DEU NO JORNAL

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou em primeiro turno um projeto de lei maluco, primor de intolerância e obscurantismo, que determina a substituição de monumentos e homenagens na capital paulista “que façam menções a escravocratas”.

Isso significa, na prática, que até o Palácio Anchieta, onde funciona a Câmara, vai ter que mudar de nome porque ONGs racialistas e ignorantes resolveram acusar o padre, importante personagem da História do Brasil, de “defender a escravidão”.

No falecido regime da URSS, ditadores costumavam falsificar a História “apagando” figuras que caíam em desgraça das fotos ao lado do ditador.

Se aprovada a maluquice, até o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, teria que mudar o nome.

Quem acha que isso ficará inscrito no anedotário político, esse projeto de uma vereadora do Psol foi aprovado por 30×14 votos em primeiro turno.

Vereadores deram dois votos a mais que o necessário, na aprovação em 1º turno.

Se obtiver 38 em 2º turno, seguirá para sanção do prefeito.

* * *

Isto aconteceu na Câmara de Vereadores da maior e mais importante cidade do país.

É phoda!!!!

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!!

E tinha mesmo que ser um projeto apresentado por uma babaca descerebrada do Psol, aquela sigla bostosa que está localizada no mais baixo nível no esgoto zisquerdal.

Se algum leitor fubânico souber o nome dessa idiota, me diga, por favor.

Estou aqui com uma garrafa de cerveja pra mandar de presente pra ela.

3 pensou em “A BABAQUICE CANHOTA NÃO TEM LIMITES

  1. Isso , só que forma mais sorrateira, já está acontecendo . O popular Minhocão mudou de nome , mas continuou Minhocão. Outras vias da cidade também mudaram de nome , saindo os nomes da ” ditadura ” para o nome dos ” progressistas “

  2. Até parece que mudar nome de alguma coisa mudará o país para melhor. Cuidar das coisas básicas, para o crescimento do país, estes mesmos politicos de “meia tigela” não querem. Querem somente baboseiras e papos furados.

  3. Alguem acha que apagando o que houve quando a escravidão era escancarada , ira acabar com ela ??? Acho que este erro ja foi cometido anteriormente, quando mandaram queimar toda a documentação referente a esta desgraça. Se não se falar, condenar e lembrar da existencia desta pratica mais que cruel, corremos o risco de vermos novamente escancarada a utilização da mesma.

Deixe uma resposta