)

E cabe todos no trem do avanço, da liberdade e do sucesso.

A não ser que não queiras embarcar.

É direito seu, mas ficaremos tristes perder um talento tão precioso.

* * *

8 pensou em “ESPINHEIRA DANADA

  1. Beradero:

    Goiano tem uma doença chamada “Teimosia Incurável”, que a Psicanálise ainda não estudou a fundo suas manifestações, mas é um cabra inteligente, tolerante, bem humorado, amigo, honrado, sacana, gaiato, palhaço, animador de auditório, que abrilhanta as páginas do Jornal da Besta Fubana com seus artigos supimpas defendendo o sacripanta filho de Caetés, engaiolado na sede da PF de Curitiba.

    Goiano me lembra um sujeito que bateu com o carro dele no carro do nobre editor Luiz Berto, lá em Brasília.

    Estava todo errado! Mas não se curvou!

    Na época o delegado de polícia mandou fazer uma perícia no carro de ambos e ficou constatado que a culpa tinha sido do turrão.

    Chamado à Delegacia pelo chefe, ficou frente a frente com Luiz Berto. O delegado mostrou por a mais bem, de acordo com a perícia, quem teria sido o culpado pela batida, e pediu para ele se acertar com Berto os prejuízos materiais provocado no carro deste.

    Resposta do sacripanta a Luiz Berto:

    “Primeiro, eu não tenho dinheiro para lhe indenizar e, adespois, eu não sou culpado pelo senhor ter vindo em direção oposta à minha!”

    Luiz Berto, com essa benevolência sacra, percebendo que estava diante de um “teimoso incurável”, deu por encerrada a “audiência” e foi tomar suas cachaças.

    PAU QUE NASCE TORTO MIJA FORA DA BACIA!

    • Trata-se do maior salário do complexo midiático da Besta Fubana. É o equivalente a William Bonner, este da besta fera. Afinal, não é para qualquer um a tarefa de ser advogado do diabo. São anos de estudo, sobre as mais variadas matérias, e todas com doutorado. Vale o que ganha.

    • Um cara enfiou-se pela direita entre o meu carro e o meio-fio, estragou a moto, machucou uma besteirinha no pé, reconheceu a culpa, aí o pai dele chegou, militar reformado e então advogado, entrou com ação contra mim, o filhão mudou a história e eu paguei os prejuízos, Beradero.
      Morou?

Deixe uma resposta