COMENTÁRIOS SELECIONADOS

Comentário sobre a postagem CONVERSANDO MIOLO-DE-FOSSA

Hélio de Araújo Fontes:

Luiz Berto,

Uma das coisas boas que aconteceram na minha vida, ano passado, foi te conhecer pessoalmente.

Já te conhecia, e à tua família, com quem é impossível não simpatizar, através do JBF.

Fiquei agradavelmente surpreso em você me convidar para visitá-lo no seu próprio apartamento.

Eu achava que você talvez propusesse um encontro num lugar público, um restaurante, um barzinho, ou coisa que o valha.

Mas não, você me chamou para sua própria casa, contanto que eu respeitasse sua soneca depois do almoço.

Pra mim foi um encontro maravilhoso, primeiro por você praticar sua hospitalidade nordestina, digna de todos os elogios.

Depois por me proporcionar conversar, ainda que de modo fugaz, por telefone, com um dos melhores poetas nordestinos da atualidade, de quem sou admirador: Jessier Quirino.

Fomos, minha esposa e eu, brindados pela gentileza de nos conduzir, ao fim da visita, até o nosso hotel, longe prá dedeu de sua residência.

Conheci seu belo apartamento, a redação do JBF (que leio diuturnamente e noturnamente, como diria uma certa “presidenta”).

Fiz meu périplo nordestino, visitando Pernambuco, Paraíba e Alagoas, de onde sou oriundo, apesar de ser pernambucano de Garanhuns e voltei para meu aconchego em Santa Catarina.

Vi e escutei tua entrevista à Rádio Paulo Freire e gostei muito.

* * *

Nota do Editor:

Meu caro, você me comoveu com as suas palavras. Muito obrigado do fundo do coração. Minha casa e a redação do JBF estarão sempre de portas abertas para os amigos e leitores fubânicos, vindos de qualquer parte do Brasil ou do mundo. Saiba que você e sua esposa nos deram uma alegria enorme com aquela visita. Volte sempre!

O estimado leitor fubânico Hélio e sua esposa Halina aqui em casa; um dia agradabilíssimo com um casal arretado!!!

Deixe uma resposta