MARCELO BERTOLUCI - DANDO PITACOS

Ron Paul foi candidato independente à presidência dos Estados Unidos em 1988 e disputou a indicação pelo partido republicano em 2008 e 2012, ficando em segundo lugar nas primárias em ambas as ocasiões.

Ron é médico, capitão da Força Aérea dos EUA e autor de 17 livros. Foi deputado pelo Texas quatro vezes.

Atenção: a observação marcada com (*) no final do texto é minha, não de Ron Paul.

* * *

A GUERRA DA UCRÂNIA É UMA FRAUDE –Ron Paul

A propaganda continua a mostrar a guerra na Ucrânia como a de um Golias que resolveu atacar um inocente Davi, e a afirmar que nós (os EUA e a OTAN) devemos contribuir com enormes quantidades de equipamento militar para a Ucrânia para derrotar a Rússia. Como sempre acontece com a propaganda, essa versão dos eventos é manipulada para trazer uma resposta emocional em benefício de alguns interesses particulares.

Quem lucra maciçamente com a guerra é o complexo industrial militar dos EUA. O CEO da Raytheon, Greg Hayes, disse recentemente em uma reunião de acionistas: “Tudo o que está sendo enviado para a Ucrânia hoje, claro, está saindo dos estoques, seja do Departamento de Defesa americano ou de nossos aliados da OTAN, e isso é uma ótima notícia. Em algum momento, teremos que reabastecê-los.”

Ele não estava mentindo. A Raytheon, juntamente com a Lockheed Martin e inúmeros outros fabricantes de armas, estão desfrutando de um lucro inesperado que não viam há anos. Os EUA já se comprometeram com mais de três bilhões de dólares em ajuda militar à Ucrânia. Eles chamam de ajuda, mas na verdade é bolsa-empresário: Washington pagando bilhões para fabricantes de armas pelas armas enviadas ao exterior.

De acordo com muitos relatos, esses carregamentos de armas estão sendo atacados e destruídos assim que chegam à Ucrânia. Isso não incomoda a Raytheon. Quanto mais armas a Rússia explode na Ucrânia, mais pedidos vêm do Pentágono.

Os ex-países do Pacto de Varsóvia, agora membros da OTAN, também estão envolvidos no golpe. Eles descobriram como descartar suas armas enferrujadas de fabricação soviética e receber substituições modernas dos EUA e de outros países ocidentais da OTAN. (*)

Enquanto muitos simpatizantes da Ucrânia estão aplaudindo, este pacote de armas multibilionário fará pouca diferença. Como o ex-oficial de inteligência da Marinha dos EUA Scott Ritter disse no Ron Paul Liberty Report na semana passada: “Posso dizer com absoluta certeza que mesmo que essa ajuda chegue ao campo de batalha, não terá impacto na guerra. E Joe Biden sabe disso.”

O que vemos é que os russos estão capturando toneladas de armas modernas dos EUA e da OTAN e até mesmo as usando para matar mais ucranianos. Que ironia. Além disso, que tipo de oportunidades serão oferecidas aos terroristas, com milhares de toneladas de armas mortais de alta tecnologia flutuando pela Europa? Washington admitiu que não tem como rastrear as armas que está enviando para a Ucrânia e não tem como mantê-las fora das mãos dos bandidos.

A guerra é uma fraude, com certeza. Os EUA estão se intrometendo na Ucrânia desde o fim da Guerra Fria, chegando ao ponto de derrubar o governo em 2014 e plantar as sementes da guerra que estamos testemunhando hoje. A única maneira de sair de um buraco é parar de cavar. Não espere isso tão cedo. A guerra é muito lucrativa.

(*) Por exemplo, a Polônia acaba de ganhar dos EUA um esquadrão inteiro de tanques novinhos. Em agradecimento, a Polônia anunciou que vai doar seus tanques velhos para a Ucrânia. Me veio à cabeça a imagem de minha avó dizendo potselui meni v sraku.

9 pensou em “TEXTOS ALHEIOS – RON PAUL

  1. Marcelo,

    Eu já disse isso uma vez, para uma senhora que, achei, estava ” botando quebranto” em minha filha de um ano ( japonesinha igual à mãe, no Sertão de Irecê ), só que em tupiniquez :
    Mais ou menos assim

    Beija na bunda dela, kkkk

  2. Marcelo,

    Como há em Desengano uma eslovena muito linda e amicíssima de Sancho, a ela me socorri, para traduzir “potselui meni v sraku”. Rapidinho a bela respondeu minha missiva traduzindo para: “esses paranaenses são geniais”. “potselui (esses) meni (paranaenses) v (são) sraku (geniais)”.

    O dramaturgo da antiga Grécia, Ésquilo, destacou que a primeira vítima da guerra é a verdade. Em busca da verdade tenho aproveitado a insônia crônica sanchiana para passar considerável tempo tentando chegar a alguma conclusão; confesso: ATÉ agora não sei o que pensar sobre o imbróglio rússia-ucrânia. Só uma certeza possuo: vidas inocentes estão sendo ceifadas. E isso não é nada bom, o que faz aumentar meu desprezo e minha raiva pela ONU e demais entidades que poderiam se interpor e colocar fim ao conflito, mas preferem emitir pareceres de dentro de suas climatizadas salas onde secretárias belíssimas fazem escorrer a baba dos babões.

    Reitero que a raça humana é uma experiência divina que não deu certo. Que volte Deus à prancheta.

      • Carlos, essa expressão foi um dos maiores mistérios de minha infância. Minha mãe não chegou a aprender ucraíno, e mesmo minha avó falava bem pouco. Mas essa expressão, ela usava com frequência. Sempre que eu perguntava o significado, ela me olhava com cara séria e dizia que isso não era assunto de criança.

        Só agora, com a internet, é que pude matar a charada. A tradução literal é a mesma do “kiss my ass” dos americanos, mas o sentido é esse mesmo que você falou.

    • Bem, Sancho, eu acho que sei o que pensar, e é exatamente o que você disse: vidas inocentes estão sendo perdidas, e nada de bom vai sair disso, exceto lucros para políticos e fabricantes de armas. Em cinco mil anos de civilização ainda não nos convencemos disso.

      Se aqueles malucos do 11 de setembro tivessem errado o caminho e acertado o prédio da ONU pensando que era o World Trade Center, teriam livrado o mundo de uma encheção de saco. A ONU é um cabide de emprego tão inútil quanto o anjo da guarda da família Kennedy.

    • Pois é Sancho.
      Vidas inocentes sendo ceifadas.
      Só mesmo a misericórdia divina.

      Difícil é assistir tudo e nada poder fazer.
      E ver que quem pode nada faz.

      A guerra é lucrativa.

Deixe uma resposta