12 pensou em “VAI TOMAR NO OLHO DO FURICO, DONA GLOBOSTA!!!

  1. Uma curta frase de manchete, duas lacradas:

    1 – Parte do princípio que houve execução do Lázaro e não morte após confronto;

    2 – Se houve execução (morte sem confronto), evidente que houve excesso.

    PQP, a Globo vai de mal a pior.

    • João,
      A frase da foto revela que o autor andou faltando a algumas aulinhas básicas de português, pois em toda execução iserida está doses cavalares de excesso.

      Inclusive colocam por conta própria o termo execução quando a polícia trata apenas de reação aos tiros disparados pelo meliante.

      Havia alguém da emissora no local (testemunha ocular ) onde ocorreram os disparos para sentenciar que houve execução?

      • Obrigado Pelo complemento, caro Sancho, foi justamente esta a conclusão que eu queria que nossos leitores chegassem.

        Abraço

Deixe uma resposta