UMA GLOSA

Mote de Gevanildo Almeida e glosa desta colunista.

Quem não tem o que contar
Que sentido tem a vida?

Eu só conto minha história
Porque tenho o que dizer
E se você quer saber
Tenho tudo na memória
Agitada trajetória
Foi a minha e bem vivida
Sempre fui muito atrevida
Não deixei nada escapar
Quem não tem o que contar
Que sentido tem a vida?

Deixe uma resposta