CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro Berto,

Como já vivi um bom tempo lembro que meus pais me ensinaram a nunca rir da desgraça alheia.

Assisti vários vídeos das manifestações deste sábado da esquerda contra o nosso Presidente.

Juro que não vou rir.

Vou tentar entender o porque de tantos fracassos para colocar os vermelhos nas ruas. Podemos enxergar como uma grande vitória.

Quem sabe muitos esquerdistas de outrora não viraram a casaca. Quem sabe se não começaram a entender o que a esquerda fez com eles e com o país.

Pode até ser que não gostem do Bolsonaro mas, pelo que assistimos, não apoiam o Lula ou qualquer outro de esquerda.

Um lampejo de luz? Corações verde e amarelo que com tantas mentiras foram encapados de vermelho e agora arrancaram as capas?

Alguma explicação tem para tão pouca adesão.

Sério, nunca confiei em esquerdistas mas estou começando a crer que pode ter acontecido um milagre.

Que continue assim pois com essa “multidão” que vimos hoje nas ruas do Brasil vai ficar difícil para a esquerda fraudar as eleições.

Ponto para Bolsonaro, ponto para os patriotas, ponto para o Brasil !

Abraços

R. Cara leitora, confesso que fiquei sensibilizado com suas reflexões.

Logo no início de sua mensagem, você informa que aprendeu a nunca rir da desgraça alheia.”

Nesta frase está resumido de forma magistral o que aconteceu ontem: foi um desgraça.

Um desgraça fenomenal pras zisquerdas deste país a impressionante vaziata que tomou conta das ruas.

Como você diz, pode ter acontecido um milagre: os ceguinhos passaram a enxergar!!!

Os zisquerdistas descobriram como usar o cérebro e chegaram à conclusão de que não valia a pena sujar as ruas deste país com suas presenças.

Você também jurou que não iria rir. Concordo plenamente.

E confesso que não ri de modo algum do deprimente espetáculo deste sábado.

Muito pelo contrário: chorei muito, chorei demais, chorei copiosamente.

Aline teve que trocar meu lenço várias vezes, tantas foram as lágrimas que derramei.

Xiuf, xiuf, xiuf, snif, snif, snif…

Veja a que ponto cheguei, veja como fiquei abalado: até tive pena do cagaço de Lula de aparecer nas ruas.

Coitadinho…

Um xêro nordestino e um excelente domingo pra você e pra todos os seus!!!

Este Editor chorando muito, com pena das zisquerdas banânicas

6 pensou em “SCHIRLEY – CURITIBA-PR

  1. Quem em sã consciência , que atualmente vive de bolsa família ou de auxílio emergencial vai a uma manifestação sabendo que 1 carro de som foi alugado por R$ 100000,00 ?

  2. Se os que compareceram na manifestação deste sábado eram os que são contra o Bolsonaro. Quem é a favor do PR ficou em casa rindo.
    O Lula não foi, então..

  3. Das reflexões da leitora, chamou-me a atenção a seguinte frase: “Quem sabe muitos esquerdistas de outrora não viraram a casaca. Quem sabe se não começaram a entender o que a esquerda fez com eles e com o país”.
    Talvez a leitora não saiba que muitos direitistas de hoje, bolsonaristas ou não, já foram esquerdistas. Até o Olavo de Carvalho já foi comunista. Tem bolsonarista que já foi petista, e, pelo que sei, não são poucos.
    Não ficarei surpreso se alguém com esse perfil for leitor do JBF e quiser dar o seu testemunho aqui.

  4. Schirley,
    Ontem, ao retornar dos cocos, por volta das 12 hs, aproveitei para dar uma volta pelo centro das cidades do Grande ABC ( Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Mauá) para sentir as MULTIDÕES que iriam se reunir para tirar o JAIR. Havia mais Policial Militar do que pessoas reunidas para o ato.

    NEM os gatos pingados do PARTIDO COMUNISTA do BRASIL gritando, eu encontrei… VAZIO…

    Talvez eu tenha procurado nos lugares errados, sei lá… Será que eles, possuem, como os super-heróis, superpoderes, como, por exemplo, o da invisibilidade?

    Após tantas ruas desertas, possivelmente os institutos de pesquisa, face ao ocorrido digam que o o percentual de eleitores que votarão no vermelho Conde, tenha caído de 100% do eleitorado para 99,9%, o que certamente ainda o dá como vitorioso no primeiro turno de 2022.

    Ah, e hoje, em Angras dos Reis está programada uma BARCOCIATA a favor do JAIR.

    Um ótimo domingo para a curitibana deste time bestafubano, extensivo a todos que lhe são caros.

    Luiz Carlos Sancho de Panza, o Sancho.

  5. não aguentei o comentário do Berto. Tô me acabando de rir mas juro que ontem não ri mesmo (kkkkkkkkkkkkk).
    O Marcelo falou do artigo da Ana Paula. Vou ler agora depois que passar o ataque de risos das sempre sábias palavras do Berto.

Deixe uma resposta