CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro Editor Berto,

Em 2008, Ciro Gomes foi vaiado em comício na cidade de Carnaubal, Ceará, e desceu do palanque para afrontar pugilisticamente os manifestantes adversários.

Em 2021, o mesmo Ciro Gomes recebeu vaias enquanto discursava na Avenida Paulista, tendo parte da multidão dirigindo-lhe vitupérios, seguidos por um coro uníssono e contínuo: “CIRO, VAI TOMAR NO CU!”.

Desta última vez, porém, Ciro não desceu do palanque para arrostar os oponentes.

Para seus prosélitos, Ciro Gomes está mais amadurecido atualmente, pois não se deixou levar pela emoção.

O preclaro Editor Berto, do alto de sua vasta experiência, e os aguerridos leitores fubânicos que dizem?

Um forte abraço,

R. Meu caro, deixo o seu pedido de avaliação pros nossos leitores.

Não costumo me ocupar com as cagadas desse demagogo idiota.

É impressionante saber que um babaca desse porte ainda tem eleitores.

Bom, se até Lula ainda tem eleitores…

É phoda!!!

6 pensou em “BOAVENTURA BONFIM – FORTALEZA-CE

  1. Houve uma pequena confusão quanto à segunda data. Foi 2021 e não 2011. Uma coisa é descer do caminhãozinho em Carnaubal – CE com militantes e a PM ao seu favor, outra é descer do trio elétrico em SP na Paulista e enfrentar os militontos da CUT.

    Macheza tem limites. Mesmo a do Cirão da massa.

    • Assiste-lhe razão, caro João Francisco, inclusive quanto à segunda data: 2021. Obrigado e parabéns pela acuidade!
      No ensejo, apelo para os préstimos do grande Editor Berto para pedir-lhe a gentileza de corrigir a segunda data (Avenida Paulista): de 2011 para 2021.
      ¡Muchas gracias, João Francisco!
      ¡Muchas gracias, Berto!

        • Obrigado, caro João Francisco! Teu primeiro comentário: “Uma coisa é descer do caminhãozinho em Carnaubal – CE…” , me faz lembrar o brocardo popular “Formiga sabe o pau que rói”. Abraços, Boaventura.

    • Assiste-lhe razão, caro João, pois esse tipo de doido dinheiro não rasga. A única coisa boa que tal cidadão fez na vida foi dormir por algum tempo com a belíssima Patrícia.

Deixe uma resposta