A PALAVRA DO EDITOR

Jessier Quirino, grande poeta, ícone da cultura nordestina e colunista desta gazeta escrota, me telefonou esta semana pra contar uma história.

Ele sempre me dá notícias quando mais um novo desmantelo acontece no seu dia-a-dia.

O poeta me ligou  pra falar de uma conversa que teve com um cidadão do povo na feira de Itabaiana, a cidade onde mora lá na Paraíba.

O cabra estava feliz, elogiando o progresso da cidade e contando do asfaltamento de 20 km da estrada que leva à capital, João Pessoa.

E o matuto começou a destacar o progresso que estava tomando conta de Itabaiana, dizendo que tinha melhora em todas as área da cidade.

Inclusive nos hospitais e na área médica, ressaltou o cidadão.

Não precisavam mais se deslocar pra capital João Pessoa, como era rotina, pra fazer uma consulta especializada, já que na cidade havia médicos de várias áreas.

E concluiu a conversa dizendo:

– O senhor pode acreditar que os hospitais de Itabaiana estão uma beleza. Tem médico de cu a priquito!!!

Ou seja, tem desde proctologista pra cuidar de próstata, até ginecologista pra atender as mulheres.

É como costumo dizer: Jessier tem um imã pra atrair esse tipo de coisa, abastecendo seu estoque de causos pra contar nos espetáculos que apresenta pelo Brasil todo, sempre de casa lotada.

Sucesso, meu Poeta!!!

Deixe uma resposta