COMENTÁRIOS SELECIONADOS

Dois comentários sobre a postagem UMA MARAVILHA INTERNÉTICA ACESSADA NA HORA DE ACORDAR

Patriota:

Também sou um viciado fubânico.

Democracia se vê e lê aqui!!

* * *

Adail Augusto Agostini:

Quanto ao fato de ser um viciado JBêstico/JBFubânico/JBmaníaco – e outros merecidos e elogiosos adjetivos, garanto que sou mais um.

Pois, só tomo o meu café da manhã, se o meu notebook estiver sobre a mesa, e ao meu lado, ligado no JBF, para eu me inteirar da últimas e boas.

É a minha imprescindível e eficaz terapia ocupacional – para começar, o dia, de total bem com a vida.

Pois, graças a DEUS, existe o JBF – território luizbertiano, livre de qualquer censura, e acessado por milhares de internautas e outros tantos abalizados leirores-comentaristas/colaboradores – e, por isso mesmo!!!, a minha “luta” vai continuar – por aqui.

Como no refrão de uma antiga marchinha carnavalesca dos meus inícios:

“Daqui não saio, daqui ninguém me tira…”

E tem mais – parafraseando os fiéis muçulmanos com o seu “se-não-está-no-Alcorão-não-é-verdade” – podemos dizer – também:

“Se não está no JBF, é mentira”.

1 pensou em ““DAQUI NÃO SAIO, DAQUI NINGUÉM ME TIRA”

  1. Pois é!!! Eu entrei aqui em 2012, pois estava procurando sobre cultura regional, quando me deparei com essa eternidade de escrotidão!!! Daquele tempo pra cá, de Monsenhor a Cardeal eu já fui aqui no JBF!!! Isso era no tempo em que Luiz Berto era chamado de Papa Berto e nós, os seus súditos fazíamos desse antro, o centro da ICAS!!! É viciante mesmo!!! Vôte!!! Lá se vão 8 anos!!!E vamo que vamo!!! Ahhh!!! E tive a oportunidade de conhecer Luiz Berto e sua linda família pessoalmente!!! Foi arretado!!!

Deixe uma resposta para Maurino Júnior Cancelar resposta