CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Tenha santa paciência. Bolsonaro errou, Bolsonaro acertou, xadrez político e por ai vai.

Assisti o pronunciamento do Bolsonaro no RS hoje. Não é a mesma pessoa de antes da discutida “nota” nem do dia das manifestações. Visivelmente triste, discurso ensaiado, comedido. Deve ter sido a escolha mais difícil de toda sua vida política.

E porque? Se ninguém sabe ou faz de conta que não sabe posso dar uma dica (sei lá se está correta) mas lá vai:

Se você precisar de uma coleira para seu pet na “casa China tem” tá? Seu pet pode achar difícil aceitar a coleira da “casa China” mas não tem outra alternativa para fazer seu pet ficar mais dócil. Ou isso ou massacre de inocentes que podem ser “mordidos” pelo pet inimigo sem dó nem piedade.

E agora José? O que podemos esperar do Pet com coleira? Vai aceitar perder liberdade?

Sinceramente? Não sei.

4 pensou em “SCHIRLEY – CURITIBA-PR

  1. Cara Schirley, de Curitiba – PR. Enquanto v. vê um pet com coleira eu vejo um cachorro louco pit bull que foi trancado pelo seu dono, o Vampiro.

    Vamos aguardar esta semana se os perseguidos pelo cão, o jornalista Osvaldo Eustáquio e o caminhoneiro Zé Trovão vão voltar e ir para a cadeia ou estarão soltos.

    Aí nós veremos qual cão foi para a coleira, se o pet ou o cão raivoso.

    Um bom domingo

  2. Pois é……

    Temos de aguardar e torcer que a canalhada perceba que o BRASIL, desde 2013 mudou e muito….

    O Brasileiro quer, liberdade, justiça e paz.
    Simples assim…..

    Vamos aguardar pra ver o que acontece pois as manifestacoes das esquerdas comunistas “pela democracia e impeachement do Bolsonaro” está bombando pelo Brasil inteiro….

    Esta era a ultima esperança da canalhada.

    Vamos aguardar…..

  3. Apesar de meio contrariado, creio que Bolsonaro mexeu no tabuleiro político de maneira genial. Só precisamos de algum tempo pra ver os resultados. O presidente tem informações que nenhum de nós mortais tem. Confiemos.

  4. E do deputado Daniel Silveira, ninguém fala nada? Ele continua preso. Só falam do Osvaldo Eustáquio e do e do Zé Trovão.

Deixe uma resposta