COMENTÁRIOS SELECIONADOS

Comentário sobre a postagem MEU COMPADRE TIRA-TEIMA

Violante Pimentel:

Querido Editor Luiz Berto:

Estou encantada com este vídeo, em que você fala do seu saudoso amigo e compadre Aurino Sant’anna das Neves, conhecido como “Tira-Teima”, “mulato alagoano de Palmeira dos Índios, poeta e embolador de coco“.

Vendendo elixir de “Salsa Caroba e Cabacinha”, para a cura da Sífilis, em frente a uma farmácia, ele se transformava num gênio..

Você teve uma inspiração divina, ao dar vida ao personagem “Natanael” (Romance da Besta Fubana), baseando-se na figura desse seu extraordinário e inesquecível amigo..

Sua atitude de vesti-lo depois de morto, com a ajuda da esposa dele, com terno e gravata, como ele costumava se vestir, mostra a sua grandeza de espírito, desprendimento e solidariedade humana, próprios das pessoas que tem um enorme coração.

Parabéns por esse gesto nobre!

Obrigada por brindar seus leitores do JBF com um vídeo tão bonito, contendo um relato superlativamente belo e comovente!

Grande abraço!

* * *

Nota do Editor:

Gratíssimo pela generosidade de sua apreciação, minha querida amiga e colunista do JBF.

Vou pegar carona neste seu comentário pra reproduzir, mais uma vez, um vídeo sobre o meu saudoso amigo Tira-Teima, um ícone da cultura popular nordestina.

Que é também meu compadre, pois sou padrinho de batismo de Polyanna, sua filha com minha estimada comadre Neusa.

4 pensou em “RELEMBRANDO TIRA-TEIMA

  1. Violante Pimentel (queridíssima Vivi):

    Só uma pessoa de uma sensibilidade acima dos poros feito a Dama das Crônicas do JBF possui a sensibilidade de sacar essa proeza do nosso editor Luiz Berto, que possui um coração maior do que o universo.

    Abraçaço.

  2. Querido Luiz Berto:

    Não me canso de ler seus escritos. São remédio para os nervos…Verdadeiros antidistônicos!

    Esse vídeo que você postou hoje, relembrando uma das brincadeira dos sábados, na companhia dos poetas, repentistas, cantadores, glosadores e emboladores de coco, Lourival Bandeira de Lima e o saudoso Tira-Teima (Aurino Sant’anna das Neves) está impagável !!! .Quase não paro de rir… Já assisti tanto, que decorei o mote, e a glosa de Tira -Teima, fulminando a sua glosa eventual, que o incomodou, encima do Mote:

    “CACHAÇA AINDA MATA UM CORNO E O PRIMEIRO É VOCÊ.”.

    Você e Tira-Teima, “um ícone da cultura popular nordestina”, . chegavam à casa de Lourival Bandeira Lima, (também poeta, , repentista, glosador e embolador de coco), com a saudação: costumeira:

    “TEM CORNO AÍ????” – E ele respondia:

    -ENTREM , SEUS DOIS CORNOS!

    Nas brincadeiras dos sábados, o Mote principal a ser glosado, era sempre o mesmo:

    “CACHAÇA AINDA MATA UM CORNO E O PRIMEIRO É VOCÊ.”.

    Fulminando uma glosa sua, eventual, em cima desse Mote, Tira-Teima respondeu:

    “Berto teve vagabunda
    Porque casou sexta-feira.
    Perdeu a mulher primeira
    e vai perder também a segunda.
    Já tem chifre até na bunda
    Não pode andar nem de trem
    Pelos chifres que ele tem
    Não pode ser homem esperto
    E quem é corno feito Berto
    Não pode atacar ninguém!

    Vídeo excelente! Que você poste outros vídeos com as suas narrativas, querido Luiz Berto! Você é a Cultura em pessoa!!! Parabéns!

Deixe uma resposta para Violante Pimentel Cancelar resposta