A PALAVRA DO EDITOR

O Instituto Data Besta, o mais sério e respeitado da praça, está nas ruas mais uma vez.

Uma nova pesquisa está nos ares.

Vá aí do lado direito do JBF e cumpra seu dever cívico-fubânico.

Dê o seu pitaco e tenha uma excelente sexta-feira!

3 pensou em “UMA NOVA ENQUETE

  1. Não há razão plausível para que não haja possibilidade de contagem de votos impressos para auditar as urnas eletrônicas, especialmente agora que se provou que é muito fácil entrar no sistema do TSE e adulterar votos.

    Para aquele que acha que eu estou inventando coisas, é só ver que tem um hacker de 25 anos preso em Uberlândia porque bagunçou toda a última eleição em 2020 a ponto do sistema ter parado a contagem dos votos por 4 horas.

    • se esta urna do TSE prestasse ou fosse confiável, os EUA (Diebold e Unisys) e China (Positivo) teriam adotado pois suas empresas acima foram os fornecedores do TSE. A garantia soy Yo (lulú boca de veludo) sai por aí em diferentes idiomas tentando vender a segurança das urnas. Nem no Paraguai referida urna é aceita pois lá exigiram a impressão dos votos, como contraprova e auditoria dos votos.

  2. Sancho, viciado em voto, foi na enquete bertiana e votou SIM.

    o PLACAR, NESTE MOMENTO ESTÁ 77 A 3.

    Quem seriam os 3 do NÃO? E por qual motivo votaram NÃO?

Deixe uma resposta