4 pensou em “COMADRE INTÉ OUTRO DIA

  1. Parabéns pela lindeza dos versos, poetisa Dalinha Catunda! O saudoso poeta Zé Praxedes merece todas as homenagens! Adorei! Bjos.

Deixe uma resposta