JESUS DE RITINHA DE MIÚDO

Versos desta colunista, revoltado por ainda existirem cenas como essa da foto abaixo:

A humanidade inteira
Perdeu de tudo a razão
O homem não evolui
Se não possui compaixão
Se lhe falta caridade
Se não enxerga a verdade
Na dor do seu próprio irmão.

Do que vale ter à mão
Tanta tecnologia
Discursar sobre direitos
Usando de hipocrisia?
Estamos todos doentes
De males nunca aparentes
Sofremos de “alma fria”.

Dia e noite, noite e dia
Há pessoas padecendo
De fome, sede e desprezo
Alguns vegetam vivendo
À margem da existência
E o deus homem (deus ciência)
Passa e finge não estar vendo.

7 pensou em “À MARGEM

  1. Estarrecedor. Imaginar que isso para um ser humano. Outro poeta, Manuela Bandeira, em 1947 escreveu

    O Bicho

    Vi ontem um bicho
    Na imundície do pátio
    Catando comida entre os detritos.

    Quando achava alguma coisa,
    Não examinava nem cheirava:
    Engolia com voracidade.

    O bicho não era um cão,
    Não era um gato,
    Não era um rato.

    O bicho, meu Deus, era um homem.

    Rio, 27 de dezembro de 1947

    O que mudou????????? quantos governos, quanto dinheiro desviado, quanta sacanagem com a população!!!!!

    • É, Assuero…
      Toca-me profundamente ouvir falar de sondas espaciais buscando micróbios em outros mundos, quando aqui na Terra ainda somos – de certa forma – bactérias humanas.

    • Estamos todos doentes
      De males nunca aparentes…

      Quando achava alguma coisa,
      Não examinava nem cheirava:
      Engolia com voracidade.

      Dizem boas e más linguas que nos paraísos socialistas tais cenas são muito comuns…

      Possivelmente quem fala tão mal de tais paraísos deve ser esse turma da direita, que INVENTS cada coisa…

      A imagem da criança na lama que parece água é de cortar o coração… A quem tem sede pouco importa a fórmula da água…

      O bicho não era um cão,/ Não era um gato, / Não era um rato. / O bicho, meu Deus, era um homem (no caso, um filhote de homem).

      • E esta reportagem da Agência Brasil é para alegrar Jesus de Ritinha, o povo do RN e a todos, como Sancho, que DETESTAM Bolsonaro: O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) divulgaram, nesta quinta-feira (26), a abertura de licitação para a construção do Sistema Seridó, no Rio Grande do Norte (RN). O certame vai selecionar a empresa que vai elaborar o projeto executivo e estudos complementares.

        O sistema Seridó terá mais de 330 quilômetros de canais adutores com interligações entre grandes reservatórios. Serão 14 estações de bombeamento de água, três pontos de captação de água, além de estações de tratamento. Segundo estimativa do MDR, a estrutura abastecerá cerca de 280 mil pessoas em 24 municípios do Rio Grande do Norte.

        O projeto será executado em duas etapas e contém 10 trechos. O Sistema Seridó Norte captará a água no Reservatório Armando Ribeiro Gonçalves, em Jucurutu (RN). O Sistema Seridó Sul levará as águas do Rio São Francisco a partir do Reservatório Oiticica.

        De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, as obras devem ser iniciadas nos primeiros meses de 2021. A perspectiva do governo é que o projeto esteja concluído até o final de 2022.

        “Nós esperamos começar essas obras logo após o resultado da licitação, no próximo ano, final de janeiro, início de fevereiro”, afirmou Marinho.

        O sistema é uma parceria do governo federal com o governo do Rio Grande do Norte e receberá um investimento total de R$ 280,6 milhões. Desses, R$ 8,6 milhões são para o projeto executivo.

        Os estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira e ambiental e o projeto básico dos sistemas adutores do Seridó foram realizados pelo governo do RN.

        Captação de água
        O Sistema Seridó Norte vai captar água no Reservatório Armando Ribeiro Gonçalves, em Jucurutu (RN), e inclui cerca de 190 quilômetros de adutoras de água, implantação e/ou ampliação de oito estações de bombeamento de água, implantação de um booster e ampliação da estação de tratamento de água de Jucurutu. O aporte federal nesta fase será de R$ 177,6 milhões.

        Segundo o MDR, o Sistema Seridó Sul levará as águas do Rio São Francisco, a partir do Reservatório Oiticica, para a região com a construção de 140 quilômetros de canais adutores, além da implantação de três pontos de captação de água bruta em sistema flutuante em Oiticica e nas Barragens Carnaúba e Esguicho.

        Também há a previsão de investimentos para implantação de seis estações de bombeamento de água e de um booster, além da construção da ETA Ouro Branco e da ampliação da ETA Passagem das Traíras. O valor estimado para desembolso do MDR é de R$ 102,9 milhões.

        Sistema Seridó deve beneficiar as seguintes cidades: Acari, Bodó, Cerro Corá, Carnaúba dos Dantas, Caicó, Cruzeta, Currais Novos, Equador, Florânia, Ipueira, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Ouro Branco, Parelhas, São Fernando, São Vicente, São João do Sabugi, São José do Seridó, Santana do Seridó, Serra Negra do Norte, Timbaúba dos Batistas e Tenente Laurentino Cruz.

  2. Somos bactérias humanas, Jesus Ritinha de Miúdo, e cobaias chinesas também! Sim, porque queremos ou não o coronavírus nos transformam e pragas humanas.

    Valeu, grande poeta por À MIRAGEM, que nos remete ao O BICHO, poesia modernista de Manuel Bandeira, que se insurgiu com o antimodernismo.

    Estou farto do lirismo…

    • Cícero, em março, de férias, sairei de Acary com a minha mulher e uma irmã dela em busca de Ourolândia (BA) sem muita pressa de chegar. Iremos de carro, apreciando lugares e pessoas.
      Embora não seja rota, nós passaremos no seu quintal.
      Um abraço.

Deixe uma resposta