MARCOS MAIRTON - CONTOS, CRÔNICAS E CORDEIS

Tem uns dias que meu filho Álvaro está aqui em casa, aproveitando o período de férias para descansar, e para botarmos os assuntos em dia.

Álvaro mora em São Paulo, onde cursa Biotecnologia na USP. Na capital paulista, divide um apartamento de dois quartos com outros dois estudantes cearenses, o Felipe e o Pedro. Colegas do ensino médio que também foram em busca de novos voos.

Uma alegria recebê-lo aqui, depois de meses sem nos encontrarmos pessoalmente, ainda mais nesses tempos em que nosso cuidado com as pessoas mais queridas está mais ativo.

Desde que ele chegou, temos conversado muito, especialmente sobre a situação atípica enfrentada por eles (e por todos nós) este ano.

Aulas pela internet, isolamento social, convivência o dia inteiro por dias seguidos… e a ameaça constante de se contrair uma doença que já matou mais de 600 mil pessoas no planeta.

A certa altura de uma dessas conversas, entendi que estávamos falando de temas que poderiam interessar a muita gente, não apenas a nós. Propus que gravássemos um vídeo, e ele topou de imediato.

O resultado foi esse, que agora compartilho com você, leitor da nossa coluna.

2 pensou em “A PANDEMIA NA VIDA DE UM UNIVERSITÁRIO

  1. Dr. Mairton e seu filho Alvaro, futuro cientista, e, lendo o artigo tambem publicado aqui no JBF, (JOSÉ DOMINGOS BRITO – MEMORIAL,OS BRASILEIROS: Gaspar Vianna),O Dr.Alvaro tabem será um heroi, PARABENS e um grande abraço.

Deixe uma resposta