DEU NO JORNAL

Um comerciante foi detido nesta quinta-feira (4) em São Paulo por anunciar em seu restaurante “um ano de churrasco grátis pra quem matar o João Doria Jr”.

O anúncio estava em um cartaz na frente da churrascaria La Casa de Parrilla, na Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo.

* * *

Esse comerciante errou o alvo.

Pedir pra matar governador dá cadeia.

Ele deveria ter seguido os inúmeros exemplos que estão na praça e ter pedido pra matar o presidente.

Não teria acontecido nada: continuaria livre, leve e solto.

6 pensou em “ERROU O ALVO

  1. Dória está matando todo dono de restaurante. Eles estão reagindo.

    Berto está certíssimo, para a esquerda, quem matar JMB não terá só 1 ano de churrasco, será o novo Chê. Aí não é ódio.

    Xingam o Adélio até hoje por não ter feito o serviço direito.

  2. Pois é ……..

    O convite foi lançado mas notem que é UM ABSURDO…….
    Imagina só ……. matar Doriana… !!!! como assim ???!!!!!.
    Se alguém resolver aceitar o convite …… eu vou chorar mutcho, mutcho, mutcho ,,,,,..

    Apesar de ser um grande FILHO DA PUTA, um verdadeiro calhorda, Doriana não merece morrer.
    Morrer é muito suave, digo violento.

    Um amigo dizia que pro cabra sofrer bastava um (ou vários) tiro(s) nas articulações de força….
    Joelho, cotovelo, calcanhar ou ombro

    Mas “craro” que não desejo isso para Doriana não …….
    Afinal um cara honesto, de palavra, leal, competente e quem sabe nosso futuro presidente …….

    UEBA …. !!! Aí quando for presidente podemos assassiná-lo que ninguém vai falar nada……

    KA KA KA ……

    Seria realmente uma comédia este nossa justiça se não fosse tão trágico para o povo brasileiro

    Patético ……… Tsk Tsk Tsk

    • Político preso pelo resto da sua vida? Aqui no Brasil varonil? Realmente foi sonho, caríssima Anita, de quem Sancho é muitíssimo fã.

  3. Se pra matar o Doria ganha um ano de churrasco grátis, o comerciante podia oferecer 3 dias de churrasco grátis pra quem matar um eleitor do Doria. Resultado semelhante e sem risco de cadeia

Deixe uma resposta