VALE A PENA VER E OUVIR DE NOVO

Comentário sobre a postagem PLAYING FOR CHANGE

D. matt:

É incrível a qualidade musical de um povo.

Todos os artistas que compõem este vídeo são de primeiríssima qualidade e comprovam o que eu já disse em um comentário anterior, que CUBA tinha a melhor música de toda latinidade, um povo que era feliz, amável, e com um padrão de vida acima das demais nações latinas.

Isto antes da nação cubana ter sido ESTUPRADA pelos Castros e seus bando de ladrões e assassinos.

O que foi feito da música cubana? e de seus grandes artistas que não conseguiram fugir dos celerados comunistas?

Certamente hoje estão lavando privadas nos hotéis para para estrangeiros, onde antes eram ovacionados por turistas do mundo inteiro.

É muito triste a situação hoje em Cuba.

O depoimento de pessoas que visitaram a Ilha, ficaram comovidos vendo a tristeza a pobreza e medo de um povo antes alegre e que produzia a melhor música, antes da tomada do poder pelos carrascos ignorantes comunistas.

E ainda tem gente, esquerdistas e petistas, que defendem tamanha obscenidade.

* * *

Uma coluna como a do Peninha, só mesmo nesta gazeta escrota!!!

5 pensou em “VALE A PENA VER E OUVIR DE NOVO

  1. Esse d.matt tá escondendo o jogo. Ele não é bamba somente em cinema, não!!! O cara é um polivalente no ramo da boa cultura, né mesmo d.matt?!?!?!

    • Bondade sua meu caro amigo. Apenas procuro elevar o
      meu conhecimento musical e para tanto sempre procuro
      ouvir os grandes mestres Bach, Mozart, Handel etc.. e nunca
      esquecendo o nosso mestre maior H.Villa Lobos.
      Tenho algum conhecimento musical porque me entrosei
      no ramos da música à aprx. 50 anos, por isso acho que
      sei avaliar o que é bom ou o que é impostura.

      Não aceito gato por lebre, por isso mesmo não me deixo
      empolgar por ” orquestras de espetáculo “, com muita dança,
      muitas cores, e bajulações para o público.

      Se querem uma boa orquestra, vou citar apenas uma, mas
      poderia citar 2 ou 3 dezenas de ótimas orquestras internacionais
      e não espetáculo coreografado para iludir os desavisados.
      Uma verdadeira orquestra para mim é a de GLENN MILLER,
      ótimos músicos, grandes musicas, excelentes arranjos,
      com grandes crooners e por sorte nossa, todo o seu
      acervo está à nossa disposição.
      Faço um apelo, ouçam Glenn Miller e depois me digam o que
      acham, ok ?

  2. Meu jovem D.matt:

    Você, como sempre, nos surpreendendo a cada postagem feita aqui nessa Confraria de Desassombrado, como diz nosso editor Luiz Berto.

    Playing for Change, projeto multimídia criado pelo engenheiro de som americano Mark Johnson com o objetivo de unir músicos do mundo inteiro em prol de mudanças globais, da educação, da música, da união de todas as culturas, é um marco do capitalismo desenvolvimentista.

    Integra o projeto a Playing for Change Foundation, uma organização não-governamental que tem construído escolas de música em comunidades carentes do mundo inteiro, apenas com doações de empresários e voluntários que visam o bem estar coletivo.

    Quando fez um show na Austrália em 2014 cantando YAHAMBA, o conjunto Playing for Change provou por que é uma criação genial do engenheiro Mark Johnson.

    Meus parabéns Mestre pelo vasto conhecimento!

    • Caríssimo e sempre muito oportuno nos seus comentários, colega
      Cicero Tavares.

      O belo projeto Playing for Change, criado muito oportunamente
      pelo Eng. americano Mark Johnson deu muito certo porque foi
      criado sem viés político , por isso abrange todas as áreas da
      boa música em todas as partes do mundo.
      O nosso Peninha já postou por diversas vezes ótimos videos da série gravados em diversas localidades , países e regiões diversas
      com excelentes artistas, cantores , percussionistas ou corais que
      nos deleitaram com a sua arte e que são pouco executadas e
      pouquíssimo lembrados pela mídia atual que premia sempre
      o valor comercial e desdenha dos valores artísticos.
      Lembro dos excelentes videos gravados nas ruas, praças e outros
      tantos nos presenteando com belíssimos BLUES. Resistir
      a um BLUE bem cantado, aquele que vem de dentro da alma,
      Quem há de ?

      Fico feliz em saber que o amigo também é apreciador da boa
      música não comercial além de também ser um grande
      conhecedor da arte cinematográfica.

  3. O amigo me fez lembrar uma frase lapidar do capitalismo com resultado (redundância?):

    Não pense em ganhar dinheiro. Pense em trabalhar. O resultado virá depois!

    No “socialismo” essa lógica é invertida para enriquecer bandido e fuder pobre.

Deixe uma resposta