A PALAVRA DO EDITOR

Há mais de dois anos que este Editor foi expulso, barrado, enxotado do Twitter.

Fecharam a minha conta e justificaram dizendo que eu estava “propagando ódio” e “promovendo violência”.

A mensagem que me mandaram começava assim:

Sua conta foi suspensa e não será restaurada porque foi determinado que ela está violando os Termos de Serviço do Twitter, especificamente as Regras do Twitter contra a propagação de ódio.

Fique com ódio mesmo foi quando li essa justificativa escrota.

De lá pra cá, tentei voltar algumas vezes e tive todos os pedidos negados.

Tanto o meu celular quanto o meu e-mail já estavam na lista negra dos censores.

Desisti de tentar voltar.

Aí quando foi ontem, estourou a notícia de que o Twitter havia sido comprado pelo bilionário americano Elon Musk e que ele havia escancarado as portas deste precioso espaço.

Até foi feita uma postagem aqui no JBF, mostrando que ele havia mesmo libertado o pássaro azul do Twitter pra voltar a avuar pelos ares do mundo.

Pois quando foi hoje, desconfiado e sem acreditar, entrei lá e restabeleci minha conta rapidinho!

Foi vap-vupt.

A “liberdade de expressão” citada por Elon Musk está mesmo funcionando ao pé da letra.

Pois os leitores fubânicos que usam o Twitter e quiserem seguir este editor, é só clicar neste meu lindo fucinho que está na ilustração abaixo:

Agradeço antecipadamente a força que, tenho certeza, irei receber dos meus queridos amigos.

Abraços e uma excelente terça-feira!!!

16 pensou em “DE VOLTA AO TWITTER

  1. Parabéns, meu caro Berto! Eu, que nunca liguei nesta coisa de Twitter já estou pensando seriamente em abrir uma conta neste trócio e vou te seguir.

    Ah, de ontem para hoje, perfis de direita, como o da Bárbara, do Klm, OiLuiz, Ruschell, A Nunes, e muitos outros ganharam em média 20 mil seguidores. Assim, do nada, eles que antes ganhavam poucos seguidores, bombaram. Não é interessante?

  2. Parabéns pela vitória, meu caro Berto.
    Graças a visão libertária desse senhor (tomara que nunca mude de idéia).
    Restabelece-se a livre expressão, a verdade dos fatos e
    a opinião de cada pessoa sôbre qualquer tema ou assunto.

    Esperamos que tal atitude, sirva para contrabalançar o poder que aqueles outros donos absolutos das “bigueteques” têm. E que promovem vários cerceamentos e censuras aos seus usuários, no mundo todo.

    Tem aquele que gosta de ser vidente e fazer premonições. Sócio de indústrias farmacêuticas e de laboratórios.
    Muito preocupado em salvar vidas. Que está prevendo uma nova “fraudemia” mais devastadora ainda.

    Sua última preocupação com a raça humana, é, que ele vem aconselhando as pessoas à comerem carne artificial, produzida em laboratórios, que naturalmente ele deve ter participação. Para salvar o planeta, por causa da camada de ozônio que está sendo destruída pelo gás metano existente no estrume dos gados.
    Além da flatulência liberada pelos consumidores de carne bovina.
    É, ou não é, uma preocupação da peste, com a vida humana,
    que esse senhor bilhardário tem?
    Vôte! É coisa de outro mundo! Né não?

    O que tá faltando nesta pôrra de planeta, é Homem com culhões para acabar com essas palhaçadas todas. Como o nosso Presidente Bolsonaro também.
    Boa sorte e sucesso sempre, pra você Berto.

  3. Elon Musk sabe o que faz e John Bidê Pinico não sabe o que diz.

    Os Estados Unidos, nas mãos desse idiota, não tem caminho certo!

    Lamentável!!!

  4. Parabéns pela vitória merecida, querido Editor Luiz Berto!
    Já estou lhe seguindo.
    A voz do povo é a voz de |Deus!…

  5. Pingback: AVUANDO NAS ASAS DO PASSARINHO | JORNAL DA BESTA FUBANA

Deixe uma resposta