CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro Berto,

Envio-lhe dois discursos proferidos, em momento de raiva, por pessoas diferentes e em dias distintos.

É arqui-sabido que existe uma nítida diferença entre a fala de um ser humano que lê, e a fala de um ser humano indigente de leitura, principalmente diante da adversidade.

O ser humano que lê, isto é, o ser humano culto, transforma seu discurso raivoso em sublime poesia.

O ser humano que não lê, isto é, o ser humano indigente de leitura, transforma seu discurso raivoso em deprimente chularia.

Um forte abraço,

Vejamos:

1º) Discurso, sob raiva, de um homem que lê:

2º) Discurso, sob raiva, de um homem que não lê:

9 pensou em “BOAVENTURA BONFIM – FORTALEZA-CE

  1. O corno do breu , fugiu e foi para bem longe. Mas deve ter visto pela net , que o Presidente é o melhor estadista até agora que o Brasil já teve . Vagabundos e filhos da puta , são os canalhas igual a ele , igual ao molusco que junto com mais alguns envergonham Garanhuns , Pernambuco e o Brasil. Vamos Bolsonaro! Para cima destes canalhas que endeusam genocidas !. Estas porcarias não valem o que o gato enterra!.

  2. Aos leitores do Jornal da Besta Fubânica e ao grande Editor Berto.
    Apenas a título de informação, transcrevo links de dois vídeos para mostrar que o discurso, sob raiva, do homem que lê, transformou-se em poema musical. O primeiro contém uma declamação do discurso-poema feita por “Maria Bethânia”.
    O segundo vídeo traz o discurso-poema musicalizado. Abraços.

    https://youtu.be/DCrYsa8t5Ac

    https://youtu.be/GJpqIRBnLUg

  3. Boaventura, fora do assunto: percebo que somos de gerações diferentes, pelo seu linguajar e pela sua escrita. Mas, embora tenha saído de Fortaleza em 1967, esse seu “Bonfim” me soa familiar. Claro que, nada com o bairro Otávio Bonfim! Mas, você é natural de Fortaleza e de qual bairro? TEm algum familiar ligado ao esporte?

    • Fora do assunto – Prezado Oliveira Ramos, em obediência aos ditames das normas de regência do Jornalismo, informo-lhe meu correio eletrônico. Será um prazer manter contato com esse nobre coestaduano.
      boaventurabonfim@gmail.com

Deixe uma resposta