MAURÍCIO ASSUERO - PARE, OLHE E ESCUTE

Sem dúvida a notícia mais comentada da semana foi o exame de próstata feito polícia federal no senador Chico Ribeiro, do estado de Roraima. O cara tinha uma agência particular do Rabobank e nela depositou R$ 30 mil. Pela primeira vez a PF foi obrigada a fazer lavagem de dinheiro, mas nada novo nesse Brasil de podridão. O que me espanta são coisas simples que não foram tocadas pelos críticos como, por exemplo, a origem do dinheiro ser desvio de recursos para enfrentamento da covid-19. O rabo do senador passou a ter uma importância maior do que a saúde pública porque a condenação foi por ele ter escondido dinheiro no rabo, não por ter desviado dinheiro para enfrentamento da doença.

Quando disseram que se tratava do vice-líder do governo os esquerdopatas de plantão começaram o “fora Bolsonaro” e a falar da corrupção do governo. Caramba, o cara não tem cargo no governo e foi colocado lá por solicitação do senador Alcolumbre. Quando o assessor de José Guimarães foi pego com R$ 100 mil na cueca, não houve associação com o governo do presidente Lula. Desde o começo dessa pandemia que se fala sobre os roubos que se alastraram mais do que o vírus. No Pará, respiradores de foram adquiridos por R$ 250 mil. A PF encontrou R$ 750 mil na casa de um secretário do governo estadual. O valor de desvio estimado é R$ 1,2 bilhão. A prefeitura do Recife recebeu a visita da PF em 5 ocasiões, em média, uma vez por mês. Compraram respiradores a uma empresa de ração e estes só foram testados em porcos. A corrupção é plasma. Corre nas veias das nossas autoridades (in)competentes. E ninguém reage. Pelo contrário. O congresso é leniente com tais situações porque cada uma deles tem mais do que dinheiro no rabo.

Num país sério, a único caminho para o caso de senador seria a renúncia imediata. Aqui, já se fala que os nobres parlamentares do senado estão se articulando para evitar que o Chico Ribeiro seja afastado. Em 2017, o senador Aécio Neves, flagrado, naquela conversa promissora com Joesley Batista, foi afastado do cargo por Edson Fachin. O que fez o senado? Disse que competia a ele a decisão de afastar ou não o larápio Aécio Neves do cargo e protegeram o cara. Ele assumiu o cargo novamente e, infelizmente, os mineiros pisaram na bola elegendo esse canalha como deputado federal. O que se espera de uma casa que tem canalhas do quilate de Renan Calheiros?

A questão da corrupção é, essencialmente, uma questão de educação. Que vem de berço. Um dia desses uma aluna fez uma postagem perguntando se quem tinha apanhado do pai ou da mãe havia se tornado um adulto melhor. Eu respondi que no meu caso não tinha a menor dúvida. As surras que levei de minha me fizeram entender bem direitinho o que eu podia fazer ou não. O que era certo e o que era errado. Ela nem precisava estar perto, mas eu sabia que se fizesse algo fora do escopo, sentiria o cinturão de couro cru. A obediência veio com a prática.

Agora, a culpa por tudo isso é parte da população. As pessoas votam em corruptos porque vendem seu voto, porque um corrupto famoso pede voto para outro corrupto e o parlamentar que você elege entra no corporativismo do congresso para proteger canalhas. Sabe o motivo? Ele próprio vai precisar de apoio quando suas falcatruas começam a aparecer. Quem não se lembra voto da Deputada Raquel Muniz no impeachment de Dilma? Vamos reproduzir:

“Meu voto é em homenagem às vítimas da BR-251. É para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão. Meu voto é por Tiago, David, Gabriel, Mateus, minha neta Julia, minha mãe Elza. É pelo norte de Minas, é por Montes Claros, é por Minas Gerais, é pelo Brasil. Sim, sim, sim”.

Isso foi num final de semana e na segunda o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, marido da deputada, foi preso preventivamente pela PF. Esses canalhas zombam da população porque contam com o voto de um bando de imbecis, de analfabetos políticos. Eu mandei às favas a ideologia há muito tempo. Voto em pessoas que conheço o trabalho e o caráter. Caso me decepcione, perde meu voto e passa a receber minhas críticas.

Francamente, eu não consigo entender como um cara com curso superior, professor, médico, advogado, etc. vota num partido corrupto, num candidato corrupto. Na Paraíba, o ex-governador Ricardo Coutinho tem uma medida cautelar que lhe impede de sair de casa. O cara foi pego em grampos desviando R$ 134 milhões dos cofres públicos. A executiva nacional do PT implodiu candidatura própria à prefeitura de João Pessoa para apoiar Ricardo Coutinho. Você consegue entender isso? Você consegue entender como se vota num ladrão? Por favor, me explique que minha capacidade cognitiva não permite.

16 pensou em “BONS COSTUMES

  1. Maurício, você escreveu “Num país sério,”. Você pode me citar, por favor, um exemplo de país sério? Abraço do Famigerado.

    • O Japão. O governo pediu desculpas a população porque um funcionário saiu do trabalho 3 minutos antes do horário previsto. Vou fazer uma relação de casos e lhe mando. Na verdade não é ter corrupção, mas ter punição

  2. Caro Maurício, o que aconteceu com este Senador por RR, Chico Rodrigues é resultado do estado atual da nossa política, onde parte dos eleitos entendem que têm o direito de receber de volta a verba das emendas parlamentares que conseguem.

    Este Chico pertence ao DEM, do Batoré, do Nhonho. Não pé de direita, nem de esquerda, centro, nada, é um oportunista. Quando recebeu a visita do UBER Black da PF Às 6 da manhã, pegou uma parte do dinheiro que tinha, enfiou dentro do short e achou que estava tudo bem. com o passar das horas, nervoso, se cagou todo no vexame que se sucedeu.

    Óbvio que a extrema imprensa tentou jogá-lo no colo do JB.

    – “Era vice líder do Bolsonaro no Senado”, dizem os jornais toda vez que se referem a ele.

    Sabe quantos vice líderes do governo tem no congresso? 26, isso mesmo, vinte e seis vice líderes. Este cargo existe para dar mais assessores ao parlamentar e para o Governo montar uma base de apoio. Quem os escolhe é o líder e suas funções é ajudar o governo na aprovação de pautas importantes.

    Com isso, a soltura do narcotraficante André do Rap pelo Narco Aurélio Mello, fato muito mais grave da semana passada, ficou para trás.

  3. Não creio que se deva associar a possivel amizade do senador com o presidente, que já vem desde antigamente.

    O Chico já vinha roubando há tempos, bem antes do Bolsonaro ter sido eleito.

    O que acho errado é:

    Todos os estados terem a mesma representatividaede no Senado. Você compara um senado eleito com pouco mais de 10000 votos com outro que par se eleger deve ter mais de 1 milhão de votos.

    E todos os estados têm 3 representantes no senado. Aí o voto de 3 caras que tiveram uns 20000 votos nototal se equipara aos tres representantes de uma estado como SP, que chegaram lá a bordo de 5000000 votos.

    Me lembro quando Sarney, que mandava no Maranhão, mudou o domicílio eleitoral para o Amapá; deixou o Maranhão para oresto da família e se elegia pelo Amapá com 10000 votos sem nem precisar fazer campanha.

    Mas não dá para mudar este tipo de representatividade com o que temos hoje, o remédio é aguentar.

  4. Pelo contrário professor, quem mais vota em partidos corruptos e, da corrupção participa , são os iluminats com curso acadêmicos. O povo mais humilde e sem instrução tem maior respeito pelos ensinamentos que recebeu de seus pais e de suas religiões.. O cidadão que vota em candidatos sem decência e caráter, é o ” analfabeto político “desinformado e alheio ao que acontece no lodaçal da política, independente de seu grau de conhecimento..

    • Eu não me referia, específicamente, ao povo pobre. Eu sei que os corruptos são apoiados pelos interesses. Agora, tem o voto de cabresto, por agradecimento, etc…

  5. Você consegue entender isso? Você consegue entender como se vota num ladrão? Por favor, me explique que minha capacidade cognitiva não permite.

    Pego a frase e uso-a referindo a todo o Brasil (seus cantos e recantos) que vai ás urnas, principalmente aquele grupo que nunca falta ao pleito eleitoral: Você consegue entender isso? Você consegue entender como se vota num ladrão? Por favor, me explique que minha capacidade cognitiva não permite.

    E na Bolívia acabaram de colocar o Evo de novo no poder através de um de seus “postes”. E na Argentina o povo quer a K. E na Venezuela votaram no time chavista. No Uruguay há um cara que anda de fusca. E em Cuba estão há 70 anos gritando “Castro eu te amo”.

    E lá vai a américa latrina cumprindo sua sina…

  6. Corrupção e ladroagem vem de longos tempos na nossa política. Só que as redes sociais estão desmascarando um grande número de congressistas. Daí o grande interesse (deles e da imprensa cúmplice) na censura à mídia sob esdruxulo argumento de fake news

    Lembram do polemico pacote anticrime que o próprio congresso barrou? Barrou, não, fez pior, aproveitou o oba-oba e desfigurou e incluiu vários textos em que se auto blindavam.

    Ex: Num dos “remendos” da lei anticrime diz que a revogação automática de prisões preventivas após 90 dias adveio de um maroto enxerto no texto que o Congresso empurrou no pacote anticrime, alterando o Art. 316, do CPP. Gente, isto é bolado e articulado num complexo contexto de pura engenharia jurídica. Pronto, agora sabemos porque e pra quem foi “fabricado” esta fórmula: o público alvo foram os próprios congressistas, traficantes endinheirados e empreiteiros.

    O Habeas Corpus de Marco Aurélio mandou soltar o réu, baseado no entendimento literal da lei e apontando que havia opressão ilegal ao coitado encarcerado mantendo-o em estado de prisão
    preventiva, oir estar preso mais de 90 dias sem formação de culpa e sem renovação da fundamentação da prisão.

    No momento o congresso nacional e o STF, são os sepulcros caiados da nossa infeliz nação.

  7. Assuero.

    sinto-me menos só, menos um Dom Quixote nessa inglória luta contra moinhos de vento. Belíssimo texto que, de fato, toca, em muitos pontos com o que eu havia escrito. Somos mesmo tão corruptos. E estamos bem representados por canalhas, venais e escroque de toda espécie. Saudades do tempo em que minha mãe era o promotor, juiz e executor da Vara de goiabeira da Infância e Adolescência. Afora que a “véia” tinha uma pontaria mais perfeita que o melhor sniper dos Zistados Zunidos. Não errava uma. A gente até podia fazer curva de arco de bugre, mas ainda assim tomava a cacetada do objeto lançado pela mãe. “Ah tempos bons… que não voltam nunca mais…Mamãe me acordava cedo, menininho tome banho não vá se aprontar, vou ficar lhe vigiando e no caminho da escola, você vê se dá um jeito de não se sujar”. Parece que Chico da Silva estava profetizando esses tempos bicudos que vivemos.

  8. É verdade Roque. A única coisa dos outros que eu chegava em casa era camisa de time de futebol. Todo domingo eu chegava com uma diferente. Depois de lavada eu devolvia ao “dono do padrão”. Há uns 6 anos eu encontrei uma carteira com R$ 600 e pouco, na calçada de minha irmã e junto tinha um cursinho. Chamei o dono e perguntei se ele tinha “perdido” a carteira. Ele confirmou e eu entreguei. O cara abriu e viu o dinheiro. Aí se admirou e eu disse amigo minha mãe ensinou que eu devolvesse, a tua deve ter ensinado isso também. Ele ficou todo sem jeito.

Deixe uma resposta